1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Pequeno - NamMin >
  3. Noite Quente

História Meu Pequeno - NamMin - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Me digam o que estão achando, não comentem apenas “continue” ou “continue por favor”, eu quero ler comentários positivos e essas coisas, quero saber o que vocês estão achando! Bjs! Amo vocês!

Capítulo 9 - Noite Quente


Namjoon ficou sem saída, porém ele ajudou o híbrido, deu prazer ao gatinho, Jimin em todo momento falava que queria mais, Namjoon temia apenas uma coisa. Ele temia quer, ao se passar os dias do cio, Jimin não lembrasse de nada. 

Mas ele preferiu se preocupar com isso depois, pois o pequeno gatinho ainda estava com dores. Namjoon decidiu levar Jimin para um chalé, assim ninguém iria atrapalhar os dois e Jimin iria poder ficar mais tranquilo, pois no prédio morava alguns híbridos alfas e isso era ruim, pois os mesmos ficavam horas na porta de Namjoon, tentando ter algo com o híbrido ômega.

Após arrumar apenas duas malas, uma com roupas suas e outra com roupas dr Jimin, o Kim ajudou o híbrido a se arrumar, deixou o mesmo no quarto e saiu com as malas, deixou a porta trancada e foi para garagem. Quando entrou no apartamento novamente, foi diretamente para o quarto, o mais velho pegou o gatinho no colo, desligou tudo e finalmente saiu, trancou a porta e guardou a chave em seu bolso, desceu de elevador para a garagem, pegou a chave do carro, destrancou o mesmo e colocou Jimin no banco do passageiro.

— Nam, dói... — Jimin resmungou.

— Aguenta um pouco, precisamos chegar no chalé... — Namjoon falou baixo. — Se alivia com a mão... — Nam sussurrou, se afastou foi até a porta de trás, abriu a mesma e pegou um vibrador dentro da mala, era novo. — Usa isso... — Nam falou enquanto abria o pacote do brinquedinho. 

— Esse é igual aquele? — Jimin perguntou.

— Sim, só que esse vibra.. — Kim respondeu.

Ele deixou o brinquedo com Jimin, fechou a porta e deu a volta no carro, entrou no veículo, colocou a chave na ignição e ligou o veículo.

— Não tem problema em gozar, eu limpo depois... — Namjoon deixou um beijo na testa de Jimin. — Se divirta baby... — Sussurrou rouco contra orelha do mais novo, Nam se afastou e começou a dirigir.

Os vidros eram fumês, enquanto ninguém ia ver o híbrido se masturbando ou algo do tipo, Namjoon estava bem ferrado, pois assim que ouviu o primeiro gemido de prazer de Jimin, seu membro fisgou.

Seria uma longa viagem até o chalé.

(•••)

Ao chegar no chalé, Namjoon deixou o carro estacionado em algum canto, saiu do veículo, deu a volta, abriu a porta que Jimin estava e pegou o híbrido adormecido no colo e o levou para dentro, teve certa dificuldade ao abrir a porta, mais tudo ocorreu bem no final. Namjoon entrou no quarto com Jimin, deixou o pequeno na cama e foi para fora novamente, foi até o carro, pegou as malas e as compras, no meio do caminho, ele lembrou que tinha que ir ao mercado, ele deixou Jimin dentro do carro e foi fazer as compras, bem a cara do Namjoon esquecer algo. Travou o carro e foi para dentro do chalé com as coisas, fechou a porta com o pé e foi para cozinha, deixou as compras lá e foi para o quarto logo em seguida, Jimin ainda dormia, então Namjoon ainda tinha tempo de fazer a comida e arrumar algumas coisas.

(Duas Horas Depois)

Namjoon não fez nada de especial para o jantar, fez apenas um pouco de Jjajjangmyun e Bulgogi, pois era apenas para ele e para Jimin, a sala estava escura, tinha algumas cobertas forradas no chão e alguns travesseiros, apenas a lareira estava acessa. 

— Terminei.. — Jimin falou baixinho. — Vou ir escovar os dentes e esperar na sala... — O mais novo se levantou e saiu.

Namjoon terminou de comer, lavou a pequena louça que tinha na pia e foi fazer suas higienes, quando finalmente terminou tudo, apegou as luzes e foi para sala também.

— Se começar a doer... — Namjoon se viu para o híbrido.

— Dói o tempo todo, porém algumas vezes é suportável para Jimin... — O híbrido falou baixinho. — Nammie... — Jimin sussurrou baixinho.

Eles haviam criado um aviso, caso a dor ficasse mais forte, Jimin iria sussurrar “Nammie”.

Namjoon sem pensar duas vezes, ajeitou o híbrido e ficou entre as pernas dele.

— Eu posso te tocar? — Namjoon perguntou.

— Pode hyung... — Jimin respondeu baixinho.

Com o consentimento do mais novo, o Kim começou a trilhar beijos desde o pescoço do híbrido até chegar nos mamilos, aquela parte era a mais sensível no corpo do ômega. 

— Posso tirar suas roupas? — O Kim perguntou e se afastou do Park.

— Sim... — Jimin respondeu baixo.

Namjoon sorriu e começou a tirar as roupas do híbrido, cada peça era lançada longe, a única luz ali, era a da lareira, nada mais, Namjoon achou seu menino a coisa mais linda de se ver, Jimin estava todo coradinho, seus olhos estavam presos nos olhos do mais velho, seu corpo era cheio de curvas lindas e Namjoon se xingava mentalmente por ter falado coisas horríveis para o Jimin, o pênis não muito pequeno entre as pernas aberta do mais novo, as coxas grossas e branquinhas.

— Você é perfeito... — Namjoon sussurrou.

As mãos do mais velho desceram até as coxas do mais novo, Namjoon apertou as mesmas e Jimin gemeu.

— Nammie... — O híbrido gemeu. 

Namjoon abriu mais as pernas dele, o deixando totalmente exposto. O mais velho pegou Jimin no colo e o colocou sentado no sofá.

— Se aconchega ai meu anjo... — O Kim falou abrindo as pernas do mais novo.

Jimin se ajeitou no sofá e ficou olhando para o Kim, o gatinho estava super envergonhado, porém ele se sentia bem, pois Namjoon sempre pedia ou avisava quando os fazer algo, e também falava para Jimin que se algo o deixasse desconfortável, era para falar.

— Vou fazer uma coisa, se você não gostar, de dois tapinhas em minha mão... — Namjoon falou ficando entre as pernas de Jimin.

Nam puxou o pequeno para mais perto e começou a dar vários beijos na coxa dele, ia descendo até chegar entre as nádegas do mais novo, Jimin ofegou ao sentir a lingua quente e molhada do mais velho em sua entrada, o gemido manhoso saiu logo em seguida, o Kim começou apenas a lamber aquele lugar e aos poucos tentava penetrar o híbrido com sua língua. Jimin gemia e apertava a almofada que estava ao seu lado, seus gemidos iam ficando cada vez mais alto e manhosos.

— Hyung... — Jimin gemeu alto ao sentir a língua do Kim em seus testículos.

— Gosta disso? — Nam perguntou enquanto olhava para o híbrido.

— Sim, quero mais... — O gatinho pediu manhoso.

Com o pedido, Namjoon deu alguns beijos e chupões nos testículos do mais novo, logo em seguida o mais velho abocanhou a glande do gatinho e começou a chupa-lo com vontade, os movimentos eram lentos, Namjoon faziam garanta profunda, Jimin se contorcia sobre o sofá, era impossível controlar os gemidos e a vontade de sentar em Namjoon só crescia. 

— Hyung... Mais, por favor... — Jimin pediu entre gemidos.

— Quer mais? — Namjoon perguntou ao tirar a boca do membro do mais novo.

— Sim, eu quero... — Park olhou para o Kim. O mais velho parou tudo que estava fazendo e saiu de perto do mais novo. — Jiminie, eu já volto... — Nam falou se levantando.

O Kim saiu da sala e foi até o quarto, precisava da camisinha, ele não queria um bebê agora e Jimin também não queria. Ao voltar pra sala, ele se livrou das roupas e ficou observando o híbrido, Jimin estava se masturbando, aquela imagem era a mais sexy que Namjoon já tinha visto. 


(Continuo?)


Notas Finais


Desculpa a demora meus amores, eu estava tentando achar ideias para fazer um hot.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...