História Meu Pequeno... Demônio? - Yaoi - Capítulo 59


Escrita por: e DuendeBem

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Sobrenatural, Anjos Negros, Demonios, Lemon, Sangue, Sobrenatural, Suícidio, Yaoi, Yaoi & Sobrenatural
Visualizações 662
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 59 - A Morte Do Herege?


Fanfic / Fanfiction Meu Pequeno... Demônio? - Yaoi - Capítulo 59 - A Morte Do Herege?

Autør-a- POV :

11:21 AM :

O corpo de Val que foi puxado para dentro da terra ressurge com nenhum arranhão. 

- Como ele... - fala Ruki que começou a ser atacado por Val 

- Não terei piedade com vocês! - fala Val rindo 

Val atacava Ruki com toda a sua força e Aki tentava defender o irmão, mas era em vão. 

Winter solta seus tentáculos e vôou para o alto enquanto tentava pegar o corpo de Val com seus tentáculos. 

- Vocês são muito fracos! - fala Val rindo enquanto Winter enrolava seus tentáculos no mesmo 

Winter vôou o mais alto que podia até sentir seus tentáculos sendo cortados pelas facas do corpo de Val. O demônio prostituto então se jogou em Val que começou a furar totalmente seu corpo e suas entranhas enquanto caíam até colidirem com o chão e uma poeira imensa subir. 

- Pai??!!! - fala Aki que tossia junto de Ruki por conta da poeira 

De repente um grito é ouvido e a poeira logo abaixou mostrando o corpo de Val no chão e Winter perfurando o corpo do herege com as próprias mãos. 

- Sabe o que eu aprendi com os humanos, Val? - fala Winter que possuía seus olhos totalmente negros e brilhantes - Nunca subestime uma pessoa fraca! 

Aki e Ruki se olham assustados após verem os olhos de Winter mudar totalmente. 

- W-Winter... Ele está... - fala Aki assustado 

- Ele... Como é possível... - fala Ruki que cai de joelhos - Satã está elevando seu poder... 

Aki também cai de joelhos. 

- Senhor do inferno... - fala Aki e Ruki juntos enquanto começa a escorrer sangue de seus olhos 

Winter começou a arrancar as entranhas de Val com as próprias mãos e o herege que gritava de dor começou a rir fazendo o prostituto ficar confuso. 

- Eu não posso morrer! - fala Val rindo 

Os olhos de Winter começaram a pingar o mais puro sangue assim como os olhos de Aki e Ruki que não sabiam mais o que estava acontecendo. Uma fumaça negra começou a sair das narinas de Winter enquanto sua forma começava a mudar. 

Winter POV :

11:29 AM :

Meus olhos mudaram e começaram a pingar sangue, eu não estava conseguindo controlar meu corpo e a única coisa que me veio a mente foi o meu Daddy. 

Calor... Um calor imenso começou a subir em meu corpo e minha forma começou a mudar mesmo eu não querendo. 

Daddy... O quê está acontecendo comigo? 

- Ba'al??!! - fala Val assustado

Minha forma estava misturada com a aparência de Ba'al e de Baphomet. Olhei para minhas mãos que seguravam os órgãos de Val e fiquei assustado. 

Daddy... 

Estou virando um monstro? 

Satã... Quer me ajudar? 

Minha forma estava totalmente diferente, meu corpo estava quente, meus olhos também queimavam e eu sentia minha força demoníaca sair de minhas narinas como água transbordando em um copo. 

- Termine o que começou! - fala Val rindo - Ande! Acabe logo com isso! 

De repente minhas mãos que não estavam sendo mais controladas por mim começou a desmembrar Val novamente e minhas asas surgiram fazendo com que eu leve os pedaços do herege para dentro da casa. 

Aki e Ruki me seguem como se estivessem hipnotizados. 

Continua... 


Notas Finais


Gente, desculpa a demora para postar cap novo, eu fiquei sem Internet ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...