História Meu pequeno irmão - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 16
Palavras 1.432
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse é minha primeira fic, espero que não se importem com os erros ;-;. Tenha uma boa leitura

Capítulo 1 - O reencontro


Fanfic / Fanfiction Meu pequeno irmão - Capítulo 1 - O reencontro

O garoto anda calmamente pela rua, ele estava voltando da escola. Caminhava diretamente para sua casa, encontrava-se perdido em seus pensamentos, pensando na sua vida que era um pouco solitaria, depois de alguns minutos, ele chega em sua casa, o garoto então fala

-Chegueii!

Após falar isso, ele tira seus sapatos, mas percebe algo, havia um outra par de tênis ali, o garoto olha incrédulo para o sapato, não poderia ter mais ninguem naquela casa já que ele morava sozinho, assim, o mesmo, segue pelos corredores de sua casa procurando a tal pessoa que havia invadido sua casa, quando chega perto da cozinha, percebe que a luz de lá estava ligada, ele anda devagar, até que vê um garoto de cabelos loiros um pouco baixo, cozinhando alguma coisa, que cheirava muito bem por sinal. O mesmo que estava cozinhando, olha para trás, um olha para o outro, os olhos do loiro brilham, parecia que tinha visto a mais bela critura de todos os tempos.

O cozinheiro pula então, em cima dele o abraçando fortemente enquanto fala

-Haruuuuuuuu!!

Os dois caem no chão, o loiro por cima de Haruk, posteriormente a isso, o menino se afasta um pouco perguntando incredulo

Haruk

-Primeira coisa, quem diabos é você?

O baixinho ainda sentado no chão, olha por um momento Haruk, depois, abaixa um pouco sua cabeça triste, por não ser reconhecido pela pessoa com quem ele viveu a infância toda. Ele então fala

-Você não se lembra de mim?

Haruk balança a cabeça para um lado e para o outro afirmando um não, o pequeno fala com ele um pouco irritado pela pessima memória de seu querido irmão

-Haru seu idiota! Você não se lembra de mim?!

Haruk quando percebe a primeira fala de sua frase, fala surpreso

Haruk

-Yuki?...

Yuki então, olha novamente com os olhos brilhando para ele e com um grande sorriso no rosto. Haruk por outro lado, olha surpreso e assustado Yuki, então ele fala

Haruk

-Como assim?! Não, espera!

Yuki

-Oque foi Haru?

Haruk

-Não é possivel que seja você!

Yuki

-Como não?

Haru

-Se é você mesmo, então...

-Hum? Oque fo... H-haru! E-espera, o-que você está fazendo?!

Ele, subtamente pula em Yuki, colocando-o deitado no chão enquanto ficava sobre ele. Haruk começa a suspender a blusa de seu irmão, o baixinho estava corando com a sua atitide, até que Haruk fala

Haruk

-Achei! Então é você mesmo!

Yuki

-É-é c-claro que sou eu!

O garoto de cabelos loiros continuava vermelho, logo, Haru sai de cima dele, Yuki se levanta rapidamente abaixando sua blusa e falando

Yuki

-N-não faça mais isso! Idiota!

Ele olha incrédulo para Yuki, até que, novamente

Haru

-Só pra confirmar

Então, ele vai para trás dele, chega perto e, encosta seu nariz em seu pescoço o cheirando e assustando Yuki, outra vez voltando a ficar vermelho

Haruk

-Wol! Você continua com o mesmo chei...

Ele coloca seu pé na sua barriga o empurrando e falando

Yuki

-Haaaa! Sai! P-porque fez isso?!

Haru

-Era só pra confirmar!

Yuki

-Mas você já não tinha confirmado?!

Haru

-Eu sei, mas era pra ter certeza!

Yuki

-Pelo menos fala antes, né?!

Haru

-Agora, uma pergunta, por que você veio pra cá?

Yuki

-Bem, é uma história meio longa, vamos nos sentar que irei te contar tudo, mas você não tinha visto a mensagem da Ivi?

Haru

-Pera ai, que mensagem?

Yuki

-Ela tinha te mandado um e-mail

Rapidamente Haruk pega seu ceular, e vêr em seus e-mails a mensagem de Ivi, sua mãe adotiva e mãe biológica de Yuki, então olha o dia da mensagem

Mensagem:

Hoje, as 4:00h da tarde

Haru, aqui é a Ivi, seu irmão está indo para sua casa, ele irá ficar ai por um tempo, um looooongo teeeeempo. Ele conseguiu uma vaga na mesma escola que a sua, então, cuide bem dele!

Abraços de Ivi!

Haruk pensa

Haruk

-Essa desgraçada! Nem pra avisar antes

Yuki fica lhe olhando por um tempo, até que, os dois vão para o sofá e se sentam lá

Haruk

-Agora me explica desde o início

Yuki

-Bem, eu ganhei uma vaga na escola Sekai a alguns dias atrás, então, Ivi disse que eu poderia vir pra cá, eu sai ontem de manhã e cheguei a pouco aqui

Haruk olha por três segundos Yuki até que Yuki fala um pouco receoso encolhendo os ombros

Yuki

-Por que ta me olhando? Tem algum problema eu fica aqui?

Haruk

-Ué, não posso mas olhar meu irmão não? E não tem nenhum problema

Yuki

-Haruk seu idiota! P-para de me olhar, virei espelho por acaso?

Haruk

-O problema e que você é muito tímido, não posso nem ma...

Os dois param, sentem um cheiro de queimado no ar, até que...

Yuki

-A comidaa!!

Eles correm até a cozinha, Yuki desliga o fogo e por sorte, não tinha queimado muito. Depois de algum tempo os garotos se encontravam sentados na mesa, Haruk olhava maravilhado para as comidas que se encontravam diante dele, ele pega um rachi e come um pouco do arroz falando em seguida bem surpreso

Haruk

-Puxa, está muito bom! Onde você aprendeu a cozinhar assim?

Haruk falava enquanto comia, Yuki por sua vez, seus olhos brilhavam

Yuki

-Sério que você gostou? Eu aprendi a cozinhar com a Ivi, ela que me ensinou a fazer tudo isso

Haruk

-Nossa! Está uma delícia!

Depois de algum tempo, os dois terminam de comer, já se encontravam prontos para dormir, mas...

Haruk

-Uma pergunta

Yuki

-Sim

Haruk

-Onde você vai dormir?

Yuki

-Éee... Não sei

Nesse momento, os dois se encontravam em uma duvida, os dois, por um tempo tentaram achar uma solução

Haruk

-que tal no sofá?

Yuki

-Não, é muito pequeno

Haruk

-Verdade, você não é tão pequeno assim pra caber no sofá

Yuki

-Ei!

Haruk

-Eu sei, só tava brincando

Yuki

-Você têm coxão ou um futon aqui?

Haruk

-Não

Por um momentos eles pensam, é quando Yuki fala com um grande sorriso no rosto

Yuki

-Eu posso dormir com você!

Haruk se intala com o próprio ar

Haruk

-P-pera! Q... Q-que?!

Yuki

-que tal?!

Haruk pensa

-Deus!

Haruk

-M-mas espera aí, iss...

Haruk após ver a carinha de Yuki, que estava mais radiante do que nunca, ele não resisti

Haruk

-o-ok, você pode dormir comigo

Yuki pula em Haruk o abraçando fortemente

Yuki

-Obrigadoo!!

Os dois sobem, chegando lá, Yuki observa atentamente o quarto de seu irmão, até que ele ver algo bem estranho na cômoda, ele pega a "coisa" que estava lá em cima, posteriormente falando

Yuki

-Haruk, oque é...

Como flecha, o mangá que estava em sua mão é arrancando

Haruk

-N-não é nada!

Yuki sem entender nada, fala

Yuki

-É... O-oque foi?

Haruk

-Não é nada, ja falei!

Yuki

-P-porque? Me mostra vai! Oque tem de mais nele?

Yuki curioso como é, não desisti de saber oque tem naquele mangá, que tanto seu irmão esconde dele

Yuki

-Me dá logo! Deixa eu ler!

Haruk

-Não! Isso não é coisa pra você ler!

Yuki

-Haaa! Deixa eu veeer!

Os dois entram em uma batalha feroz só por causa de um mangá, Yuki em um momento pega o mangá dá mão de seu irmão, colocando o mesmo para fora e trancando a porta, Haruk bate várias vezes na porta desesperado

Haruk

-Abre a porta! Pelo amor de Deus!

Yuki

-Não!

Yuki abre então o mangá e o folheia, parando em uma das página mais "interessantes". Ele começa a ler, ficando assim, impressionado com oque ele acaba de ver, era um hentai, a garota que aparecia lá, era por sua vez, uma versão feminina dele próprio. Depois de alguns segundos, Yuki abre a porta, Haruk o ve e percebe sua cara fechada, até que do nada

Yuki

-Pervertido! Pervetido! Pervetido!

Haruk

-Seu idiota eu falei para você não ler!

Yuki

-Seu pervetido! Quem é que crompra uma coisa dessa?! Pervetido!

Algum tempo depois de briga, os dois entram no quarto e vão direto pra a cama, Yuki deita e vira de lado oposto para o seu irmão, Haruk apenas observa, então, vai até o interruptor e desliga a luz, ele se deita do lado dele, ficando por alguns segundos olhando-lhe mas falando

Haruk

-Sério que você vai ficar com raiva de mim?!

Yuki

-Pervertido!

Haruk

-Haaa! Você vai ficar me chamando assim agora?!

Yuki

-Sim! Porque isso é oque você é!

Haruk

-Yuki, você não sabe a diferenciar uma pessoa que gosta de hentai de um pervetido

Yuki se levanta e vira-se para o seu irmão sentado na cama

Yuki

-Pra mim é tudo a mesma coisa!

Haruk

-Eu vou ter mesmo que te mostrar a diferença?!

Yuki

-Não tem diferença nenhuma!

Haruk

-É claro que tem!

Yuki

-E qual é então?!

Haruk

-Vire-se de costas

Yuki se vira, ficando costas para Haruk

Haruk

-Um pervertido faria isso

Haruk chega próximo de Yuki o abraçando por trás colocando a mão por baixo de sua blusa

Yuki

-H-har...

Haruk põe a mão na boca de Yuki, posteriormente o fazendo sentar em seu colo, ele continua com sua mão por baixo de sua blusa, ainda alisando seu peito e sua barriga. Yuki estava corando, a cada minuto que passava, seu coração batia mais forte, é quando Haruk morde seu pescoço fazendo-o dar um leve gemido

Yuki

-Hum...

Haruk para surpreendido, então ele fala

Haruk

-Pera ai! Tu gemeu?

Quando Haruk fala isso, Yuki dá uma cotovelada em seu estômago, saindo de cima dele

Yuki

-Por que fez isso se idiota?!

Yuki vira-se e deita emburrado na cama ainda corado, ele se embrulha com o lençol por completo, Haruk só observa encabulado com oque acabou de acontecer, depois disso, ele só se deita se embrulhando com outro lençol, até que pouco tempo depois os dois adormecem


Notas Finais


Bem, esse foi o primeiro capítulo, ficou grande, mas espero que tenham gostado, até o próximo! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...