História Meu Pequeno Ômega- Jikook ABO - Capítulo 40


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, Lee Taemin, Stray Kids
Personagens Bang Chan, Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Jackson, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Jong-dae (Chen), Kim Min-seok (Xiumin), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Felix, Lee Min-ho, Lee Taemin, Lisa, Min Yoongi (Suga), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Baekhun, Banglix, Chanlix, Chansoo, Hentai, Hyunin, Jackson, Jensoo, Jikook, Koomin, Lixchan, Minsung, Namjin, Sehubaek, Sope, Sungmin, Taeyooseok, Xiuchen, Yaoi
Visualizações 310
Palavras 1.673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura ^^

Capítulo 40 - 40- Você me deu asas pra voar..


Fanfic / Fanfiction Meu Pequeno Ômega- Jikook ABO - Capítulo 40 - 40- Você me deu asas pra voar..

8 Meses depois.. 


Pov Jimin


Estou perto de ver os rostos dos meus bebês.

Esses últimos meses foram bem cansativos. Eu e os meninos estávamos quase no nono mês. E eu não irei negar, eu estou extremamente ansioso. Jungkook não saí do meu pé. 

Não que eu esteja reclamando, longe de mim. 

Até porque eu amo aquele Alfa. 

Jungkook desde um pequeno "acidente" meu ele anda mais protetor comigo. 

Acidente, qual eu ía caindo da escada. 

Mas, Graças a Deus está tudo bem com os bebês. 

Ah, eu estou parecendo uma melancia. 

Jin e Baekhyun não estão diferente. 

Baek está parecendo um melão. 

Os Alfas vivem em cima de  nós. 

Dei uma pausa no trabalho. 

Irei voltar assim que os bebês Nascerem. 

Nesse exato momento encontro-me deitado no meu precioso sofá, com um enorme bico nos lábios. 

Ah! Que tédio. 

Baekhyun não estava diferente. 

Muito menos Jin. 

Minseok apenas ria da nossa cara. 

Jungkook ainda não chegou. 

Suspirei frustrado. 

Eu vou matar esse Alfa. 

Deixa ele chegar pra ele ver. 

— A porra!  — Resmunguei frustado. 

Kyungsoo riu. 

— Alguém põe algo na TV por favor. — Pediu Baekhyun com um bico. 

Ri. 

Logo Minseok colocou um drama qualquer. 

... 

Então sabe o drama que Minseok colocou? 

Acabamos chorando. 

Gravidez é foda. 

— E-ela.. — Resmungou Jin e voltou a chorar. 

— C-coitado...do...homem — Mumurrei e voltei á chorar. 

Kyungsoo e Minseok se entre olharam é riam. 

Logo a porta se abriu revelando os Alfas. 

Junto de meus pais. 

Os mesmos olharam confusos para nós. 

— Oque aconteceu para vocês tarem chorando? — Perguntou Jongdae confuso. 

Minseok riu e foi abraçar seu namorado. 

— Estão chorando por causa da merda desse Drama. — Disse Kyungsoo com um bico. — Odeio essas melação. 

Chanyeol riu. 

— M-mais e-ela... Não a-aceitou ele. — Disse e soluncei. 

Jungkook veio até mim

E recebeu um tapa na cabeça. 

— Aí! — Resmungou ele. 

— Vou tirar esse drama. — Disse minha mãe. 

— NÃO! — Gritamos em uníssono.

Olhei para os meninos e rimos. 

Coitados. 

Kyungsoo levantou. 

— Chega! — Disse e desligou a TV. — Vamos sair! 

— Eu não quero. — Disse. 

— Que tal.. Irmos comprar coisas para os bebês? — Questionou Baekhyun. 

Esse que sorriu. 

Ri. 

— Mais amor  eles já não tem coisas demais? — Questionou Sehun esse que levou um tapa. 

— Cala a boca SeHun! 

Rimos. 

Minha mãe deixou um beijo na minha testa e foi para a cozinha. 

— Pai. — Chamei-o. 

Esse que me olhou. 

— Você é lindo. — Disse. 

Papai riu envergonhado. 

Mas, é meu pai é lindo. 

Tive pra quem puxar. 

— Sei disso. — Gabou-se. 

— Cadê a Nayeon? — Perguntou Jin. 

— Está na escola. — Respondeu minha mãe voltando da cozinha. 

— Jungkook! 

Esse me olhou. 

— Me ajuda a levantar porra! 

Todos riram. 

— Me ajuda a subir se não eu te bato. — Disse Baekhyun para Sehun. 

Os outros apenas riram. 

Jungkook ajudou a me levar para o quarto. 

Vesti uma roupa mais decente. 

E vesti acompanhado do mesmo. 

Vimos que todos estavam prontos. 

Suspirei. 

Caminhamos até o carro. 

Entramos no mesmo e formos a caminho do Shopping. 

Eu amo tanto Jungkook. 

Que as vezes quero mata-lo. 

Mas, sei que se eu mata-lo irei querer ele depois. 

Logo chegamos no shopping esse que estava movimentado. 

Claro né Jimin. 

E um Shopping. 

Eu realmente não sou normal. 

Ok. 

Formos em várias lojas de bebês. 

Compramos várias coisas. 

Os Alfas já estavam cheios de sacolas. 

— Olha! — Gritou minha mãe. 

Olhamos na direção da mulher. 

Essa que olhava umas roupinhas de fofas. 

— Oh! Irei levar dois. — Disse pegando um macacão rosinha e outro azul. 

— Também. — Disse Baekhyun pegando um macacão amarelo. 

— também. — Disse Jin pegando um verde. 

Rimos. 

— Imagina eles vestidos nisso eu iria morde-los. — Disse Kyungsoo rindo. 

— Eu te bato! — Disse. 

Esse que riu. 

Taehyung, Hobi e Yoon. 

Não estava com agente. 

Os mesmos foram ver os pais do Ômega. 

Mais logo voltariam. 

E eu espero. 

Tenho tanta fofocas para contar pro' Tae. 

Acho que esse veado nem sabe que tô grávido. 

Vi Jongdae olhar Minseok com um olhar tão lindo. 

Como se ele olhasse a coisa mais preciosa no mundo. 

Na verdade era. 

O mundo de Jongdae. 

Sorriu encantado vendo Minseok olhar algumas roupas para bebês. 

Ri. 

Min iria ficar lindo. 

Jongdae aproximou do mesmo. 

Deixou um beijo na bochecha do Min. 

Esse que sorriu. 

Ah, eu sou apaixonado em um casal. 

Suspirei cansando. 

Estou morrendo de fome. 

— Vamos comer? — Pedi. 

Eles assentiram. 

E logo formos para a praça de alimentação. 

Comemos algo por ali. 

E logo entramos no carro á caminho de casa. 

[...]


Um mês passou-se e ficamos ainda mais ansiosos. 

Eu não vejo a hora de ter meus bebês nos meus braços. 

Eu não vejo á hora de eles saírem logo. 

Pois, essas dores. 

Eu não aguento mais. 

Espero que eles puxem a minha beleza. 

Não que eu esteja dizendo que Jungkook é feio. 

Jungkook é perfeito. 

Nos meus olhos ele, é. 

Ele é a pessoa mais linda que eu já vi. 

A cada dia vejo que me apaixonei pelo homem certo. 

Cada dia me encontro perdidamente apaixonado naquelas órbitas escuras como a noite, aquele sorriso fofinho de Coelho. 

Ah, Jungkook é fodidamente lindo. 

Estávamos todos reunidos na sala assistindo algo qualquer. 

Até que sinto algo quente escorrer pelas minhas pernas. 

Olhei assustado para os meninos esses que também estavam assim como eu. 

Todos nós olharam confusos. 

— Oque foi? — Perguntou Jungkook. 

— A bolsa estourou porra! — Gritamos em uníssono. 

— Aí meu Deus! Jaebeom pega o carro! — Disse minha mãe desperada.— Meninos me ajudem a pegar as coisas deles e dos bebês, pega os Ômegas de vocês! 

Gritou minha mãe. 

Senti uma dor forte invadir. 

Comecei a chorar. 

Assim como os meninos. 

Jungkook me pegou nos braços e me levou para o carro. 

Logo apareceu os Alfas com os meninos. 

E os outros Ômegas com as coisas. 

Papai partiu a caminho do Hospital. 

Não demoramos a chegar. 

Jungkook me pegou no colo. 

E entrou. 

— AJUDA! TEM ÔMEGAS EM TRABALHO DE PARTO! — Gritou Jungkook. 

Logo apareceu uns médicos com macas. 

Sorri para Jungkook com lágrimas nos olhos. 

— V-vai ficar tudo bem. — Disse olhando o Alfa. 

Esse que me beijou rápido e sorriu deixando as lágrimas caírem. 

— Volta por favor. — Assenti. 

Logo entramos em uma sala. 

Me aplicaram algum remédio. 

... 

Ouvi os choros dos meus filhos e deixei as lágrimas caírem. 

É assim apaguei. 


Jimin Off


Pov Autora


Jungkook encontrava-se agustiando fazia mais de uma hora que levaram seu Ômega e até agora não deram notícias. 

E os outros Alfas não estavam diferente. 

Sehun tremia. 

Namjoon faltava fazer um buraco no chão de tanto andar para lá e para cá. 

Os Park mais velhos apenas riam. 

Assim como os Jeon's mais velhos. 

Esses que também estavam ali. 

Logo uma enfermeira apareceu. 

— Acompanhantes de Park Jimin, Byun Baekhyun e Kim Seokjin? 

— Aqui! — Gritaram em uníssono. 

Fazendo os mais velhos rirem. 

— Acomoanha-me por favor, eles já estão no quarto. — Disse a mulher. 

Os demais a seguiram. 

Sehun e Namjoon foram para a sala onde seus Ômegas estavam. 

Jungkook só não correu  pois não podia. 

Mais foi em passos lagos até o quarto que seu amado estava. 

Adentrou o mesmo. 

E viu a cena mais linda ao seu ver. 

Jimin tinha seus dois bebês nos braços. 

O Park sorria para as duas criaturas em seus braços. 

Jungkook não aguentou e começo a chorar assim que se aproximou do Ômega. 

A Senhora Park riu e aproximou-se do filho. 

A mesma deixou um beijo nos cabelos do filho. 

Esses que já estavam grandes. 

Nossos filhos. — Mumurrou Jungkook com lágrimas nos olhos. 

Jimin Riu e beijou os lábios de seu amado. 

— Sim, nossos filhos. 

— Eu te amo Jimin. — Disse Jungkook olhando os olhos do seu amado. 

Jimin sorriu fazendo seus olhos sumirem. 

— Eu também te amo Jungkook. — Disse e selou os lábios com o de Jeon. 

— Posso pega-lo? — Perguntou Jeon. 

Jimin assentiu. 

Jungkook pegou a menininha com cuidado. 

Sorriu encantado assim que viu os olhinhos claros da menina. 

Sorriu. 

A menina parecia consigo. 

Cabelos pretos pele clara, lábios finos. 

Ah combinação perfeitas dos dois. 

Já o menininho parecia com Jimin. 

Esse que dormia no colo da avó. 

Pele clara, olhos claros, boca carnuda. 

Perfeito. 

Já em outra sala. 

Sehun babava pelo seu filho. 

O garotinho tinha cabelos negros, pele clara, lábios finos. 

Ah, combinação perfeita daqueles dois. 

O garotinho parecia com ambos os pais. 

Esse que séria muito amado. 

Kyungsoo apenas sorria abraçado de seu Alfa vendo aquela cena linda. 

Minseok e Jongdae estavam com Jin. 

Esses que babaca pelo filho dos amigos. 

Namjoon faltou desmaiar. 

Assim que viu seu filho. 

Ah, o garoto era perfeito. 

Pele clara, lábios carnudos, cabelos castanhos assim como o do pai Ômega. 

Essas crianças seriam muito mimadas e felizes. 

— Olá, já escolheram o nome? — Perguntou a enfermeira sorrindo. 

Jin sorriu olhando Namjoon. 

Kim Joengin. — Disse Jin sorrindo. 

A mulher anotou e saiu. 

Logo a mesma mulher fora de encontro ao quarto de Baekhyun. 

— Já escolheram o nome? — Perguntou a beta. 

Baekhyun sorriu. 

Cristopher Byun. — Sehun sorriu. 

A mulher assentiu e rumou á caminho do quarto que Jimin estava. 

— Escolheram os nomes? — Perguntou a mulher olhando os demais. 

Jimin sorriu e assentiu. 

— O menino se chamará Jeon Félix. — Disse

— E a menina irá se chamar Jeon Jisoo. — Disse e sorriu. 

A Beta assentiu e saíu. 

 

Naquela tarde maravilhosa de terça-feira. 

Os Ômegas puderam ir para casa descansar, junto de seus filhos. 

Uma coisa os Alfas tinham certeza. 

Escolheram os Ômegas certos para amar. 

Os mesmos os deram Asas para voar. 

E deram o maior presente que alguém poderia querer. 

Seus filhos. 

Ah, não cabia no peito tamanha felicidade que os mesmos sentiam. 







Notas Finais


Está chegando o final.

Amo vocês! 💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...