1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Pequeno Príncipe - Imagine Jungkook >
  3. Love at first glance

História Meu Pequeno Príncipe - Imagine Jungkook - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


🔰 hello Babys 🔰


- essa fanfic vai ser muito clichê e muito dramática, então se você não gosta por favor se retire. Mais se você gosta vim lhe informa que vai ser muito romântico.

Ainda mais quando é amor "proibido"

Não foi inspirado no livro pequeno principe, só tem o nome igual!



- pegue sua pipoca coloque o óculos e vamos se aventura nessa linda fanfic de amor.

Capítulo 1 - Love at first glance


Fanfic / Fanfiction Meu Pequeno Príncipe - Imagine Jungkook - Capítulo 1 - Love at first glance

Amor Pirei, eu me apaixonei, seu amor proibido, pra sempre serei!

- Meu pequeno principe



                        -Coreia do sul, Busan 1320


                       ____ On

Estava em meu quarto observando os aldeões da nossa vila, e o grande castelo que se encontrava no alto da grande montanha. O castelo era lindo, branco com alguns tons de azul, ele era lindo de longe de perto deve ser encantador. 

- ____ minha filha, vá ao mercado e compra frutas e pães para o café.

- sim minha mãe - saio de meu quarto e desço as escadas de madeiras, e encontrando meu irmão na pequena sala - para onde vai tão belo desse assim? - pergunto sentado no simples sofá que se encontrava de frente a lareira - 

- minha irmã, irei trabalhar, não podemos mais ir cheiroso e elegante - fala meu irmão taehyung em um tom debochando vamos dizer assim - 

- claro que pode, bom tenho que ir ao mercado mamãe pediu para compra pães e frutas para o café - falo me levantando do pequeno sofá - 

- bom, irei só chagar na hora da janta, guarde o pão e as frutas para mim - fala dando o beijo em minha bochecha e saindo pela pequena porta - 

              Quebra de tempo

Estava andando pelas ruas da vila, distraída com o cesto de frutas e pães, ate que sinto alguém esbarrando em mim, e caio fazendo que as frutas caísse do cesto e os pães se sujasse com o barro do chão.

- mil perdão senhorita, estava distraído não queria lhe derrubar. A senhorita esta bem? - vejo o homem se abaixar e tira seu capuz que escondia seu rosto, era o príncipe? 

- príncipe? - vejo o mesmo arregalar seus lindos olhos negros e me puxar para um beco afastado - o que esta fazendo?

- por favor, não conte a ninguém que me viu - vejo o mesmo nervoso olhando para as ruas desertas - lhe dou todo o ouro que deseja, mais por favor não conte para ninguém que viu minha pessoa.

- não quero seu ouro, e não irei conta para ninguém que vi senhor vossa majestade - me curvo ao mesmo saindo, mais sinto braços me puxarem de volta ao beco - 

- então pelo menos deixo eu pagar pelos pães e as frutas - vejo o mesmo me olhar, com suas íris negras como a noite, seus lábios vermelho, e sua pele branca macia. Parecia mágica a beleza do príncipe, seu olhar é profundo o que me fazia sentiu coisas que não devia sentir, estava presa ao seu olhar ate o mesmo me chamar - senhorita?

- aceito sua ajuda majestade - vejo o mais velho dar um lindo sorriso de coelho o que o fez fica mais lindo ainda - 

- Então vamos - o mesmo estende os braços e os pego, abaixo a cabeça envergonhada, era mágico eu uma simples plebeia com o príncipe, não saberias como explicar como estou sentindo. Então saio de meus pensamentos quando sinto um peso em minha cesta - aqui senhorita, as frutas e os pães e mil perdoes pelo ocorrido.

- não precisa se preocupar vossa majestade - me curvo- 

- Jungkook - vejo o mesmo pegar meu braço e me olhando profundamente - me chame apenas de Jungkook 

- sim Jungkook - sorrio para o mesmo saindo dali as pressa -

                Quebra de tempo

Entro e vejo minha mãe, sentada de cabeça baixa com um copo de barro na mão 

- tudo bem minha mãe? - vejo a mesma olha para mim e da um sorriso amarelo - 

- claro, só estou lembrando de seu pai - não gosto de ver minha mãe assim, ainda mais lembrando de meu falecido pai - 

- por favor minha mãe, ele era um bom homem estar em um lugar melhor - a mesma olha para mim e me abraçar - trouxe o cesto com as frutas e os pães como me pediu, e taehyung  disse que só voltaria na hora da janta-  a mesma se levanta e pegando a cesta com os pães e a frutas - 

- obrigada minha filha - a mesma sai da casa da mesa e indo até a porta e saindo da casa -

                                                - no palácio 

- Jungkook quantas vezes irei dizer para você não sair desse palácio - vejo meu pai igual uma fera de 7 cabeças gritando comigo - não sabe que não gosto de você com aquelas pessoa imundas

- são pessoa iguais a gente meu pai, não  somos superiores a ninguém - vejo o mesmo me olhar mais raivoso ainda - 

- como ousar confronta seu pai - abaixo a cabeça e o mesmo começa a desça os degraus da pequena escada - não quero você mais naquela vila, estar proibido de sair, ira sair de seus aposentos para tarefas importantes. Enquanto isso ira permanecer em seus aposentos - o olho incrédulo -

- ira trata seu filho igual um animal, com regras e mais regras, eu sou um ser humano meu pai não um animal para o senhor controlar - saio da grande sala indo diretamente ao meus aposento -


                                           Contínua....


Notas Finais


Desculpa qualquer falha, meu spirit tá meio Bougado então não deu para fazer grande, mais o próximo ira ter, vou tentar pelo menos.


Ate mais babys


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...