1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Pequeno Príncipe >
  3. Não conta pra ninguém, tá bom?

História Meu Pequeno Príncipe - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Fiz com sono, então se tiver algum erro me desculpem.

Capítulo 4 - Não conta pra ninguém, tá bom?


Diane

Eu estava praticamente jogada na mesa, a Elizabeth me trocou, a Elaine estava bem próxima do Ban e meu projeto de homem gostoso faltou na escola hoje, não adiantava terminar a lição rápido se nem tinha alguém pra conversar comigo.

- Desse jeito você vai ficar com dores no corpo todo. - Eu conheço essa voz...

- Ué? Não faltou?

- Fui no médico. - Me mostrou um atestado.

- Mas o que você tinha? Teve que tipos de dores? Melhorou? - Por que eu estou tão preocupada?

- Eu não tinha nada.

- Hm? Então por que foi ao médico?

- No dia que chegamos atrasados na sala, e você disse que eu passei mal, o professor contou para o meu pai e ele fez questão de me levar ao médico. - Ele sorriu. - Mas me diz, sentiu minha falta?

- Ah, nem tanto sabe, eu precisava de um ar já que você ficava grudado em mim. - Ele fez bico.

- Mentirosa!

- Eu não você qu...

- Sala, temos uma aluna nova. - Virei pra frente e vi uma menina morena dos olhos asiáticos... pera? Eu não já ouvi isso antes? - Guila, conhecida do príncipe e da princesa, não é? - Ela assentiu, eu arregalei os olhos e olhei para trás, ele estava... sorrindo? Senti uma pontada de ciúmes e dei um peteleco nele.

- Não está pensando nisso, né? - Ele assentiu. - Vai voltar com ela depois de tudo o que ela fez?!

- Hã? Não! - Encarei ele confusa. - Eu consegui superar ela Diane, por isso estou sorrindo. - Olhei desconfiada.

- Pensa que me engana, não iria esquecer alguém de uma hora pra outra.

- Não foi de uma hora pra outra, foi aos poucos, digamos que alguém tomou o lugar dela. - Senti mais uma vez ciúmes, porém dessa vez foi mais forte, eu não vi ele interagindo com uma menina além de mim, quem é em?!

- Hm, quem?

- Não pretendo revelar quem é, você vai descobrir quando ela começar a namorar comigo. - Convencido! Se ela quiser namorar com você! - Não queria mais pensar nisso, eu já estava ficando com raiva, mas veio outra coisa na minha mente "E se eu fizer a vida da Guila um inferno?", só com autorização do King claro...

- O King poderia me mostrar a escola. - Argh! Que vagabunda!

- Desculpe... Guila... Também sou novo aqui, então não posso te mostrar nada. - Deu um sorriso falso.

(...)

- Por que não?! - Perguntei jogada na sua cama.

- Não é necessário Diane, ignorar ela já é de bom tamanho.

- Mas não tem graça! Ela deveria pagar pelo que fez...

- Eu que passei por isso e você é a rancorosa? - Fiz bico e cruzei os braços.

- Mas você é meu amigo! Não gostei do que ela fez com você! - Ele me deu um selinho?! - Por que fez isso?! - Coloquei a mão na boca.

- Amigos... Não fazem isso? - O King realmente não entendia os níveis de intimidade, mas... e eu acabei abusando disso... 

- Sim fazem. - Eu menti. - Mas você só pode fazer comigo, tá bom? - Ele assentiu.

- Posso te dar mais um? - Eu balancei a cabeça e ele me deu mais um, acabei não resistindo e puxei seu rosto de volta roubando vários. - Você gosta disso? - Perguntou me olhando.

- Sim... - Respondi olhando pra sua boca e o puxei pra mim de volta, os nossos beijinhos foram ficando molhados e quando eu iria intensificar a Elaine gritou...

- Venham almoçar! - Me separei dele vermelha.

- N-não conta pra ninguém, tá bom? - Ele assentiu e a gente foi comer.

Mais uma oportunidade e eu começo tudo de novo...



Notas Finais


As vezes eu tô lendo uma fic e fico sorrindo igual retardada, minha mãe olha pra mim e diz "tá conversando com quem?" Eu sem entender nada respondo "Hã? o que?"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...