História Meu pequeno vilão - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens All For One, Dabi, Katsuki Bakugou, Midoriya Izuku (Deku), Momo Yaoyorozu, Shouto Todoroki, Toga Himiko, Tomura Shigaraki, Uraraka Ochako (Uravity)
Tags Boku No Hero Academia, Midoriya X Toga, Midoriya X Tsuyu, Midotsuyu, Shigadeku, Villain Deku
Visualizações 98
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


aqui estou eu com um novo capitulo da fanfic, eu sei que estou postando meio tarde mais eu não consegui esperar até amanhã para postar esse capitulo

boa leitura espero que gostem

Capítulo 6 - Agora eu sou um vilão


Fanfic / Fanfiction Meu pequeno vilão - Capítulo 6 - Agora eu sou um vilão

~CAPITULO ANTERIOR~

~10 MESES DEPOIS~   

Midoriya passou 10 meses treinando com toga, midoriya finalmente estava a altura (pelo menos em combate) dos outros membros, ele estava pronto para receber sua nova peculiaridade, ele estava com tomura e dabi em frente a um prédio abandonado, que era o lugar que o homem que iria dar a peculiaridade para midoriya estava, tomura mandou ele entrar o local, e ele um pouco exitante entrou, e sua primeira visão foi um corretor escuro e coberto de sangue, ele estava pronto para voltar mais foi empurrado por dabi fazendo ele ter que avançar, depois de alguns minutos andando eles entram em uma sala que parecia um escritório, midoriya olhou em todo lugar e pode ver, uma estande cheia de livros, algumas cadeiras, e no centro do lugar avia uma mesa com uma cadeira virada para trás e nessa cadeira avia um homem sentada nela, que midoriya sabia que  ele era o homem que lhe daria sua nova peculiaridade 

~AGORA~

O homem que estava sentado na cadeira se levantou e foi na direção de midoriya e o encarou seriamente, depois se virou na direção de tomura e dabi e disse de maneira fria

-Esse é o garoto? -dabi e tomura fazem sim com a cabeça

-Muito bem , podem sair agora! e você sente-se aqui!- o homem terminou de falar e tomura e dabi saíram do lugar no mesmo momento, e midoriya foi se sentar no lugar onde ele avia mandado, depois que midoriya se sentou o home vem em sua direção e se senta em  frente a midoriya e começa a falar

-Eu sou all for one,agora me diga qual peculiaridade você quer ter?

-A p-peculiaridade que quero ter é...

-Eu sei qual você quer ter, mais qual o motivo de querer ser um vilão?

- po-por que  eu... - midoriya para de falar por que não sabia o que responder

-Você não sabe o motivo, interessante... venha comigo garoto - all for one diz se levantando e midoriya o segue, eles passam por varios corredores, todos eles cobertos de sangue, o que fez midoriya ficar um pouco assustado, depois de passarem por esses corredores eles param em frente uma porta, assim que midoriya abre a porta ele pra em frente ela e fica olhando o lugar assustado, era uma sala cheia de objetos de tortura, varias seringas que provavelmente foram usadas para drogar as pessoas torturadas, e também avia muito sangue espalhado pelo chão, midoriya estava parado na porta quando sentiu algo sendo enfiado na sua pele,  ele se vira para o lado pra ver o que era e ele vê all for one com uma seringa colocando um liquido verde dentro que estava sendo colocado em seu sangue, assim que all for one  retira a seringa da pele de midoriya, o mesmo começa a ficar tonto e com dificuldades para ficar em pé, midoriya cai no chão e antes de fechar os olhos pode ver all for one se aproximando, e então midoriya desmaia 

~ALGUM TEMPO DEPOIS~

Midoriya acordou em um lugar completamente vazio e escuro, não avia nada na quele lugar e por causa disso  midoriya começa a andar pelo local a procura de algo ou alguém, mais não achou nada, midoriya decidiu parar de procurar,ele ficou um tempo parado no mesmo lugar, quando começa a ouvir vozes 

"você nunca sera um herói"

"inútil, não tem peculiaridade''

''você não deveria nem existir"

as vozes ficavam falando todas as palavras que perturbaram midoriya durante toda sua vida, mais a pior dessas palavras que midoriya tinha que ouvir era ''você não pode ser um herói''  sempre que ouvia essas palavras ele lembrava de all might dizendo o mesmo, ele tapou os ouvidos com as mãos para não poder ouvir as vozes falando, mais não adiantou, por que ele ainda conseguia ouvir-las,  midoriya começou a chorar desesperadamente ao lembrar de tudo que avia acontecido em sua vida, midoriya começou a chorar cada vez mais, e quanto mais ele chorava mais vezes e mais auto as vozes falavam, midoriya já não aquentava mais ficar na quele lugar ele estava desesperado para poder sair de lá  por um segundo as vozes pararam de falar e midoriya quando percebeu isso tirou as mãos dos ouvidos para ver se elas aviam parado, midoriya parou de chorar e quando ele ia secar as lagrimas começou a surgir sombras de todos os lugares e essas sombras estavam indo em sua direção pra tentar pega-lo, e as vozes voltaram a falar, quando uma das sombras encostou em midoriya ele começou a correr desesperado para que as elas não o pega-se, mais não estava funcionando por que as sombras estavam cada vez mais perto de midoriya, ele corria enquanto chorava tentando fugir, mais ele não foi rápido o bastante, midoriya foi pego pelas sombras que o puxavam para perto de si, as vozes falavam cada vez mais auto, midoriya tentava sair das mãos da quelas sombras mais não adiantava de nada, as sombras conseguiram puxar midoriya para perto delas, quando midoriya chegou perto das sombras as vozes pararam de falar e o lugar ficou um silencio, quando midoriya sentiu algo se aproximar de seu ouvido uma voz falou

-Você pode ser um vilão

~NA SALA~

Midoriya acordou amarrado em uma cadeira na mesma sala que ele e all for one aviam entrado antes, midoriya olhou para o seu corpo e viu vários cortes, queimaduras,machucados e algumas cicatrizes, midoriya olhou para o chão o viu sangue, que provavelmente era dele, e varias seringas, logo ele deduziu que foi drogado por all for one e enquanto estava inconsciente foi torturado, mas midoriya não ligou para nada disso, ele só queria saber se avia ou não ganhado a sua individualidade, ele estava suando de ansiedade para saber se finalmente ele teria sua individualidade e se poderia assim se vingar de todos que o fez sofrer, ele estava pensando igual um verdadeiro vilão, midoriya ouve a porta da sala sendo aberta e  quando ele olhou par ela pode ver all for one entrando com uma garrafa com um liquido verde dentro, all for one se aproximou de midoriya e o forçou a beber o liquido que estava dentro da garrafa, midoriya quando engoliu o liquido sentiu que sua garganta estava pegando fogo, quando ele terminou de tomar o que é que seja que estava dentro da garrafa all for one  o perguntou

-como você se sente?

-Eu me sinto bem...

-Mesmo com todos esses cortes e queimaduras?

-Sim... eles não estão doendo então não me importo, mais me responda , eu tenho ou não uma peculiaridade?

-Sim, você tem uma, mais agora me diga... por que você quer ser um vilão?

-Por que eu quero me vingar de todos que me fizeram sofrer e quero fazer all might pagar por tudo o que ele me disse e eu vou fazer isso nem que custe minha propia vida - quando midoriya terminou de falar all for one deu um pequeno sorriso sínico  e disse 

-Parabéns garoto, agora você é oficialmente um vilão


Notas Finais


mais uma vez me desculpa por postar esse capitulo uma hora dessas mais eu realmente estava muito ansiosa para postar ele, espero que tenham gostado bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...