1. Spirit Fanfics >
  2. Meu pior inimigo >
  3. "Jantar entre amigos"

História Meu pior inimigo - Capítulo 12


Escrita por: e caramelocommorango


Notas do Autor


Ei pessoal, como vocês estão???
Aos poucos vou atualizando vocês por aqui enquanto ainda tenho tempo. Obrigada pelo apoio sempre 😘

Capítulo 12 - "Jantar entre amigos"


Fanfic / Fanfiction Meu pior inimigo - Capítulo 12 - "Jantar entre amigos"

Estava indo para minha cama dormir às 2:00 da manhã, daqui a pouco eu tenho que acordar e ir pra aula. Estou ferrada? Talvez. Entro no meu quarto e me deparo com alguém sentado em minha cama.

- O que você quer aqui? - cruzo os braços na porta do meu quarto esperando uma resposta.

- Eu quero conversar sobre o que aconteceu hoje. - ele me olha sério, em um tom de preocupado

- Olha jungkook eu não tenho nada pra falar entende? É a minha decisão, eu queria que minha primeira vez fosse especial, mas você estragou. Tudo que eu zelei em mim por anos, acabou tão rápido, não adianta você querer conversar comigo, o que tá feito tá feito. 

- Porque você não confia em mim quando eu digo que sinto muito? Eu estou falando sério com você, eu não queria fazer aquilo, eu não sabia que você .... Olha, eu só vim conversar ok? Como irmãos.

Irmãos? Me poupe. 

- Pois então diga, estou esperando uma resposta. 

- Sinceramente desde aquela hora em que te beijei eu não consigo parar de pensar em você, você me deixa completamente fora de mim, e eu sei que você sente o mesmo se não teria aquela reação. Desde de que aconteceu aquilo de eu te magoar, na escola, as brincadeiras e tudo mais, eu me sinto mal, eu juro que me sinto mal. Eu só queria consertar tudo e voltar no início quando a gente se falava..... - Eu o interrompo

- Pera, pera. Jungkook a gente nunca teve nenhum tipo de intimidade, desde de que você chegou aqui com o papai, você me irrita, você me chateia, por muito tempo eu aguentei tudo que você fez por mim, porque eu realmente achava que você não era só um menino bobo que por trás tinha uma pessoa madura, mas não, você vive trazendo gente pra cá como se fosse um cachorrinho no cio, as pessoas me olham estranho, tudo que você toca você destrói. 

- Entendo. - ele se levanta e vem em minha direção até que ele sai e olha pra trás  - Não se preocupe, eu não falo mais com você, te deixo em paz se é isso que você quer, e pensar que gostei de você por um instante, quando era uma menina meiga. 

- Eu nunca fui meiga, até porque a minha realidade é outra. Você não me conhece. 

Quando terminei de falar percebi que ele não estava mais ali, ele apenas disse o que queria e foi embora. Acho que peguei pesado no que eu disse pra ele, mas. ... Era isso mesmo que eu sentia antes, e agora quando eu disse, sinto que  não era eu de verdade. Talvez eu queresse me manter longe do meu pior inimigo, e talvez o meu primeiro amor. 

Entro no meu quarto e tomo um banho morno pensando que eu só queria ir até ele e, pedir desculpas eu sei que, de certo modo eu estou errada, mas também sinto que tirei um peso das minhas costas. Acho que é melhor assim.  

Quando levantei de manhã estava tudo quieto, ninguém tinha descido para tomar café, sinceramente o clima hoje está estranho, pelo menos pra mim. 

- Bom dia maninha! - sorri

-Bom dia Hoseok, viu passo verde foi? - sorrio 

- Digamos que não era bem verde. - me olha maliciosamente

- Aí, me poupe de detalhes. Aonde estão mamãe e papai? 

- Saíram, pelo jeito vai ficar fora este final de semana. 

Apenas concordo com a cabeça e continuo passando manteiga em minhas torradas. O café estava no fogo então eu só colocaria as torradas para assar enquanto ainda dá tempo. 

Depois de tomar meu café vou para meu quarto fazer as higienes matinais, resolvo soltar os cabelos já que só vou pra aula com ele preso, eu queria passar na casa do yoongi antes de ir pra escola, acho que vou simplesmente aparecer. 

Saio cedo e vou caminhando até a casa dele. 

- Yoongi eu preciso te contar uma coisa. 

- Deve ser sério pra você aparecer aqui uma hora dessas. 

- É sobre o jungkook, preciso que me ajude. 

Conto pra ele tudo que aconteceu ontem a noite e como terminou em uma conversa desagradável de madrugada, isso é muito embaraçoso de contar, até eu me sinto desconfortável. 

- Ele não é uma boa pessoa pra você s/n. Eu já sabia que isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde. 

- Por isso eu queria que me ajudasse. 

- Você precisa se afastar se é isso que sente em relação a ele. - ele me olha fixamente esperando uma resposta e eu apenas suspiro fundo sem dizer uma palavra.  - Me desculpa. 

- Não, tem razão. Mas, eu não sei se quero me afastar dele. 

- Não acho que ele seja uma boa pessoa pra você, contar que você tem 18 anos, tem coisas maiores pra você se preocupar agora. 

- Eu sei disso yoongi, eu só queria um conselho.

- Então deixa ele. 

- Aliás, são 6:30 da manhã que horas você acordou? 

- Sinceramente, talvez umas 5:00, na verdade eu nem sei. 

Ele ri colocando a mão em meus cabelos, o toque deve e reconfortante pra mim agora, somos amigos desde que entrei pra está escola, na verdade desde 9 ano, por ser o último ano do ensino médio eu achei que iria me divertir mais, mas eu vejo que não, me sinto uma velha, chata. Eu costumava ser mais ignorante quando era mais nova, mais divertida, talvez isso tenha mudado um pouco de repente. 

Fui com yoongi até a escola e não vi jungkook hoje, considerando a nossa conversa/ briga de ontem deve estar chateado comigo. Que inferno, porque isso me pertuba tanto a ponto de me deixar mal. 

Ao final da aula estava indo pra casa quando yoongi me chamou.

- Oi, não vi você o dia todo. - ele diz com sorriso contagiante. 

- Eu sinceramente não tava muito bem hoje, preferir ficar na sala este tempo todo. Estava esperando hoseok e taehyung para irmos pra casa, mas, suponho que já foram embora. 

- Já! Eu vi eles saindo mais cedo, a turma deles estavam ensaiando a formatura e então saíram mais cedo. 

- Eu até hoje acho um absurdo esses filha da puta repetindo o último ano, já eram pra eles terem até casado. - reviro os olhos 

- Você está muito estressada hoje não acha? 

- Eu acho também 

- Eu queria chamar você para sair comigo essa noite, hoje é sexta feira então .... 

- Tipo um encontro? - falo sorrindo pra ele o cutucando em um tom ironia.

- Não, não. Sem encontros, somos amigos, neh? 

- Claro. 

Porque eu sinto como se ele quisesse fazer essa pergunta a um tempo? Ele estava estranho esses dias pra trás, achei que era algo que eu fiz, e então de repente ele volta a fala comigo e me faz essa pergunta. Sinto um pouco de nervosismo da parte dele. 

O clima ficou estranho de repente, eu estava um pouco envergonhada por ter aceitado sair com ele, não devia me sentir assim já que somos amigos desde sempre, eu sempre saio com ele, mas dessa vez essa pergunta né pareceu bastante seria. 

Chego em casa e vejo jungkook sentado no sofá, parecia deprimido. Quando ele viu a minha chegada ele saiu, quando ele passou por mim o seu perfume ecoô todo o ambiente, principalmente meu nariz, era um cheiro agradável mas também amargo, talvez seja meus sentimentos tentando me convencer de que é melhor assim. 

Naquele dia mais tarde eu estava pronta pra sair com yoongi, eu gostaria de me arruma mais já que, ele me disse que iríamos jantar fora. Minha mãe está super preocupada por ser meu primeiro encontro com um menino. - eu disse encontro?! Não, e apenas uma distração amigável -  Optei por um vestido preto básico, um pouco colado, confesso que não me sinto bem nesse tipo de vestido, eu ganhei ele pra usar no natal passado, mas foi tão estranho colocar que acabei vestindo calça e blusa como sempre, mas queria sair da minha zona de conforto hoje. Fiz uma maquiagem básica com delineado e um fundo marrom bem claro, e um gloss labial. 

Desço as escadas e minha mãe olha pra mim sorrindo, dizendo o quanto o vestido fica bem em mim. Jungkook olha pra mim desconsertado mas penetrante, talvez eu estivesse bonita hoje. 

Ele está sussurrando com alguém, eu queria saber o que é. Talvez esse vestido estivesse horrível e eu não devia ter colocado ele hoje. E se o yoongi me interpretar mal, nossa isso é realmente embaraçoso. 

Escuto alguém batendo na porta e com certeza era ele. 

Quando abri a porta ele me olhou sorrindo dizendo o quanto eu estava linda naquele vestido. 

- Eu não gosto tanto assim dele, mas, Obrigada. Como você disse que era um jantar eu queria  ficar um pouco mais apresentável. - digo totalmente tímida 

- Foi uma ótima escolha, e não me canso de dizer que está linda. Vamos? - ele estende a mão para mim e eu o seguro. 

olho para trás para despedir de minha mãe e hoseok e então vejo jungkook sentado serrando os dentes, parecia zangado. 

Yoongi tinha comprado um carro recentemente, e me parece que fui a primeira a estrea-lo. 














Notas Finais


O que vocês acharam desta ideia de s/n e yoongi? Vocês shipam? Hummmm eu acho que eu shippo jsnsjsnsjsmsns
Vou contar mais detalhes no próximo capítulo prometo. Obrigada por lerem até a próxima.
Link vestido preto - https://pin.it/369ki2p
Escrevam aqui mais sugestões para próximos capítulos, byeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...