1. Spirit Fanfics >
  2. Meu pior paciente >
  3. Desfecho

História Meu pior paciente - Capítulo 27


Escrita por:


Capítulo 27 - Desfecho


Liguei para Mauro e disse que era hoje que todos saberiam a verdade, pedi para que no horário marcado ele levasse Layane até a casa de Micael, cheguei cedo, pedi que chamasse o pai de Micael também e então deixei a gravação passar, Mauro também chegou com Layane, Micael ao reconhece- lo quis expulsa-lo de sua casa, mas eu o acalmei e pedi para que eles ouvissem com atenção a gravação, quando a mesma estava acabando, Rafael entrou sorridente e Micael partiu pra cima dele, gritando: 

- Seu covarde, egoísta, canalha, assassino.

Micael deu dois socos na cara de seu irmão e continuou:

- Eu nunca pensei que você fosse capaz de tamanha atrocidade, seu monstro.

- Mas o que que eu fiz? Perguntou Rafael. 

- Seu cínico, olha aqui a gravação, você acha pouco, aqui estão também Mauro o motorista que você disse que tinha morrido e Layane sua ex que confirmaram toda a história. Falou Micael muito zangado. 

Seu pai o Sr. Marlen se pronunciou 

- E que história é essa de filha? Você havia falado que a menina tinha nascido morta. Pelo visto passou a vida inteira enganando todo mundo.

- Vocês querem saber fui eu sim, já cansei de fingir ser o que não sou, e sim pai eu tenho uma filha, ela se chama Patrícia e está  agora em um hospital para crianças, eu escondi a existência dela porquê você achava que meu relacionamento com Marina era uma vergonha para sua família, só porque ela não era da mesma classe social, mas quando é para o Micael qualquer escolha que ele faça você aceita, me diz pelo menos uma vez porquê sempre me tratou com desprezo? Eu sempre quis te impressionar, mas nada era o bastante pra você. Porquê?

- Você quer mesmo saber, você não é meu filho, quando se casei com sua mãe ela já estava grávida de você, você sempre me pareceu algo indesejado que por amor a ela te aceitei e escondi de todos a verdade para que sua mãe não fosse vista com maus olhos perante todos, mas aquela ingrata me pediu a separação e foi correndo para os braços do ex, ou seja, do se papai. Falou o Sr. Marlen amargurado.

- Então foi por isso, eu sabia que tinha algo de errado nessa história toda. Olhando para mim falou:

- Muito obrigada Sarah, por fazer eu ver quem é o Sr. Marlen, só assim pra ele falar a verdade. Falou Rafael chorando.

- Não se faça de vítima, o vilão dessa história é você que quase tirou a vida do seu irmão. Falou o Sr. Marlene.

- Eu sei que nada justifica o que fiz, mas foi o seu desprezo que me fez errar tanto. Falou Rafael olhando para o Sr. Marlen.

- Agora tenho motivos de sobra para te deserdar seu bastardo e você vai pagar por tudo que cometeu, vou ligar agora para policia e mostrar isso.

Então numa ação impulsiva joguei o celular dentro do aquário. Micael e o Sr.  Marlen me olharam sem entender nada.

- Vocês não perceberam que tudo isso foi provocado por uma situação de desprezo, de mentiras e farsas. Falei.

- Porque você fez isso Sarah ele é um criminoso, precisa ser detido. Falou Micael.

- E será, mas antes sejam francos uns com os outros e falem tudo que precisa ser dito. Falei.

- A Polícia já está chegando Sarah e agora não temos nenhuma prova concreta contra ele. Falou Micael. 

- Quanto a isso não se preocupe Micael, eu vou confessar os meus crimes, sempre tentei chamar a atenção de alguém que pensava ser meu pai que julguei sentir algo por mim, além do desprezo, mas me enganei. Falou Rafael.

A Polícia chegou e disse:

- Recebemos uma denúncia que o criminoso do acidente estava aqui.

- Sou eu. Falou Rafael.

Rafael foi levado preso, Layane casou- se com Mauro, eu falei de Patrícia, mas o Sr. Marlen parecia irredutível, então recebi uma ligação do hospital que ela estava, na qual o médico pediu que eu fosse lá urgente, Micael me acompanhou a menina estava muito debilitada e me pediu para ver o pai uma última vez, falei com Micael e conseguimos uma ordem para que Rafael fosse ver a filha, a conversa deles foram da seguinte forma:

- Entra pai, porque você está com essas algemas?

- Porque o papai fez muitas besteiras nessa vida. Falou ele.

- Pai você sabia que agora eu não vou mais ficar sozinha? Falou Patrícia. 

- Não minha filha?

- Não, eu sonhei com minha mãe e ela me dizia que vou morar com ela.

Rafael não conteve as lágrimas e falou:

- Me perdoa minha filha eu devia ter te dado mais amor, mas fiz tudo errado, me assemelhei ao homem que mais me desprezou nesse mundo, você não merecia um pai como eu. Falou ele.

A gorata se sentou e enxugou as lágrimas do pai e disse:

- Não chora pai, eu vou ser muito feliz com ela, mas antes eu quero te pedir uma coisa?

- O que minha filha?

- Você já errou muito, mas me promete que não vai errar mais, me promete que não fará mais mal a ninguém por o amor que você tinha a minha mãe? Falou Patrícia. 

- Eu prometo filha, eu prometo. Ele abraçou- a solução e falou:

- Eu te amo filha, só não soube lhe dá com esse amor, me perdoe por te-la deixado só. 

- Não chore mais papai eu vou ficar bem, agradece a Sarah por mim, ela foi minha verdeira fada. Dando o seu último suspiro a menina morreu como um anjo nos braços de seu pai. A voz de Rafael ecoou por todo o hospital. Eu entrei com Micael e Rafael falou:

- Ela morreu nos meus braços, ela morreu Sarah. 

- Eu também sinto a perda dela Rafael me afeiçoei muito a Patrícia. Falei chorando, ele veio e me abraçou disse que Patrícia pediu que me agradecesse por tudo que fiz por ela. O policial entrou e o levou de volta para a prisão.

Rafael foi condenado a dez anos de prisão por tentativa de assassinato, Micael ficou sem sequelas do acidente e se casamos em uma linda festa no Jardim da sua casa, o Sr. Marlen continuava infeliz e fechado no mundo dos negócios, o Dr. Cristóvão se casou com uma estagiária da clínica e eu estava muito feliz com Micael, ele se tornou presidente da empresa e eu abrir minha própria clínica de reabilitação.

Fim

 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...