História Meu poema que não escrevi.


Escrita por:


Sinopse:
Jinsoul é a poesia feita de versos escritos por um anjo.

[ loona | lipsoul | primeiro amor ]
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 557
Favoritos 147
Comentários 12
Listas de Leitura 26
Palavras 3.082
Terminada Sim
Categorias Loona
Tags Kimsoul, Lipsoul, Loona, Soulip

Fanfic / Fanfiction Meu poema que não escrevi.
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Ficção Adolescente, Shoujo-Ai
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Meu poema.
7
360
1.682
 
2.
Reescreva-me.
5
197
1.400

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por newfront
Capítulo 2 - Reescreva-me.
Usuário: newfront
Usuário
Esse capítulo foi tão angustiante para mim, meu coração apertava de uma maneira intensa e as lágrimas eu fazia questão de segurar. Parecia que era eu ali no lugar da Jinsoul.

A maneira que você descreve as coisas me toca tanto, não sei nem explicar o que sinto, ela é tão simples, mas que cada palavra tem seu próprio significado, sentimento, como se tudo se completasse e me trouxesse uma mistura de emoções.

Em dois capitulos você trouxe dois pontos de vistas completamente diferentes e isso só deixou a estória melhor, porque me fez entrar mais na mesma e perceber algumas coisas, talvez sofrer mais, para não dizer que sou muito sentimental, vamos colocar um pouco a culpa nas musicas que eu estava escutando enquanto lia, valeu Sonatine e Love Letter.

A cada estória sua que leio me sinto mais maravilhada, é a pura sinceridade. Você é capaz de me mostrar outro mundo, outro olhar, de maneira tão clara, que facilita muito a leitura das entrelinhas, o que me deixa muito mais tocada, sério, eu nem sei o que dizer, você é incrível!

Agradeço por todas essas estórias.
Parabéns <3
Postado por cIear
Capítulo 2 - Reescreva-me.
Usuário: cIear
Usuário
Muito triste.

Eu adorei demais, talvez tenha sofrido por isso e esteja me corroendo agora, mas tudo bem.
Jinsoul foi corajosa o suficiente para ver que estava errada em continuar se enganando por alguém, admiro-a completamente.

E eu te amo tanto por ter feito isso, me abriu os olhos, me deixou uma imagem clara do que quero, você realmente me ajudou e eu espero de coração fazer, um dia, o que você precisar ou querer.

Seria cedo demajs lhe considerar como autora favorita? Espero que não, porque é o que realmente sinto. Preciosa demais para o mundo essa Jeongeun, preciosa demais para esse mundo essa Jinsoul.

Eu vou guardar essa história dentro do meu coração, e eu espero, que a pessoa que está no meu pensamento agora, após milhares horas nesta madrugada de virada de ano, esteja disposta a me reescrever novamente, que me tome as palavras e me faça poema, aquele que um dia deixei de ser por uma ilusão que achara que fosse real.

Eu te amo muito, autora.

Amo muito suas histórias.

Amo muito suas idéias, sejam simples, elaboradas, bem feitas ou não, tanto faz, sinto que ajudam alguém como me ajudaram agora.

Lhe admiro muito.

Seria meu sonho escrever algo contigo, lhe conhecer ou simplesmente ser sua designer pessoal para as fanfics? (Lê-se admiração completa pela sua pessoa).

Palavras me ajudaram e me fizeram sair dessa caixinha que chamo de mente, palavras me ajudaram a deixar florescer o sentimento que eu achei que havia botado um ponto final, eu realmente amo ela irei até onde for para tê-la novamente, mesmo que for só para sentir sua assinatura do poema que sou eu.

Parabéns, você é a pessoa mais importante para mim agora e, não escrevo isso da mente 'pra fora, escrevo isso com o coração. Beijos.
Postado por philos-apeiron
Capítulo 1 - Meu poema.
Usuário: philos-apeiron
Usuário
Socorro, terminei de ler a one com os olhinhos cheios d'água ;-; deu uma enorme vontade de gritar "MIGA EU TE ENTENDO VAMO SE ABRAÇAR", mas aí eu lembrei que é apenas uma fanfic aushauhss.

Falando com um pouco mais de elegância, gostaria primeiramente de deixar aqui uma série de elogios merecidos para você, autor(a). Você escreve muito bem, tanto no sentido da gramática quanto no sentido da narração; sua escrita permite o leitor se colocar na pele do narrador (no caso, narradora) e nesta one provavelmente todos vão se sentir - mesmo nunca tendo um contato com este amor profundo/poético - encantados pela Jinsoul porque é isso que Jungeun sente e é isso que ela transmite.

Assim como o leitor sentirá o encanto, também sentirá a tristeza. Arrisco-me a dizer que sua one seguiu muito bem uma história de amor linear, onde as várias etapas do amor romântico se concretizam até chegar ao seu inevitável fim. Entretanto, o final é um remédio eficiente de gosto ruim - não encare isso como uma crítica negativa, irei me explicar melhor. Ao mesmo tempo que me senti aliviada por saber que uma amizade foi estabelecida, senti um pesar por a Jungeun se predispor a amar alguém que não sente o mesmo (não na mesma intensidade).

Digo isso porque sei exatamente como ela se sente.

O que me deixou mais emocionada nesta one não foi apenas por utilizar minhas duas bias do meu atual grupo favorito do KPOP, e sim também pelo fato de descrever uma experiência que já tive durante minha vida. Eu tive meu lindo poema na época do ensino médio e nunca pude lê-la por completo, pois tanto a sexualidade dela quanto seu compromisso com outro rapaz impediu que isso fosse possível. Passei muitos anos apenas admirando um poema que li pela metade, mas o tempo foi gentil comigo e me proporcionou a capacidade de superar essa época.

Por esse motivo o final tornou-se um remédio de gosto ruim na minha opinião, porque acredito que amar alguém intensamente sem reciprocidade é torturante, entretanto este é apenas um pensamento baseado em minhas experiências. Ignorando o aspecto empirista da minha opinião, sua one está excelente em todos os sentidos. Volto a dizer: a escrita, a narração, o tema, a abordagem sentimental; tudo está muito bem trabalhado e lhe parabenizo por se dedicar a criar uma one tão boa. <3