1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Policial -JiKook >
  3. Muitas coisas estão acontecendo

História Meu Policial -JiKook - Capítulo 65


Escrita por: Park-jiman

Capítulo 65 - Muitas coisas estão acontecendo


- Eu vou desistir, é jeito- Disse abatida, nunca teve chances com o Jungkook, em caso de relacionamentos serios. E o que mesma planejasse era que desistiria de Jungkook, já seguiu o menos mas não teve o queria dele , então essa era a melhor decisão que estava obtendo. A mesma não aguenta xigamentos, apelidos que fizeram te machucar e até mesmo insultos de sua parte. Estava si sentindo destruida só por causa disso. Mas agora a coisa mudou, a mesma pensou bastante e intendeu que Jungkook não é pra ela. A mesma vai procura pelo que sempre quis fazer, corta o cabelo, não só cortava pelo Jungkook, cismando que ela iria sair feia de qualquer jeito. A mesma entendeu na hora e não cortou, mas agora vai fazer com sua vontade , sem ninguém estiver lhe pedindo para, Para. Essa mesmo teve sempre vontade e né só agora que o mundo vai lhe para, muito menos o inbecil do Jungkook, que o arrastou em xigamentos. 

A mesma si pois si de pé e limpou o traseiro sujo. Limpou suas lágrimas e suspirou pesado, deixando as frustações de lado. Caminhou firme até entra na casa, vendo o casal si pegando, essa era um sena caótica pra ela dá sua opinião, mas a mesma não ligou a mínima e saiu em direção ao banheiro, queria corta seu cabelo o quanto antes. Sua movimentação foi rápida. Pegou a tesoura na gaveta em baixo que tinha um armário e um pente.

Si sentiu aliviada por fazer isso, não si arrependeria pois é o que ela sempre quis fazer. Com a mãos no pente começou a separas as mechas , um pouco pra cada pouco. Já com tudo separado, pegou a tesoura começando a corta seu cabelo pela as pontas. Sua lágrimas já descia de horroris por demora fazer o que sempre quis. Suspirou pesado e cortou até o cabelo ficar perto do pescoço , um corte curto. A mesma era boa nisso, e já pensou em ser cabelereira, seria ótimo ela fazer essa profissão por que ela levava jeito. A mesma si sentia impecável quando si olhou no espelho. Com as mechas de cabelo cortado em suas mãos ela olhou, sorriu pra aquilo. Como sonhava com isso ,mas sempre teve um questionamento contra e isso ela odiava em todas as formas.

Saiu do banheiro e pois a seu quarto. Mas antes dela sair do banheiro, ela tomou banho pra aliviar as coisas, mais ainda sim o Jungkook pertunava sua cabeça, fazendo a mesma ter que si xinga-se por aquilo. Queria o esquece-lo , uma tonta de ficar pensando no idiota que te fez sofre. A mesma até pensou si Jimin ou não  iria sofre com o mesmo, mas deixou isso de lado, pois que Jimin sofra , já que é dono de sua própria vida.

[...]

- Vc pegou pesado com ela- Jimin disse dando um leve murro no peitoral do mesmo.- Acha que trata sua prima desse jeito, leve algo a serio. Pelo menos si não o aceita , respeita a mesma como sua prima.- Jungkook estranhou do fato de Jimin tenta protege-la , sendo que a mesma quer Jungkook pra si. Parece que Jimin não intende que ela é muito peguete pra vista de Jungkook. E o que o contragia é saber que seu namorado diz que deve a trata-la como prima, já si viu isso pra Jungkook?. O mesmo não quer nada com ela, só quer que ela não machuque quem ele realmente o ama.

- Jimin, pensei que vc fosse contra isso?- Olhou pro mesmo perplexo deixando um Jimin revira os olhos e mira-lo, logo disse:- Não ver que eu senti ciúmes por vc?, sabe que sinto mais não o trate assim, isso min deixa plasmo.- Segurou o peitoral do mesmo- Quer massagem amorzinho?- Mudou de assunto, fazendo um belo carinho no peitoral do mesmo que dava suspirou de prazer.

- Vamos pro quarto, seria melhor lá- Levou um tapa, logo olhou para quem era , e viu sua mãe o olhando apavorada. A mesma entrou no meio dos dois no sofá com um cacho de uvas na mão.

-Abre a boca amore- Mandou que Jimin fizer-se , mas o mesmo si sentiu confuso com aquele pedido. Ela o eria alimenta-lo?, que tipo de sogra é essa?.- Ande bolinho abre a boca, vou lhe uvinhas...-Estendeu as uvas no ar.

-Senhora Jeon, não é pra tanto...-Sorriu sem jeito, estava muito tímido para aquilo.

-Omma!- Reclamou Jungkook, esse que si alevantou e ficou de pé encarando o mesma, que piscava várias vezes olhando para seu filho.- Não ver que isso é exagero?, não acha que está exagerando?!. Ya!, Jimin não é um bebê- Pegou Jimin pelos braços o levando para o quarto.

Deixando um mãe paralizada. A mesma si sentiu abalada e vergonhaza ao mesmo tempo.

- Que tipo de filho eu criei pra ser assim?...Oh Jeon Jungkook!, aigo...- Reclamou colocando uma uva na boca, mas logo si engasgou vendo Sana sair de seu quarto de cabelo curto.- Por deus!, o que vc fez menina , seu cabelo...-Olhou pra mesma já sorrindo- Ficou...-engoliu a uva- Ya!. quem fez esse corte de cabelo em vc , que eu quero também ir lá fazer?

- A senhora gostou  ommani!?- Disse alegre. A senhora Jeon Young afirma com a cabeça fazendo a Sana da pulinhos de alegria enquanto batia palminhas.- Fico feliz , agora assim min sito eu mesmo...

-Vc ainda não min falou quem fez esse corte de cabelo.

-Foi eu

- Vc?, meu deus como vc é profissional- Tocou nas mechas de cabelo curto da mesma, enquanto sorria.-´Por favor faça um corte no meu por que eu amei.

-Claro...

[...]

- Agora faz aquela massagem que vc ia fazer em min- Todo nu e exposto pra Park, Jungkook deita na cama virado de costa pro mesmo.- Anda amor, eu o espero...-Disse já fechando seus olhos.

- Eu pensei que vc iria querer só nos ombros, mas não quer ter no corpo todo- Começou a massagea-lo- Por que tirou a roupa? ,não seria nescesario isso- Começou pelos ombros, o deixando relaxa com as mãos. Descendo do ombros foi para as costas do mesmo, era lindo a forma como Jungkook em todas as formas , Jimin nunca disse que Jungkook era do poste feio, mais sim dos feios mais feios do mundo que desejado por todos e por ele. Descendo as mãos foi de encontro com a bunda. Jimin queria desistir mais era Jungkook, né?. Massageou o local recendo um Arfa do Jungkook.-Tá gostoso ai?- Olhou pro mesmo que já dormia só pela massagem que Jimin estava fazendo. O mesmo até pensou a para, mas o mesmo tempo queria trisca no Jungkook. 

Terminado de massagear o grandão. Jimin saiu de cima dele. Agora quem precisava de massagem era ele, suas costas estão matando só de ficar na mesma posição.

- Ai!

Resmungou já sentindo a dor, pegou um pano e passou pela sua costa doida. Olhou para Jungkook dormindo na cama bem seriamente , o mesmo foi até ele e o embrulhou com o lençol , era coisa mais linda de si ver Jungkook dormindo isso Jimin podia acreditar. 

[...]

-É aqui senhor

-Certo, agora trate de mandar uma mensagem para aquele cafageste de Ji. , quero que tudo esteja como planejado.

-Sim senhor- saiu dali as presas

- Senhor- Outro homem seu veio até si

-Sim

-A policia está atrás do senhor

-Como?

-Eles descobriram que vc tem uma gangue que vende drogas por justiça

-E como eles souberam disso?!

-Acho que foi no dia em que nos estava na casa de Park, senhor.

-Eles descobriram então

-Sim

-Trate de conversa com Tae-Min

-Está bem senhor


Notas Finais


continua


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...