1. Spirit Fanfics >
  2. Meu presente de aniversário >
  3. Capítulo único

História Meu presente de aniversário - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Inhaí, belê? Como cs tão? Genty, eu sei que fiquei sumida durante muito tempo e peço desculpas, mas sempre dá essas surtada na gente, não é mesmo?
Já tô com milhões de fanfics hot na minha cabeça porque vivo apenas disso. Mas enfim, espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Meu presente de aniversário - Capítulo 1 - Capítulo único

 

Eram 22:00 do dia 13 de agosto, o aniversário de Park Jimin já estava quase ao fim. Naquele momento, se encontrava deitado ao seu lado Jeon Jungkook, estavam assistindo algum filme que o mais velho não se importou em prestar atenção, visto que estava muito ocupado admirando tamanha beleza de seu melhor amigo e também crush. Os dois passaram o dia inteiro juntos, foram à vários lugares diferentes e finalmente resolveram voltar para casa do aniversariante, tomar um banho e assistir.

 

Jungkook levou seus dedos da mão esquerda até seu cabelo, jogando para trás os fios que ousavam cair em sua testa. Era muito bom para Jimin ver aquela cena tão graciosa. O mais novo estava com os dedos de sua mão direita instalados no cabelo do menor que não desgrudava os olhos dele, enquanto recebia um maravilhoso cafuné.

— Está me encarando demais, Jimin-shi. — Ditou o mais novo que agora o olhava sorrindo. — Estou tão irresistível assim? — Jimin sorriu levantando sua cabeça do peitoral de seu biscoitinho, tirou seu braço que estava envolvendo a cintura do mais novo e pôs sua mão sobre aquele belo corpo esculpido pelos deuses.

— Meu sonho é ter sua autoestima. — Jimin quebra o silêncio que tinha se formado entre os dois. O único som que podia ser ouvido naquele quarto, era o da televisão. — Estava apenas pensando! — Ambos estavam próximos demais, quando Jimin percebeu isso, sentiu seu corpo entrar em êxtase.

— Você se divertiu hoje?

— Muito! Poderia ser assim todos os dias. — Falou dengoso e recebeu um sorriso de aprovação de seu doce coelhinho.

— A gente pode sair assim mais vezes, mas não posso garantir que seria todos os dias, como você quer. — brincou sorrindo.

— Quero para ontem! — Sorriu imaginando a cena dos dois em um encontro, o que nunca havia acontecido, pelo menos não dessa maneira. Jimin nunca demonstrou seus sentimentos para o mais novo, mesmo sabendo que ambos gostavam da mesma fruta. Não sentia confiança o suficiente para se declarar.

Jeon Jungkook leva uma de suas mãos de encontro com o rosto do baixinho que sorriu ao ser tocado, o mesmo beijou a ponta de seu nariz, fazendo Jimin corar. Eles estavam mais próximos do que antes, ambos podiam sentir a respiração um do outro colidindo com suas bocas.

— Droga! — Falou arregalando seus olhos. — Lembrei de sair com você, te dar o parabéns, mas não lembrei de comprar presente! — Jeon falou chocado pensando o quão burro era por deixar aquele detalhe passar.

— Não é como se fosse obrigatório me dar presente, Jeon! - O baixinho levou sua mão, que se encontrava anteriormente no peitoral de Jungkook, até o rosto do mais novo que sorriu.

— Mas ainda assim, depois compro para você. — Fez uma careta ainda lembrando de sua idiotisse. — Quer o que de presente?

De repente o ar faltou nos pulmões do mais velho quando viu Jungkook morder seu lábio inferior sorrindo, ele era deveras perfeito em tudo que fazia, até apenas respirar. Jimin então, tirando forças do cu, fala algo que estava preso em sua garganta há muito tempo.

— Eu quero você, Jeon Jungkook. — O biscoito franziu sua testa não entendendo a situação, o que fez Jimin revirar os olhos por tamanha lerdeza.

— O que quer dizer com isso? Você já não me tem?

— O que eu tô querendo dizer é que quero te foder. — Jimin se aproxima de Jungkook lentamente sentindo o ar ficar mais pesado ainda e sem mais delongas, selou seus lábios nos dele. Kook fechou seus olhos e correspondeu ao beijo, deixando a língua do outro entrar em sua boca e brincar com sua parceira de dança. No começo o beijo era terno, por incrível que pareça, mas depois de alguns minutos começou a ficar mais agressivo e necessitado, tudo que Jimin e Jungkook queriam naquele momento.

Jungkook, num ato de coragem, jogou Jimin para o lado e foi para cima do mesmo entrelaçando suas pernas na cintura dele. O mais novo pode ter contato com o membro duro de Jimin que latejava dentro da calça, o mesmo gemeu abafado entre os lábios do outro.

Aquele momento finalmente tinha chegado, após ANOS esperando.

 

Faltou o ar, se separaram por alguns milésimos de segundo para recobrá-lo, tempo suficiente pra Jimin morder os lábios enquanto sentia Jungkook rebolar sobre seu membro. O mais velho levou suas duas mãos para a bunda cheia de jeon a apertando, fazendo-o arfar. Retomaram o beijo ardente em que se encontravam antes, a língua de ambos exploravam cada parte de suas bocas e suas mãos ousavam tocar cada centímetro de seus corpos. O suor escorria em suas testas de tão quente que estava ficando o clima, eles podiam sentir o êxtase a todo momento, tudo aquilo era inebriante.

Jungkook levou sua mão até a barra da camisa do mais baixo a tirando, tendo a visão do belo corpo lapidado do mesmo. Se deleitava com cada momento. Ousou ainda dar algumas arranhadas em seu peitoral quente, seus gominhos eram visíveis até demais, o que fazia ser mais bonita a visão.

Jimin inverteu as posições se encaixando entre as pernas de seu coelho que gemeu manhoso ao sentir o membro do outro em contato com o seu, ainda por cima do tecido. Rapidamente despiu a parte de cima do mais novo que sorriu com tal ato. Agora ele conduzia tudo. Desceu seus beijos até sua mandíbula, depois para o pescoço deixando pequenas marcas de chupões nele, depois para o abdômen bronzeado do moreno até chegar na barra da bermuda que o mesmo usava. Jimin passou seus olhos gulosos sobre o volume que tinha se formado ali antes de puxar para baixo juntamente com a boxer e expor seu grande pênis. Deleitou-se mais uma vez com aquela bela cena. Passou a língua em seu falo olhando para cima, observando cada expressão que Jeon fazia após sentir seu membro ser sugado com força pela pequena boca de Jimin. Seu pau latejava na boca do mesmo. Ele abocanhou guloso toda a extensão fazendo movimentos de vai e vem, hora devagar, hora rápido. O que deixava Jeon Jungkook deveras louco e sua única reação era revirar os olhos e segurar nos fios de cabelo do pequeno, estocando em sua boca ali mesmo.

O pau do maior pulsava na boca do outro, os dois sabiam o que estava para acontecer, mas antes que Jeon pudesse chegar ao seu orgasmo, Jimin se afastou de seu membro fazendo-o olhar confuso, então o baixinho sorriu travesso olhando para baixo onde se encontrava seu membro coberto pelo pano.

— Alguém aqui também quer atenção! — Falou dengoso. Jeon não evitou sorrir ao ouvir isso e subiu novamente em Jimin iniciando o mesmo processo que ele fez, num piscar de olhos, ele já estava completamente nu, Kook começou a chupar o pênis grosso do outro que arfava e gemia desesperadamente seu nome, debatia suas mãos pequenas sobre os lençóis alvos e bagunçados que se encontravam ali. A boca de Jeon era quente o que fazia o baixinho delirar, ele era bom no que fazia.

Jimin já não estava mais aguentando e puxou Jeon para cima novamente, gemeu sôfrego ao sentir a bunda do outro em contato direto com seu pau. Queria mais do que nunca estar dentro do mais novo, era seu maior desejo naquele momento.

Kook entendendo, rebolou algumas vezes no membro do outro que ousou sorrir. Jimin levou um de seus dedos até a boca de seu coelho que chupou com vontade umidecendo-o, o mais velho levou seu dedo para as nádegas de Jeon que gemeu manhoso quando sentiu o mesmo adentrar devagar em seu buraquinho. Ele era deveras apertado e o processo de preparação era inevitável, aquilo era extremamente gostoso para o novinho que revirava seus olhos depois de mais um dedo adentrado. Dessa vez movimentado mais rapidamente, ele quase podia rebolar nos dedos do outro pedindo por mais.

Jimin cessou o ato para pegar na gaveta da escrivaninha, que ficava ao lado de sua cama, uma camisinha para pôr em seu pênis e finalmente adentrar com tudo em Jeon Jungkook que estava deveras ansioso por aquilo. Afinal, ele amava Jimin na mesma intensidade há muito tempo atrás, mas nunca havia assumido para o outro seu amor, assim como Jimin pra Jungkook.

Assim foi feito, Kook sentou no membro do mais velho fazendo ambos soltarem um gemido uníssono. Começou a se movimentar lentamente em cima do outro tentando se acostumar com a grossura que praticamente o rasgava e fazia aquela região arder, o que na verdade era muito gostoso para ele. Após algum tempinho se movimentando lentamente em cima do outro, finalmente criou forças para conseguir "cavalgar" no mais velho que sorria ao escutar o barulho das nádegas do mais novo batendo contra seu corpo, aqueles sons era música para o ouvido dele.

 

— Fica de quatro. — Ordenou e assim o fez, Jeon estava completamente rendido à Jimin que estava adorando aquilo, teve o privilégio de olhar a bela cena da bunda de Kook empinada para si apenas esperando pelo membro do baixinho safado. Jimin pegou em seu pênis esfregando a cabeça no buraquinho de Jeon que rebolou correspondendo às expectativas, foi o suficiente para Jimin perder totalmente sua sanidade e meter com força dentro do outro, que gemia sem parar. Com uma mão Jimin masturbava o garotinho rendido por completo e com a outra segurava o lençol o esmagando entre seus dedos. Ambos estavam extremamente suados, seus cabelos grudavam em suas testas e suas pernas fraquejavam um pouco, mas nada que os fizessem parar.

Fizeram aquilo mais uma vez, até finalmente atingirem seus orgasmos propriamente ditos. Sentiram seus corpos entrarem num profundo êxtase, seus músculos se contraírem e o ar faltar ainda mais em seus pulmões. As batidas de seus corações eram descompassadas igual suas respirações. Eles estavam cansados demais para conseguir processar alguma coisa. Jimin saiu lentamente de dentro do Jeon e tirou sua camisinha gastada de seu membro, que ainda pulsava energizado após transar duas vezes seguidas. Deitou ao lado de Jeon que estava de bruços mostrando sua bela bunda avermelhada por conta dos tapas dado na mesma. Suas mentes imploravam por mais, entretanto seus corpos pediam descanso.

— Vamos tomar um banho? Estamos bem grudentos. — Jimin fala após alguns longos minutos de silêncio, enquanto ambos tentavam recobrar as suas consciências

— Por que não, Park Jimin? — Fala sedutor piscando para o baixinho que sorriu ladino indo em direção ao banheiro juntamente com Jungkook. Tudo larecia normal até certo ponto, mas ambos sabiam que nada ia ser do jeito que era antes e eles não sentiam medo daquilo, porque agora os dois sabiam dos sentimentos alheios, o que era deveras reconfortante.

Jimin sorria igual bobo, pensando que de todos os seus aniversários, aquele fora o melhor até agora.


Notas Finais


E AÍ O QUE ACHARAM? AHSUHAUSHSUS
Não sei se ficou bom, faz muito tempo que tô enferrujada.
Vocês podem dar sugestões de OTP's que cs vão querer ver nos próximos hots aqui nos comentários, sou aberta à qualquer shipp, tá bom?
Link dos meus outros hots:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/dois-irmaos-sozinhos-em-casa-5598124
.
https://www.spiritfanfiction.com/historia/daddy-markson-10058065
.
https://www.spiritfanfiction.com/historia/markson-um-mundo-mais-colorido-5390814

Views em "EGO" pelo amor de G-dragon, meu utt arrasou completamente!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...