1. Spirit Fanfics >
  2. Meu primeiro amor - Imagine Mark Tuan >
  3. Eu sou somente sua

História Meu primeiro amor - Imagine Mark Tuan - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Vortei sksksk

Capítulo 4 - Eu sou somente sua


Fanfic / Fanfiction Meu primeiro amor - Imagine Mark Tuan - Capítulo 4 - Eu sou somente sua

Lisa se arrumava rapidamente depois de me "arrumar", diz ela que parecia que eu era uma criança e não uma adulta e a festa que a gente iria ir era de pessoas mais velhas.

Ela fez uma maquiagem forte mais não de mais,diz ela que realça meus olhos e me deixa "sexy" pra completar ela alisou e fez cachos em meu cabelo.

A roupa ela quis regaça, fiquei duas horas falando que não queria vesti um vestido,mas ele como sempre consegui oq queria, um vestido preto acima do joelho e com uma fenda na lateral,bem chamativo né? E pra completar uma salto alto preto.

Não tô detestando, a Lisa quer ser consultora de moda e ela manda bem nisso, eu to gostosa pra caralho,mas não e o meu estilo.

Lisa já tava pronta, então chamamos um Uber,com certeza vamos beber e volta de carro não é a coisa certa a se fazer.

Esperamos até que o Uber chegou,e eu tive que aguenta Lisa dando encima do moço que era até muito lindo kkk

Chegando no tal lugar,que demorou uma eternidade, o lugar estava realmente muito cheio,era gente já largada no jardim da frente, gente se drogando em alguns lugares.

Lisa vai a muitas festas assim, e ela conhece quase todo aqui,e enquanto entravamos na festa ela comprimentava várias pessoas.

Já estávamos dentro da casa,eu olhava ao redor até que avistei uma coisa que eu não queria vê,Mark estava ali... beijando uma garota.

Eu sinto como se o meu coração estivesse parando, como eu pensei que eu poderia ter uma chance com ele? Eu sou e muito idiota.

Fiquei tanto tempo olhando eles que nem percebi que agora ele me olhava, desviei o olhar e fui até a cozinha pega uma garrafa de cerveja.

Eu andava tão distraída que acabei esbarrando e derrubando a cerveja em alguém.

S/n- Me desculpa,eu não vi você- Falei tímida, olhando pra pessoa a minha frente e mds que menino lindo.

??- Não tem problema, acontece isso direto- Ele sorria pra mim,e que sorrisso.- Meu nome Park Jinyoung,mas pode me chamar de Jinyoung, posso saber o seu nome?

S/n- Ah desculpa, meu nome e s/n, e um prazer conhecer você Jinyoung.- Eu estava sem graça, e eu so fico assim com o Mark.

Jin- Nome tão lindo quanto a dona.- Eu tô me derretendo por um garoto que acabei de conhecer.

S/n- Obrigada,você também e lindo... E quer dizer o seu nome,o seu nome e lindo.- Nesse momento eu devo estar parecendo um pimentão.

Jin- Então eu não sou bonito?- O garoto e abusado mds.

S/n: Não e isso que eu quis dizer...- Eu tô morrendo aqui.

Jin- Eu tô só brincando, e que quando eu to perto de meninas lindas eu fico com vergonha e fico fazendo palhaçada e....

??- Essa tática e antiga Jinyoung,com ela você vai ter que usar coisa melhor.- Olhei para trás e vi Mark olhando o Jinyoung com uma cara nada boa.

Jin- Ei Mark não corta meu barato skks,essa e a...

Mark- Eu sei quem ela é,eu sei muito bem quem ela é.- O que tá acontecendo com você Mark? Tava agarrado com uma menina ali agora, e do nada vem falando desse jeito.

Jin- Você tá com ele s/n?

S/n- Eu n...

Mark- Sim ela tá comigo.

S/n- Eu to?

Mark- Agora tá.- Nesse momento Mark me puxou me levando pra fora da casa até uma varanda, ele parou soltando meu pulso.- O que você pensa que tá fazendo aqui?

S/n: Eu disse que não ia ficar em casa, falei que ia sair.

Mark- Aí você me segue, e vem vestida assim?- Mark estava jorrando ódio dos olhos, nunca tinha o visto assim.

S/n- Eu não te segui,eu vim com a Lisa, e o que tem de errada com o jeito que eu me visto? Não gostou?- Ele me olhava agora surpreso, olhou para o decote em meus seios e depois para as minhas pernas, suspirou e passou a mão nos cabelos bagunçando eles.

Mark- Você não vê que tem mais pele a mostra do que coberta? Você não percebe que todos os homens estão te olhando? VOCÊ NÃO PERCEBE QUE E PERIGOSO?- Eu me assustei, ele realmente tá com raiva, mas ele não manda em mim.

S/n- Eu sei me cuidar,deixa eles me olharem, só vão ter esse prazer,o corpo e meu e eu faço o que quiser, e vc e quem pra falar como eu devo andar?- Eu não devia brigar com ele,mas eu já tô estressada a um tempo.

Mark- Eu sou seu melhor amigo, você e como uma irmã mais nova pra mim,e por isso que eu me preocupo, e você sempre vai estar em primeiro lugar pra mim.- ódio, que garoto mentiroso.

S/n- Eu tô em primeiro lugar? Então me explicar o que você fez hoje mais cedo? Preferiu vir pra cá e ficar beijando sei lá quem ao invés de ter ficado comigo.- Eu estava chorando? Merda, odeio chorar quando estou com raiva, e ele ainda fica me olhando com essa cara de surpreso,eu só faço merda.

Mark- Pequena? Você ta com ciúmes?- Porcaria, oq eu falo agora?

S/n- Não,por que eu teria?- Pq eu gaguejei?

Mark- Você tá com ciúmes,mas por que? Você nunca ligou pro fato de eu ficar com algumas garotas.- Realmente,eu nunca liguei,só que agora eu gosto de você idiota.

S/n- Não e ciúmes, e só por que você me trocou por ela.- Agora eu estava fazendo graça, ou ele ia se sentir culpado ou ia achar fofo e iria me abraçar.

Segunda opção.

Mark me abraçou e rui me apertando mais,ele se afastou um pouco, e eu fiz a maior merda, por  que eu eu virei meu rosto.

Ao virar meu rosto,senti mesmo que por um curto momento os lábios quentes e macios do Mark em minha boca,o que era pra ser um beijo carinhoso na bochecha acabou se tornando um furacão no meu estômago.

Em um movimento brusco Mark me soltou me olhando perplexo.

S/n- M-me desculpa, eu não fiz por querer.

Mark ainda me olhava,só que agora estava mais calmo,até que ele se aproximou e me empurrou na parede colocando seus braços ao lado da minha cabeça.

Mark- Me desculpa.- Ele falou logo me beijando. Eu me senti em uma cena de Dorama, fazendo aquela cara de tacho e sem fazer absolutamente nada, mas aos poucos fui cedendo, fechei meus olhos e apreciei a boca macia dele na minha, coloquei minhas mãos em sua nuca puxando os cabelos existentes ali.

Ele pediu passagem com a língua e eu cedi, agora o beijo estava mais quente, as mãos dele desciam pelo meu corpo e apertavam a minha cintura. Eu queria ir pra outro lugar, queria ter ele só pra mim.

Arranhei sua nuca, fazendo ele se arrepia e soltar um suspiro entre o beijo e então ele parou... Por que Deus? Por que o e bom sempre acaba?

Mark- Ela já foi embora?- Oq? Olhei para onde ele estava olhando e não tinha nada.

S/n- Quem já foi embora?- Eu realmente não tava estendendo.

Mark- Uma garota,desde que eu fiquei com ela uma vez ele não desgruda do meu pé.- Ele ainda olhava, verificando se ela estava ali.- Desculpa pequena, mas te beijar foi a forma mais rápida de fazer ela sair daqui e foi a única que eu consigui pensar.- Ele beijou sou pra afastar ela? Ele me usou.- Mas até que você beija bem anã, muitoo bem mesmo.- Ele sorriu pra mim, e saiu dali me deixando parada e perplexa.

Ele só me usou? Não significou nada pra ele? Como ele pode fazer uma coisa dessa? Eu sou muito trouxa, sempre acho que pode ter alguma coisa entre nós dois, eu sou a única que pensa em nós dois juntos, eu sou a única que sempre sai machucada.


Notas Finais


O capítulo tá bem ruim hoje, eu não bem de saúde e não tava conseguindo pensar nas coisas, então me desculpem qualquer coisa e erro.



Eu esqueci de comentar,vou deixa outra fic minha aqui caso queiram vê,ela tá no meu perfil principal e ela já tá acabanda


https://www.spiritfanfiction.com/historia/eu-nao-gosto-de-voce-11127995


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...