História Meu primeiro beijo (Namjin) - Capítulo 74


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Kim Namjoon, Kim Seokjin, Namjin, Romance, Universo Alternativo, Yoonseok
Visualizações 214
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura e se puderem olhar as notas finais eu agradeço 💜 (é importante)

Capítulo 74 - Caos


Kim Seokjin

 

Estou na casa de Namjoon, a televisão está ligada em um desenho animado que não reconheço.

Ao meu lado Yoonjun ri copiosamente, como se aquela imagem fosse a mais engraçada de todo o universo.

Sua risada é alegre e seus olhos estreitam-se pelo esticar dos seus lábios cheinhos.

Ele parece feliz e.... em paz.

Sua roupa é toda em cores claras, suas pernas pequenas no sofá mal tocam o chão e suas mãos levemente rechonchudas seguram a barriga.

Encaro-o com um pequeno sorriso e passo a olhar a estampa de sua camisa. Observo os lírios brancos que estão ali, lembrando que essas flores simbolizam inocência e pureza. Tudo que representa este menino.

Por algum motivo lágrimas começam a cair de meus olhos e não consigo conte-las. O sorriso que antes estava na face de Yoon de repente se apaga e sua expressão muda para um completo desespero.

Tudo começa a desabar e não consigo me aproximar para puxa-lo.

Meu peito aperta e sinto-o cada vez mais distante. A poeira cobre meus olhos e tudo fica escuro.

 

- YOON ME DESCULPE! YOON! EU NÃO CONSEGUI SALVA-LO, EU NÃO CONSEGUI...

 

Tudo fica claro novamente e percebo os braços de Namjoon envolta de meu corpo ensopado pelo suor.

Minha respiração está rápida e meus músculos tremem como se tivessem me jogado em um grande copo de liquidificador.

 

- Ei Jinie calma! Eu estou aqui...

 

Nam diz apertando-me e dando um selar em minha testa molhada.

 

- Eu não o salvei.. eu não consegui..

 

- Está tudo bem Jinie.. vai ficar tudo bem.. foi apenas um pesadelo.. ok?

 

Eu só conseguia pensar que nada estava bem e que agora tudo em mim é um completo caos.

O fato de estar na casa de Yoongi, sentado em seu sofá, só piora tudo.

Depois que acordei no Hospital e recebi a notícia sobre Yoonjun, passei a me sentir culpado e muito mal por ver o estado de seu irmão. Não consigo encarar Min de frente e lhe dizer qualquer palavra.

Parece tão errado quanto está aqui em sua sala vivo e agarrado a quem amo e ele não poder ter seu irmãozinho junto de si, simplesmente porque falhei..

Apesar dele não falar nada ou ao menos me colocar para fora, sei que sua dor é tão grande quanto a minha..

 

Balanço a cabeça em positivo para Namjoon.

 

Ele tem sido muito gentil comigo desde o momento em que meus pesadelos começaram e se mantém ao meu lado sempre que possível, demonstrando ser a pessoa que passei a acreditar que seria.

 

- Você quer um pouco de água?

 

Ele diz assim que eu paro de tremer e parece seguro o suficiente me deixar ali sozinho.

 

- Hum hum. 

 

Murmuro para si secando as lágrimas de meus olhos.

 

Nam se remexe na poltrona e levanta indo em direção a cozinha.

 

Ajeito-me no lugar e passo as mãos em meus fios bagunçados, respirando pausadamente para aliviar o caos em meu coração.

 

Fecho os olhos e tento me concentrar em coisas que me tirem este sentimento, eu não posso cair, não aqui pelo menos...

Ousso barulho de passos e penso que Namjoon havia voltado.

Ergo a cabeça, porém não é o dono das covinhas mágicas que vejo, mas sim o dono daquela casa. Min Yoongi.

Ele está mais magro, tão pálido quanto o natural, com olhos fundos e olheiras negras que revelam suas noites mal dormidas. 

 

- Oh!

É só  o que eu consigo dizer para si.

Na verdade fico surpreso em vê-lo fora de seu quarto naquele horário.

Yoongi ficava mais em seu quarto e pouco aparecia, não estava indo a escola e Hoseok  que levava os trabalhos para ele fazer, mas provavelmente ficaria reprovado por falta. Ele se tornara uma pessoa de hábitos noturnos, trocando o dia pela noite, "dormindo", ou tentando ao menos, pela manhã e passando as noites em claro olhando para o teto, foi o que meu amigo me contou.

 

- Eu não sabia que você estava aí..

 

Ele diz  sem me encarar.

 

- Eu...

 

Nam surgiu em meu campo de visão com um imenso copo de plástico.

 

- Já estou de saída.

 

Min diz dando meia volta e subindo as escadas.

 

- Acho melhor eu ir embora..

 

Digo levantando e passando por um Namjoon que tinha uma expressão de dúvida no rosto.

 

- Por que? Tome a água pelo menos..

 

- Não precisa amor.. eu ligo para você mais tarde.

 

Dou-lhe  um selinho nos lábios, pego meu casaco atrás da porta e sem dizer mais nada vou embora.

 

O caos toma conta de mim novamente.


Notas Finais


Baseado na pequena votação que fiz ontem, liberei o capítulo de Seokjin hoje, porém percebi que vocês estão curiosos também sobre o Kook e o Tae, então os próximos capítulos serão sobre eles respectivamente.
Obrigada (o) a quem comentou 💜
Ps: sobre aquela enquete que fiz no tt @RJMPB , quem votou, a resposta não é Kim Seokjin, apesar de ter algumas semelhanças, não é ele kkkk, pensei que vocês iriam acertar de primeira..
No mais, até a próxima e obrigado (a) desde já pelos favoritos, apoio e comentários.
Ah! Não estou respondendo os comentários pelos mesmos problemas de sempre, mas leio todos 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...