História Meu primeiro e único amor (Taekook) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, J-hope, Jungkook, Kai, Personagens Originais, Suga, V
Visualizações 94
Palavras 932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


(Se tiver algo de estranho no capitulo vcs me falem tabom? porque eu não vi como o capitulo ficou)
Eae galera tudo bom????

Capítulo 4 - Não acredito.


Logo chegando em casa, fui direto para o meu quarto, me sentei na cama e coloquei as minhas mãos sobre o meu rosto. Tentei entender porque agi daquela maneira, estava tudo confuso. 

Estava tudo desorganizado em minha mente, apenas tirei as mãos de minha face e bufei deitando na cama, alguma coisa estava errada dentro de mim. E eu precisava saber o que era.

Dia seguinte 

Acordei com a luz solar ultrapassando as cortinas, atingindo meu rosto. Me virei de lado, mas nao adiantou nada, o sol havia levado o resto de sono que eu tinha, limitei-me a procurar meu celular para ver as horas, com certeza era muito tarde, me sentei na cama encostando meu corpo na mesma.

Cocei meu olhos de uma forma muito preguiçosa, virei de lado, colocando meus pés no chão, procurei por minhas pantufas, mas as mesmas não estavam lá, me segurei no coxão e levantei, assim que ia dar um passo para andar, o telefone da sala toca, não liguei, pois meus pais iam atender.

Fui em passos lentos até o guarda-roupa, abrindo a porta pegando um short e uma camisa, logo em seguida peguei a toalha de fechei o armário, e o telefone tocando, passei pelo corredor em silencio, se um grão de arroz caísse no chão, o mesmo, iria fazer um barulho, e o telefone tocando.

Me irritei e fui atender.

{- Alo.

- Alo, eu gostaria de falar com o senhor Jungkook.

- Sou eu, pois não.

- Sou da escola mundial de Seul, recebemos uma ocorrência, que um menino chamado Jeon Jungkook, estaria morando aqui, recebemos suas notas, e elas sao muito boas, queremos saber se queres entrar para a escola? 

- Er... eu não sei a resposta correta e...

- Fique tranquilo, você tem até amanhã para retornar e dizer sua resposta, pois essa escola e conhecida mundialmente, só entra nela, quem tem uma inteligência suprema.

- Uau..Vou falar com meus pais, e ja retorno 

- Ok, e Jeon...

- Eu 

- Pense bem. }

Meu Deus, eu, euzinho, entrar em uma escola dessa, ai meu Deus, eu preciso falar com meus pais.

Saio correndo pela casa e não encontro ninguém, que estranho, foi onde eu parei de andar e pensei. Meus pais iam começar a trabalhar hoje, meu santo Deus como eu fui esquecer.

Fui ao banheiro e tomei um banho demorado, e logo sai, me vesti e fui comer algo que preste. Sentei no sofá e liguei a televisão e fui assistir algo, estava tudo tão entediante, que meu Deus. Foi ai que ei lembrei que o Hoseok não tinha aula, pois nem começou ainda, entao resolvi mandar uma mensagem para ele.


Mensagem on:

 

You

Hobiiiii, cade vc?


Visualizado as 10:27 


Flor do meu jardim

Kooooook, tudo bom?


Visualizado as 10:27

You

Ah, to indo né...E vc o que faz?


Visualizado as 10:28


Flor do meu jardim

Eu to conversando com uma pessoa aqui.


Visualizado as 10:28


You

Por que demorou a responder?

E que pessoa?


Visualizado as 10:29


Flor do meu jardim

Ouch Jeon, eu só demorei um minuto. 


Visualizado as 10:29


E vc vive dando vácuo nas pessoas, só nao ta dando agora, porque deve ta sem nada para fazer.

E para de ser curioso. Rum.


Visualizada as 10:30 


You

Rum eu que digo.

E que mentira, eu não dou vácuo em ninguem.

Fala logo com quem vc esta conversando 

E eu nao sou curioso

Hobiii, fala logo

HoseoK

JUNG HOSEOK 

É assim, entao ta bom.


Mensagem Off 


É, fazer o quer, vou ler um pouco.


10:57 PM

Para algumas pessoas, ficar sem os pais em casa é top, mas para mim não, Bom eles acabaram de chegar e falaram que depois do jantar tinham algo importante para falar, apenas dei de ombros e fui tomar um banho, coloquei meu lindo pijama e fui para a cozinha jantar.

Estava um silencio maravilhoso, ate meu pai falar, quando o mesmo tinha acabado de comer. Foi ai que eu me lembrei da ligação da escola, mais depois eu falo com a minha omma.

- Jeon...

- Sim appa. 

- Eu e sua mãe, não gostamos de deixar você sozinho aqui em casa, pois acabamos de mudar. 

- E não sabemos se é seguro, porque você ainda não começou a estudar. -Diz minha omma.

- Sim.-Falo, a onde eles querem chegar?

- Então decidimos que você vai para a empresa conosco. 

- O QUE? 

A não não não não, me diz que é um pesadelo.

- Eu sou jovem demais para trabalhar. -Digo indignado.

- Calma filho. -minha mãe diz.- você não vai trabalhar, você vai ficar apenas la, sentado no sofá. -Fez uma cara de tédio 

- É, e você irá poder conhecer a grande e famosa empresa de moda dos Kim's -Meu pai completou.

- E então, meu amor? -pergunta minha mãe 

- Não sei...

- Sabe sim senhor, você vai e pronto, não vou te deixar ficar sozinho aqui em casa. -Diz minha omma se levantando, colocando os pratos em cima da pia. 

- Então por que perguntou? -falo baixinho, minha mãe é estranha, uma hora ta amorosa outra hora ta' brava, coitado dou meu appa.

- O que disse? - Ela perguntas se virando para mim, com uma sobrancelha arqueada.

- Nada nada. -Digo.

- Então vai dormi, porque amanhã você vai acordar cedo. -Finalmente meu pai diz algo

- É, boa noite filho. -Não estou falando que minha mae é doida?

- Boa noite. -Digo e vou para o meu quarto. 



Tiro minha pantufa, EU ENCONTREI ELA, minha omma tinha pegado. Me deito na cama e me cubro, pois o inverno tá chegando. Abraço a um travesseiro e penso.



Vou ter que ir aquela empresa novamente, todos os dias, até começar as aulas. Eu acho que eu nunca vou pedir tanto a Deus, para que as aulas comecem.



Não acredito que eu vou ter que ver aquele Kim não sei o que, que merda.






  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...