História Meu PrimoMarido (O começo) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Anjos e Demônios, Bangtan Boys (BTS), Os Instrumentos Mortais
Personagens Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Abby, Casper, Henry, Hermione, Katrina, Margot, Meuprimo/marido, Min Yoongi, Naomi
Visualizações 43
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Meu PrimoMarido (O começo) - Capítulo 1 - Prólogo

— Se me lembro bem estávamos na

Ancara(Turquia),certo? — Margot entretida em ver as lembranças do passado nem ao menos respondeu a pergunta que sua irmã tinha feito.

— Você tinha apenas cinco anos, talvez não lembre de muita coisa. — A mesma completou.

— Querida Naomi, apesar de minha pouca idade naquele tempo inesquecível, eu me lembro de algumas coisas até por que eu tenho apenas dezesseis anos, não passou tanto tempo assim. —Margot parecia ter ficado um pouco irritada por sua irma ter insinuado que a mesma tinha envelhecido. — Se passaram onze anos Margot, você sabe o que são onze anos? — Naomi falou um pouco alterada. — Sim, óbvio que eu sei Naomi. —Margot fechou o grande livro que continha fotos da família e o guardou antes que sua irmã mais velha dissesse alguma coisa. — Eu adoraria que aquele tempo voltasse, a Margot daquele tempo era mais obediente. —Margot riu do que Naomi tinha falado. — Crianças, o senhor Henry está esperando as duas lá na sala. — A senhora Abby apareceu na porta e logo Margot e Naomi desceram para ver o que seu pai queria. — Papai. — Margot correu para abraçar o mesmo. — Olá querida, como foi seu dia minha filha?

— Talvez seu pai tivesse mesmo interessado nisso mais seus olhos diziam outra coisa. — Foi ótimo e o seu? — Margot não tinha muito interesse em saber como foi o dia do mesmo. Apenas perguntou por educação. — O meu? O mesmo de sempre, trabalhos e mais trabalhos. — Naomi riu e a atenção do senhor Henry foi toda para a mesma. — E você Naomi nem ao menos me conprimentou. — O mesmo falou um pouco chateado. — E nem irei. — A mesma deu meia volta e voltou para seu quarto. — O que deu em sua irma Margot? —Margot ficou chocada com a atitude de sua irmã. — Bom meu pai, eu realmente não sei. — Tudo bem Margot, eu falo com a Naomi depois. — O mais velho se retirou sem falar mais nada. Deixando Margot sozinha naquela sala enorme. — Odeio ficar sozinha. —Margot bufou irritada. — Mais você não esta sozinha. — Casper um de seus primos apareceu na porta da cozinha. — Casper, o que faz aqui? — Margot perguntou surpresa e o mesmo riu. — Bom te ver também. — Margot o encarou por alguns segundos. — O que foi? — Casper perguntou meio envergonhado. — Nada, você esta bem diferente. — Margot falou meia sem jeito. — Ah, e isso e bom? -Casper perguntou se aproximando da mesma. -S-sim. — As palavras estavam todas embaralhadas na cabeça de Margot. — Tão tímida... tão indefesa... estou louco por você agora. — A mão de Casper logo se direcionou a coxa de Margot. — N-não p-podemo-s. — Margot falava com certa dificuldade. — Porque n... — Casper foi interrompido pela voz de seu tio Henry que o chamava. — Droga tio, logo na melhor parte, não se preocupe querida Margot eu vou terminar o que eu começei. — O mais velho beija Margot e sai deixando um clima tenso no ar. — Droga o que eu acabei de fazer, pior o que eu deixei ele fazer. — Margot resmungava para si mesma. — Querida você está aí. — A senhora Katrina chamou por ela. — Sim mamãe o que houve? — Nada querida eu apenas tenho algumas coisas a tratar com você. — Logo Margot sentiu seu coração acelerar. — Ok mamãe. — Katrina subiu de volta e Margot seguiu a mesma até seu quarto. —Vamos entre. — A mesma fez o que sua mae tinha mandado. — Bom eu não sei como explicar. — Katrina parecia um pouco aflita e angustiada. — Diga tudo, desde começo —Margot estava confusa e um pouco irritada com sua mãe que não parava de andar de um lado para o outro. — Eu e seu pai fizemos algo para o seu bem...— "Então se e para o meu bem porque tanto receio de falar do que se trata?" pensou Margot —Então me diga já estou começando a ficar com certo medo. — Margot falou tentando fazer sua mãe falar. — Você vai se casar. — Sua mae falou sem mais rodeios. — O QUE? —Margot levantou se da cama onde estava e deu um pequeno chilique.

— E isso mesmo que você escutou, você irá se casar. — Katrina mantinha sua pose de superior e durona mais tudo o que ela queria era abraçar sua filha e dizer que tudo iria ficar bem. — Mais mãe, eu tenho apenas dezesseis anos. — Margot falou com a voz falha por tentar conter o choro.

— Quer saber, que se dane seu pai eu realmente não quero que você se case, não agora. — Katrina abraçou Margot que logo desabou no choro.

— Mais então por que a senhora não impede isso tudo? — Por que seu pai não me ouve, não mais como antes. — Margot secou suas lagrimas e criou força para perguntar. — E com quem eu irei me casar? —Margot perguntou pedindo que fosse alguém como Casper. — Com seu primo Min Yoongi. —Margot ficou ainda mais triste pois ela sabia que a diferença de idade era um pouco grande. — Mais ele e bem mais velho que eu.

— Margot ficou indignada. — Eu sei filha...— Katrina parou de falar após escutar um barulho na porta e logo a mesma ser aberta por Henry. — Tão querida conversou com ela? — Henry perguntou a Katrina que concordou. — Ótimo,eu fiquei sabendo que ele chega amanhã. — Completou o mesmo. — Mais já?— Katrina perguntou surpresa. — Sim, ele está muito ancioso para conhecer a Margot. — O mesmo respondeu feliz.

— Espera, a Margot vai se casar?

— que falta de educação Naomi, você sabe que não pode escutar atrás da porta. — Katrina falou irritada. — Foda-se a educação e não muda de assunto. — Sim Naomi a Margot vai se casar com o Min Yoongi. — Henry respondeu orgulhoso. — Mais ela e apenas uma criança, ela tem apenas dezesseis anos. — Naomi falou brava. — Idade não importa Naomi. — Henry mudou totalmente a expressão de feliz para irritado. — Bom, temos que ir descansar, amanhã sera um longo dia. — Margot saiu do quarto deixando Katrina, Henry e Naomi sozinhos...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...