1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Professor de Educação Física >
  3. Número privado

História Meu Professor de Educação Física - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - Número privado


P.O.V S/N

Faz dias que eu encontrei a caixa de cigarro no quarto de valentina e ainda não falei com ela sobre isso decido que hj é o dia em que vou tomar coragem de falar ou perguntar a ela sobre isso

Bato na porta do quarto de valentina que logo a abri e me da passagem para entrar 

Valentina- o que foi?- pergunta me observando confusa

Abaixo a cabeça e respiro fundo e a olho séria 

S/n- quando é que vc iria me falar que voce fuma

Ela me olha surpresa 

Valentina- como descobriu?

S/n- no dia em que Lucas chegou ,eu vim pegar a caixa que você tinha deixado pra mim então eu vi a caixa de cigarro caida no chão 

Valentina- nao conte para ninguém por favor - fala se sentando do meu lado da cama

S/n- eu não conto nao se preocupe eu nao conto , mas diz , por que você fumando eu na verdade nao pensava em voce fazendo isso

Ela suspira e abaixa a cabeça

Valentina- na verdade dps que eu começei a trabalhar no bar eu ...tipo...mudei um pouco, começei a fazer coisas que você nem imagina- a olhei meio confusa- eu quero dizer , é que ...tipo...ah eu nao sei explicar

S/n- tudo bem mas nao esconda tudo dos outros, você sabe que nao pode só ficar contando pra mim tudo né 

Valentina- eu sei - ela me olhou rápido que eu me assustei- você nuca mas me falou sobre voce e Rafael 

S/n- ah..eh..que sabe eu estava muito ocupada e tals

Valentina- aham sei, me conta logo que ta aconacontecendo

S/n- eu estou... Quero dizer....nós estamos namorando

Ela abriu a boca e depois deu um sorriso largo 

Valentina- nao acredito serio?

Balanço a cabeça afirmando

S/n- nao pode contar a ninguém 

Valentina- você acha que eu sou doida de contar isso, voce sabe que se descobrirem ele pode ser preso né 

S/n- eu sei e por isso voce nao pode abrir um piu sobre isso

Valentina fecha a boca e para de respirar e começo a rir sendo seguida por ela

****

P.O.V RAFAEL

Estou no meu escritorio da escola vendo os papeis de cada aluno para ver quem se sai melhor nas aulas 

Chego no papel de s/n e fico olhando muito a foto dela , percebo a porta se abrindo e vejo a diretora

Rafael- em que eu posso ajudar?

Diretora- em nada, é porque eu tinha visto a luz acesa então vim para ver se o senhor ainda estava aqui

Rafael-é pois estou , nao se preocupe ja ja saiu 

Diretora- parece que esta vendo o percentual dos alunos

Rafael- sim- olho para a folha de s/n e a diretora chega mais perto

Diretora- essa menina me surpriende- alenvanto a cabeça para olha-lá - ela se sai muito bem em todas as matérias na verdade ela e os amigos dela , mas algo me encomoda 

Rafael- o que lhe encomoda?- falo confuso 

Ela coloca a mao no queixo 

Diretora- alguns alunos a olham com um olhar de rivalidade,  eu nao tenho duvidas que várias coisas podem acontecer esse ano pelo fato dela ser a filha de uns dos homens mais ricos da Coreia e do brasil e dos estados unidos , o irmão dela veio alguns dias aqui e falou tudo o que seu pai queria falar

Rafael- irmão? 

Diretora- sim o irmao dela, veio aqui nos dizendo varias coisas eparece que ele vai nos dar alguma coisa dizendo sobre a proteção da s/n e dos outros mas ainda sim vários alunos ja estao desconfiando de algo como o tipo colocaçao ela e os outros são 

Rafael- a senhora disse que o irmao dela veio aqui mas ele falou algo?

Diretora- claro que falou , ele disse que o pai dele disse que se continuar assim com esses perigos e outras coisas eles vao tirar ela e os outros daqui 

Abaixei a cabeça paralizando total mas logo sai do transe quando a diretora continuou

Diretora- mas o que mais ele disse foi que nao so tiraria ela daqui como iria voltar para a Coreia, parece que ela veio para fazer o ensino medio e depois iria para oxford pelo menos tentaria ir pra lá 

Isso foi como um gatilho para mim que nao acertou so o meu peito mas em cada parte de meu corpo

Diretora- eu ja vou , nao saia tão tarde entendido- confirmo e ela sai

Fico olhando os papeis ainda mas ainda estava pensando sobre o que a diretora falou 

Termino e guardo os papeis e pego minha bolsa e coloco meu celular no bolso e saiu , vou chegando no carro , quando ia abrir o carro sinto meu celular tocar e pego vejo que é um numero privado atendo

Rafael- alô 

Xxx- acho que nao sabe quem é nao é? 

Rafael- é um numero privado claro que nao sei

Xxx- voce gosta de jogos?

Rafael- eu ja perguntei quem é,  me diga logo

Xxx- você é apressado né mas eu nao posso dizer

Rafael- o que quer?

Xxx- acho que voce conhece esta menina nao é 

Sinto o celular vibrar e vejo que ele me mandou umas fotos da s/n

Rafael- o que voce quer com ela?

Xxx- quero que sai de perto dela ou eu falo para todos que voces estão juntos 

Rafael- e se eu nao sair o que vc vai fazer?

Xxx- eu ja disse mas se nao quiser eu posso matar ela , voce escolhe

Rafael- nao vou escolher nem um , e se voce tocar nela eu te mato

Xxx-  duvido, bem eu nao tenho tempo para conversar com voce então tchau

Rafael- ei não, ele desligou , quem será que era? S/N!

Entro no carro e ligo para s/n e começo a dirijir 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...