1. Spirit Fanfics >
  2. Meu professor de educação física. >
  3. Desculpa por desobedecer...

História Meu professor de educação física. - Capítulo 20



Capítulo 20 - Desculpa por desobedecer...


Fanfic / Fanfiction Meu professor de educação física. - Capítulo 20 - Desculpa por desobedecer...

Jungkook-

- porra é assim que me recebe? Poxa... Eu vi a luz sabia???? Quase abri a porta do céu, mais voltei para tu e por isso quer me matar?! Me senti ofendido.

- kkkkk tá tão assustado assim?

O abracei forte beijando seus cabelos.

- tá bom.

Nos fomos para o quarto então me deitei na cama o olhando com cara de deboche.

- oxiiiiiiii eu vou sair daqui sim! Tu num banda querido.

O olhei então abaixei a cabeça.

- tá bom... Você manda.

- amor... Quero transar.

Deitei na cama o olhando.

- faça meus pedidos?


Jimin

-Uhm...

Pego um papel começando a escrever

-Toma, você está proibido de fazer essas coisas até sarar.

O entrego o papel com algumas proibições.

-Agora, o que você quer para o almoço, sem ser alguma coisa saudável. Meu objetivo é te engordar.

Sorrio me sentando a sua frente.

 Jungkook-

- você tá tirando com a minha cara né jimin?

- tudo bem...

Empinei meu nariz o olhando.

- quero aquele x- burguer que só você sabe fazer, faz para mim? E outra coisa, posso ir na cozinha com você? Prometo que fico sentado na cadeira.

Ele negou.

- não posso sair da cama, não posso transar e não posso nem trabalhar! Quer tirar o que mais de mim? Meus filhos?

Eu queria chorar agora.

- já que eu não vou poder sair daqui, você poderia me dar meu notebook???? Ou um boquete?

 Jimin-

-Okay, eu vou te dá um boquete mas antes vou te dá a comida.

Falei saindo do quarto indo para cozinha, chegando lá comecei a preparar o x-burguer que ele me pediu.

(...)

-Aqui também trouxe a Coca-Cola e um pedaço de bolo.

Na verdade, eu parti um bolo no meio e lhe entreguei, deveras exagerado. Mas é isso que sou, exagerado.

- Se você comer isso tudo, eu te dou um boquete.

Me sentei na sua frente o olhando

-Vai, começa a comer meu amor

 Jungkook-

- obrigada amor...

Olhei o pedaço de bolo logo serei os olhos olhando para jimin.

- tu tá brincando comigo né? Amor... É muito bolo, eu nem gosto tanto de doce, eu posso comer só um pouquinho?

- eu prometo que como todo o lanche e a coca mais não gosto de doce... Você sabe.

Começei a comer o grande lanche em minha frente, estava tão gostoso! Aí que delícia!

Quando acabei o lanche tomei minha coca e comi um pedaço de bolo.

- nossa eu to cheio!

Sorri, fazia tempo que eu não comia tanto assim.

Tirei minha camisa olhando meu abdômen.

- eu gosto tanto de você, mais pode ficar tranquilo, eu vou manter esse corpo.

- pega meu notebook?

O que eu vou fazer? Vou trabalhar!

- e depois já vem para cá e começa a fazer meu boquete.

Jimin-

- Eu vou guardar essas coisas e já volto

Sorrio saindo do nosso quarto, lavei os pratos e voltei

-Aqui está seu boquete

Sorrio lhe entrando um boquete de flores

-Você mereceu por ter comido tudo aqui, ah!e aqui está o celular. Não vou te entregar seu Notebook. Adicionei outra regra, sem notebook e celulares.

Rio tomando o celular de sua mão

-Apenas terá que se entreter com a tv

Jungkook-

- vem que meu amor, que eu vou tacar isso aqui no meio da tua cara!

Fiz bico segurando o buquê.

- amor... Me dá? Por favor.

Falei abaixando minha cabeça começando as limpar aquelas belas lágrimas falsas.

- eu só quero um boquete... Você só mente para mim.

- poderia me dar pelo menos 3 cadernos? E lápis?

Eu não vou conseguir ficar parado aqui...

- não quero mais falar com você ok?

- pode se retirar do quarto, você não fica mais aqui! Não deixa eu fazer nada! Não me paga nem um boquete?

Jimin-

-Eu te paguei sim um belo boquete de flores....tadinha delas, são tão bonitas amor!

Sorrio me deitando na cama pondo minha cabeça em seu colo.

-Se tivesse se cuidando, nós poderíamos está fodendo bem gostoso agora mesmo. Você poderia ouvir meus gemidos...entrar e sair de dentro de mim.

Fiz um bico o olhando

-Mas tú ficou doente, olha... daqui uns dias não poderemos mais fazer isso né?minha barriga vai está bem grande então se você não melhorar logo, só podermos fuder quando tivermos nosso outro bebê.

Eu estava errado? não totalmente, daqui alguns meses seria o correto, mas quando fala de sexo até crise assas esse menino cria.

Jungkook-

- quem disse que eu estou doente park?

O olhei sério.

- se liga amor... Só to fazendo drama. Não estou doente de verdade! Surpresa!

Sorri nervoso para ele.

Meu pau? Tava duro, só com ele falando já me deixava duro.

Me levantei da cama com um pouco de dificuldade então fui para o banheiro fechando a porta.

(...)

- pronto...

Sai do banheiro voltando para a cama.

- não vomitei ok? Só fui bater uma.

Sorri para ele.

- agora me faz um vamos e me arruma esses cadernos?!

Jimin-

-Não.

Falei o olhando com as duas sobrancelhas levantadas como se fosse superior a ele.

-Eu só vou se você me der um beijo!

Fiz um selinho..mas ele não me deu, tudo bem, ele quem quer os cadernos.

-Woah... então morra de tédio, eu vou dormir.

Falei me virando e em enrolando

-Se você sair dessa cama eu vou saber, e comprarei um sinto de força ou uma camisa.

Me ajeito te abraçando

-Agora, boa noite

Mesmo estando de manhã

Jungkook-

- amor?

Balancei o menor, olhei para seu rostinho, começando a lhe encher de selinhos.

- amor? Vida!

Tanpei sei nariz, eu sabia que ele tava acordado.

- eu faço tudo o que quiser! Só me dá logo esses cadernos?

Eu estava prestes a chorar, cara! Eu estou triste... Como isso? Eu não aguento mais!

- por favor...

Se ele não fazer o que eu quero eu vou chorar.

- sabe jimin! Se acontecer alguma coisa comigo a culpa é sua! Eu vou ficar mais estressado se eu ficar aqui sem fazer nada!

Jimin-

Me sentei o olhando incrédulo.

-Você quem não me deu meu beijo para eu ir buscar seu caderno.

Me levantei saindo resmungando, um tempo depois voltei o entregando.

-Agora me deixe em paz!

Fiz um bico me deitando na cama o olhando

-Você quem deveria está cuidando de mim,eu quem sou o baby!

Falei arrancando a folha do seu caderno e o jogando para longe.

-Eu vou dormir agora, prometo

Assim que ele começou a fazer alguma coisa no caderno, arranquei novamente a folha.

-Agora é sério.

Sorrio fechando meus olhos me virando para o lado contrária

 Jungkook-

- tu é chato em...

Coloquei o caderno de lado, puxando jimin para deitar em meu peito então comecei a fazer carinho em seus cabelos.

- eu não quero te dar tanto trabalho... Eu quero cuidar de você amor, eu já estou bem... Não tenho nem dor!

Sorri para ele.

- eu juro que estou falando a verdade.

Aquilo era a pura verdade! Eu não estava sentindo nada.

- amor... Não quero que se esforce.

 Jimin -

-Eu vou te fuder se você continuar falando que está bem

Falei o olhando, então fechei meus olhos com um sorriso bobo no rosto.

-Eu gosto de cuidar de você, então demore mais tempo doente.

Rio fechando meus olhos e dormindo.

(....)

-Alô hobe?

Hb-Eu vou ser direto, as crianças podem ficarem aqui até o Kookie melhorar? aí você poderá cuida melhor dele.

- Podem ma-

Ele desligou o telefone na minha cara

-Woah...as crianças vão ficar lá, até você melhorar

 Jungkook-

Eu estava ali escrever... Só não me pergunte o que, se jimin souber que eu estou trabalhando só pelo os cadernos ele me mata!

- oque?! Por que? Jimin eles não meus filhos e eu já falei que não preciso de cuidados ok?!

- como que eu vou ver meus bebês agora?!

Fechei o caderno colocando na escrivaninha.

- não me olhe assim! Você pode ir para onde quiser, eu não! Você não deixa! Eu só quero meus filhos...

Me deitei na cama, me cobrindo por inteiro, até minha cabeça estava coberta.

- eu quero acordar! Por favor! Eu não gostei desse sonho!

 Jimin-

-Você estava desenhando amor?

Abri o carderno procurando algum desenho, mas o que achei me deixou bastante triste.

-Eu acho que terei que ligar para o cirurgião né?

Falei mostrando a ele seu trabalho, suspirei, ele não quer ser ajudado?beleza.

-Okay, se você diz que está bem, faça o que você quiser.

Falei deixando o caderno sobre a cama, logo peguei seu notebook e o entreguei.

-Trabalhe o tanto que quiser. Licença.

Falei saindo do quarto e fechando a porta, fui para sala e me deitei no sofá ligando a TV.

-Tch

 Jungkook-

- há mano que ódio!

Peguei meu notebook e o caderno colocando na gaveta ao lado da cama.

- agora ele tá puto comigo.

- JIMIN! ME AJUDA!

gritei mais o menor não veio... Ele deve estar muito bravo comigo.

- puta que pariu...

Me deitei na cama, logo pegando novamente o caderno tirando as folhas com cuidado e as deixando ali em cima da comida junto ao notebook.

- JIMIN AMOR?

vejo o menor vindo, eu acho que ele tá bravo.

- toma... Desculpa.

O olhei.

- não queria ter desobedecido você... Desculpa eu prometo que agora em diante vou usar o caderno no para desenhar.

 Jimin-

Eu jurei que o menino estava tendo um AVC, mas é só isso, pode voltar a bater coração.

-Não, eu não vou me incomodar com nada que você faça. A saúde é sua e a vontade também.

-Cole suas folhas e volte ao trabalho.

Falei fechando a porta e voltando para sala, eu não estava com raiva ou algo do tipo, eu estava na verdade decepcionado.

Eu estava dando meu melhor para cuidar dele e ele simplesmente, dando de ombros como se não fosse nada importante.

-Uh!

Falei começando a assistir o filme de terro que estava a passar em algum canal na tv.

Jungkook-

- nossa jimin...

Me levantei pegando as coisas abrindo a porta do quarto descendo as escadas colocando no sofá.

- desculpa te desobedecer... E agora eu estou te desobedecendo de novo, mais você sabe que é difícil para mim, eu não consigo ficar parado, mais vou tentar por você e pelos nossos filhos.

Me virei subindo as escadas me deitando na cama então liguei a tv colocando em uma série.

- é jungkook ti vai começa a morar aqui nessa cama.

 Jimin-

??????

??????

???????

??????

??????

???????

As interrogaçles ficaram infinitas, por que eu não entendi nada.

-Ele poderia ter mandando mensagem.

Suspirei me ajeitando no sofá, mas logo levantei indo na cozinha para pegar o remédio do Jungkook.

-Aqui, beba

Me sentei na borda da cama esperando ele terminar de beber o remédio



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...