História Meu Professor de filosofia - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


Larissa narrando:

 Mais um dia chato nessa escola. Hoje em especial, porque infelizmente vou ter que fazer a prova de recuperação bimestral de filosofia. Sério, qual o problema daquele professor, sempre insistindo em me dar notas baixas e me fazendo ser a única pessoa de todos os terceiros anos do meu colégio a ficar de recuperação.

 Ok, passar uma hora e meia sozinha na sala com aquele professor não é nenhum castigo, já que ele consegue ser uma das pessoas mais bonitas que eu já vi em toda a minha vida, mas porra, fazer prova a noite no colégio praticamente deserto é quase um saco quando se pensa que eu poderia estar em casa dormindo ou fazendo qualquer coisa mais útil.

O sinal para o intervalo tocou e eu e minha amiga Mharessa descemos as escadas no meio daquele bando de pessoas desesperadas por ar fresco. Era praticamente impossível conversar alguma coisa com tantas pessoas aglomeradas em volta, então a gente nem tentava. Quando finalmente chegamos no pátio e sentamos, eu suspirei.

 - Hoje eu vou ter que fazer a prova ( falei com a voz meio chateada) Claro que eu já estava acostumada, fazia prova de recuperação a cada dois meses. Mas mesmo assim eu ainda tinha esperanças de passar direto alguma vez. 

 - Eu não sei qual o problema o professor tem com as tuas provas, sério.
Seus textos não merecem as notas tão baixas que ele dá. ( Ela disse com a voz meio indignada)

 - Eu sei disso, mas atualmente o que eu menos quero é arranjar uma briga com ele e acabar levando notas mais baixas ainda. ( fiz careta) E eu já mostrei minhas provas para outros professores, mas eles dizem que não podem influenciar no método que o João me dá.

- Mais um motivo para eu achar ele muito injusto. É gostoso, mas é injusto. - Gargalhei com aquela frase. Mharessa tinha o poder de me fazer rir nas piores horas. - Tô mentindo? a beleza bateu e ficou nele.

 - Vdd..... mas então, como tá o Pedro amiga? ( perguntei do seu namorado, afinal, o que eu mais queria era mudar o assunto da minha nota.

 - Awn, esse final de semana nós fazemos oito meses ( ela disse com os olhos brilhantes. Eram nessas horas que eu via como minha amiga estava apaixonada.

 - Deixem de ser fofos (brinquei)
 Os vinte minutos do recreio passaram voando e nós tivemos mais três aulas naquele dia. Eu contava os minutos para chegar a hora de ir para casa e quando finalmente chegou, minha mãe já me esperava na saída. Ela me deixou na porta de casa e foi direto para o trabalho. Adoro quando minha mãe me dá essas caronas, porque ir a pé para o colégio era terrível e quase impossível.

Quando cheguei em casa, liguei para Mharessa e perguntei se ela podia vir me ajudar a estudar para a matéria da prova.

 Não ia adiantar muito estudar assim de última hora, mas eu fui avisada hoje dessa prova, talvez esse seja um dos motivos para eu nunca passar.

 Então no meu colégio funciona assim, o professor dá uns 8 a 10 temas e eu tenho que estudar pra escrever um texto de umas 6 linhas mais ou menos sobre o assunto, que era o mesmo das aulas que ele dava normalmente todas as semanas. Agora imagina estudar esse monte de coisa no mesmo dia da prova? Nem fazendo milagre.

 Nós passamos a tarde estudando e putz, eu nunca pensei que fosse ser tão difícil. Parecia que o professor fazia para complicar nossa vida. Mas no final das contas, consegui aprender alguns temas. Li por cima os outros assuntos mas já estava atrasada então corri para me arrumar.

Minha mãe chegou bem na hora que eu tinha terminado de me vestir e graças ao engarrafamento, cheguei no colégio atrasada.

 Não tinha quase ninguém lá, então eu saí correndo até o quarto andar onde era a minha sala. Quando cheguei o professor me olhou com cara de impaciente.

- Mil desculpas professor, mais eu fiquei presa em um engarrafamento com a minha mãe, não tive culpa. - Falei e quando percebi que ele estava mais próximo do que o recomendado de mim. Fiquei um pouco constrangida já que a fama dele com as aulas não é uma das melhores.

 - Que isso não se repita! - ele disse sério, com o corpo praticamente encostado no meu. Fiquei meio sem reação, seus olhos fitavam minha boca.

 Ah, seus olhos. Poderia passar horas só observando aqueles olhos castanho escuros. Quando eu podia sentir sua respiração batendo no meu rosto, me afastei.

 - Érrrr - disse nervosa. - Posso começar? Perguntei e ele assentiu me entregando a prova. Demorei um pouco para me concentrar, observando ele sentar e ouvir música em seu fone de ouvido.

Fiz a prova com muito cuidado e minha mão já doía de tanto que eu tinha escrito. Re-li tudo e fiquei bastante confiante com uma nota boa. Me levantei e entreguei a prova, mas quando estava para ir embora ouvi a voz do João.

 - Acha que vai tirar nota boa? (Ele perguntou e eu juro que quis mandar ele pro inferno)

 - Eu estudei, fiz com cuidado, com calma, então sim, não só acho que vou tirar uma nota boa, como eu tenho certeza que mereço uma nota boa. - Disse confiante um pouco grossa. Ele riu baixinho e eu não entendi muito bem sua reação. Ele se levantou e veio se aproximando de mim com um sorriso convencido no rosto. Eu me afastava mas teve uma hora que ele me encurralou.

 - Sabe Larissa.... eu adoro alunas marrentas. - Ele disse acariciando meu rosto. Eu sentia ódio mas ao mesmo tempo não conseguia desviar o olhar dos seu olhos. Como ele podia fazer isso comigo? Não se passava nem perto dos meus planos ficar com um professor.

 - Olha, eu sei que você pega a maioria das suas alunas, mas cara, não rola, daqui você não vai conseguir nada. - Eu disse mais calma do que eu realmente estava. Ele abriu um sorriso maior ainda.

 - Vc quem pensa! - ele me prensou contra a parede e colou seus lábios nos meus com força. Meu coração acelerou tanto que eu pensei que fosse ter uma parada cardíaca ou algo do tipo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...