História Meu professor de historia! - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Kim Nam-joon / Rap Monster
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Escola, Kim Namjoon, Rap Monster, Romance, Sexo
Visualizações 228
Palavras 2.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Preparem o coração meus amores!!!

Boa leitura ><

Capítulo 23 - De volta para casa!


Fanfic / Fanfiction Meu professor de historia! - Capítulo 23 - De volta para casa!

S/N ON

 

 

Mesmo sem confessar, eu estava chateada, eu de fato me sentia uma amante, eu e Namjoon nunca havíamos saído juntos depois que tivemos relação, e nós escondíamos isso de tudo e de todos, mesmo sabendo que tinha que ser naquele jeito, no fundo, eu só queria ter uma relação normal com ele...

 

[ quebra de tempo]

 

Omma: S/N?? Filha??

S/N: Sim Omma....

Omma: Pode ficar lá no mercado, por favor?!

S/N: Aconteceu alguma coisa com Liza??

Omma: Ela apenas não pode vir hoje querida!

S/N: Hmm....okay!!

 

Enquanto eu desperdiçava meu tempo na internet,  Tae e um outro moço entraram no mercado...

V: Pequeninaa!!!

S/N: Oie Tae!!

V: Esse é Hope, ele é nosso amigo!!! Hoseok essa é S/N

S/N: Nosso?? (Disse rindo)

JH: Prazer!!

S/N: Haa....Prazer Hoseok!!

V: Nosso....meu do Kook do Namjoon

JH: Haaa....então é essa que Namjoon ficou chamando aquele dia na festa??

V: A mesma!!

S/N: Que??? Que festa??

JH: A festa que kook deu a um tempinho ai....Namjoon bebeu mais do que deveria e ficou chamando seu nome a festa toda

Minhas bochechas coraram...

V: Não precisa ter vergonha não pequena!!! Hobi é nosso amigo a tempos!!

JH: Você parece ser uma boa pessoa S/N!!

S/N: Você também Hoseok!!

V: Você tem lamem??

S/N: Sim...quinto corredor!

V: Obrigado!! ......- ele vem ao caixa- Aqui...pode ficar com o troco!!

S/N: Obrigada! Tchau Tae, tchau Hobi!

-Até mais – disseram juntos!

 

Assim que saíram, Appa chegou, o mesmo parecia estranho e inquieto....

S/N: Esta tudo bem Appa??

Appa: Querida, preciso falar com você! Feche ai e va para casa por favor!

S/N: Okay!

 

Fechei o mercado o mais rápido que pude, e entrei na sala de estar, Omma estava chorando...e Appa estava com uma cara nada agradável....

 

S/N: Omma...Appa....O que aconteceu??

Appa: Queria, recebi uma carta hoje, uma carta e uma ligação!

S/N: De quem??

Appa: Sua mãe! Ela me pediu para entregar estar carta....

 

Quando abri a carta, meu corpo gelou, era uma passagem para o Brasil...

 

S/N: O que exatamente isso significa?? Eu não vou voltar para o Brasil...Eu não- Appa me interrompi

 

Appa: Sua mãe disse que, seu pai esta muito mal, ele esta internado e segundo o medico tem poucos dias de vida....

 

S/N: Mas como assim...o que ele tem??

 

Appa: Não diz na carta....Mas creio que ele esta doente.

 

E mais uma vez a vida estava me passando a perna, mais uma vez vi meu mundo desabar....

S/N: Mas....Eu...

Omma: Sinto muito querida (ela chorava desesperadamente)

S/N: Vocês não vão??

Omma: Isso demoraria muito.....E sua passagem é para as 22:00 horas de hoje...

S/N: O QUE???? QUER DIZER QUE EU VOU HOJE PARA O BRASIL??

Appa: Eu sinto muito querida!!

 

Subi para o quarto, e senti meu coração apertar no peito, eu não estava acreditando naquilo....E Namjoon?? Como iria contar pra ele??

 

.......

 

 

[ quebra de tempo]

 

 

Eu já estava no aeroporto, Appa e Omma já haviam se despedido de mim, eu já estava dentro do avião e ainda não havia conseguido avisar Namjoon... Então quando finalmente me acomodei no avião resolvi ligar pra ele ...

 

Chamada de vídeo on:

 

RM: Pequena??

S/N: Nam....eu preciso falar com você!!!

RM: Ham...Eu também pequena!!...Mas, tem que ser pessoalmente e....Ei espera ai..você esta dentro de um avião ou é impressão minha?

Assim que ele disse isso, notei que alguém estava atrás dele....

S/N: Tem alguém ai com você??

RM: S/N....Você esta em um avião??

Ele ainda não tinha me respondido...então notei que a pessoa que estava atrás dele era Liza....

S/N: Namjoon, Liza esta ai com você???

RM: (ele bufou) Pra onde você esta indo??

S/N: NAMJOON.....O que ela faz ai??

RM: Você não me respondeu S/N!!

S/N: Você também não!!

RM: (ele respirou fundo) Liza vai ficar aqui por algum tempo...

(meu coração apertou no meu peito...e  lagrimas escorreram do meu rosto sem que eu pudesse conte-las, eu chorava incessantemente)

S/N: haa....que ótimo!! Pretendia me contar quando mesmo?

RM:  S/N não chore....Isso aconteceu agora de pouco e ......E você ainda não disse pra onde esta indo...

S/N: Embora...

RM: O que??

S/N: Isso mesmo Namjoon, estou indo embora!! Provavelmente não vou mais voltar...Que bom que Liza voltou pra você....espero que sejam felizes junto (falei entre soluços)

RM: A gente não voltou S/N.... – eu o cortei...

S/N: Eu......Eu achei que você me amava....Mas fui uma tola...

RM: Mas eu – o cortei novamente.

S/N: Não precisa dizer nada Namjoon...Mais uma vez, espero que sejam felizes ai...

RM:  S/N....Não fale assim....Poxa...As coisas não são tão simples quanto parecem....E você ainda não me contou....o porque de, do nada ir embora...

S/N: As coisas não são tão simples quanto parecem Namjoon......Agora eu preciso desligar!

RM: Não.....espere....S/N....ainda não conversamos.....Você não vai desligar na minha ca..........

 

Ligação off

 

 

Eu senti meu coração apertar....Não pude conter minhas lagrimas que agora escorriam pelo rosto, Liza estava de volta na casa de Namjoon, mas dessa vez eu não estaria ao seu lado....Agora eu vou estar literalmente do outro lado do mundo....

A dor não cabia no peito, então coloquei meus fones e fechei meus olhos, se eu pudesse dormiria a viagem inteira....

 

 

 

Brasil-Aeroporto de São Paulo.

 

Eu estava em solo brasileiro novamente,  olhei em volta e logo vi uma pessoa com a plaquinha do meu nome....Fui até ele...

- Hey...Nossa, como você cresceu!!

S/N: Perdão.... (aquele rosto me era muito familiar)

- Você não lembra dele filha?? – Vi  minha mãe surgir atrás do garoto de cabelos pretos....Meu coração atrofio, eu sentia tanta falta dela. Deixei minhas malas e corri ao seu encontro, ela me envolveu em um abraço quentinho e apertado....

S/N: Omma!!! Digo....Mamãe!!!!

S/M: Aii minha filha (ela começou a chorar) Que saudade que estava de você minha filha.....Eu......Eu não aguentava mais essa dor.....me perdoe por tudo....

S/N: Omma....Aiw....Mãe...

S/M: Pode me chamar de Omma filha – disse a mais velha abrindo um sorriso entre as lagrimas....

S/N: Estou feliz por vê-la de novo!!!

 

E mais uma vez nos abraçamos!! – Seu pai....ele.....não esta bem filha- disse a mais velha!!

S/N: Quero vê-lo o quanto antes!!

S/M:  Você o verá!!! Agora....Você se lembra dele??

Olhei para o de cabelo preto...

S/N: Olha.....E.....Calma ai...Vernon???

O garoto sorriu...

 

Vernon: Achei que não ia me reconhecer!!!

S/N: Você voltou!!!!!  E nossa....esta diferente!!!

Vernon: Estou só de passagem pequena!! Você esta voltando, e daqui alguns dias eu vou estar indo para a Coreia de novo!!

S/N: Calma...De novo?? Você estava lá???

Vernon: Logo depois que me mudei para o EUA....Fui passar alguns meses na Coreia...depois voltei para EUA...E agora dei uma passada por aqui....Mas daqui um mês volto pra Coreia!!

S/N: Carambaa!!

S/M: Sempre achei vocês um belo casal (disse ela rindo) Agora vamos....precisa descansar S/N...

 

Enquanto íamos para minha casa.....Me lembrei da minha infância!! Vernon era meu melhor amigo, e nós dois fazíamos tudo juntos...Lembro-me até de uma vez juramos um para o outro que...nós moraríamos juntos e nunca nos separaríamos. Ele era meu único melhor amigo, e me lembro de ficar muito triste quando ele se mudou....Mas incrivelmente ele esta no Brasil de volta, junto comigo!!

 

Quando cheguei em casa e entrei no meu quarto, varias lembranças me passaram pela cabeça. Tudo estava exatamente como tinha deixado. Me sentei na cama e vi no criado mudo, uma foto minha e de meus pais....e assim que abri a gaveta me deparei com um diário que eu tinha quando era pequena....

Haa....Eu nem me lembrava mais disso- exclamei para mim mesma....

Eu o tinha guardado pois, adorava reler o que eu escrevia, comecei a folear o pequeno caderno .... Hoje eu e  Vernon demos um selinho, mas ninguém pode saber”  algumas paginas pra frente Eu amo muito ele, ele é tão legal e me deu uma bala em formato de coração”    viro a pagina e vejo o papel da bala e comecei a rir um pouco alto, até que alguém bate a porta..

S/N?? Posso entrar ? É o Vernon....

 

S/N: Haa..entre!! (ele abre a porta) Vernon...Olhe o que eu achei aqui!!

Disse mostrando o pequeno caderno para ele....

Vernon: Hmm...Isso é um diário??

S/N: Eu nem lembrava mais....Eu escrevia nisso todos os dias....Olhe isso .... “Hoje eu e Vernon fomos tomar sorvete com nossas mães....eu peguei de baunilha e ele de morango...A gente não gosta de chocolate”

S/N: A primeira parte do caderno, só tem coisas sobre você –Disse rindo...

Vernon: Porque escrevia nele??

S/N: Eu sei lá....Eu deveria ter menos de 13 anos. Mas, foi legal reler depois de tantos anos!!

Vernon: Eu nunca te esqueci sabia??

S/N: Você nunca mais falou comigo depois que se mudou....

Vernon: Haa...eu não tinha celular e era difícil pra mim...

S/N: Desculpe por não te reconhecer.....estava com a cabeça longe...

Vernon: Tudo bem!! Afinal, sua vinda pra ca, não foi por um motivo feliz!

S/N: Você sabia?? Quer dizer....Você sabe com o que meu pai trabalhava??

Vernon: Trabalha!!

S/N: Hã??

Vernon: Falando assim, parece que ele não esta mais aqui!!

S/N: Aaa....claro!

Abaixei a cabeça...

Vernon: ele vai ficar bem S/N!!!

(comecei a chorar)

S/N: Ele não vai!! Omma me disse que ele tem pouco tempo de vida....

Vernon: As coisas podem mudar (ele me abraça)

S/N: Espero....Mas duvido muito! E pior de tudo, ainda nem me contaram qual é a sua doença...

Vernon: Doença??

S/N: ele não esta doente?

Vernon: Desculpe....Acho que não sou eu quem deve contar isso....

S/N: contar o que?? Fale!!

Ele suspirou e hesitou em contar...Mas acabou falando

Vernon: Seu pai foi baleado!!

S/N: O QUE?????

Vernon: Desculpe....Não era eu que deveria estar de contanto isso, afinal nem parte da família eu sou....

S/N: Vernon, você é minha família!! Mas....como assim um tiro??

Vernon: Pegou muito próximo do coração, é claro que, abafaram o caso, por isso todos dizem que é doença...

S/N: mas quem atiraria em Appa??

Vernon: Seu pai era.....Quer dizer..

S/N: eu já sei da verdade (abaixo a cabeça)

Vernon: Ele se cansou dessa vida, mas infelizmente fez isso tarde demais...Ele tentou desistir de tudo que ele conseguiu ao longo dos anos, porém ele é uma pessoa influente na área....e você sabe que, quando se entra nesse ramo....existem apenas duas saídas....

S/N: Ou você morre, ou vai preso!

(ele abaixa a cabeça)

Vernon: Eu sinto muito!

S/N: A quanto tempo sabe?

Vernon: Sua mãe me disse assim que tudo aconteceu! Por isso vim pra ca também! Para ajuda-la...

S/N: Porque sempre me esconderam isso??

Vernon: Sei lá....É deve ser difícil contar para uma filha que...bem...seu pai é um traficante....Eu sinto muito S/N.

S/N: Não importa agora, não tem como mudar o passado!!  Vamos descer....Omma já deve ter preparado a janta....

 

Descemos, e mesmo sem fome comi a comida da minha mãe, fazia tanto tempo que eu não sentia aquele gosto!! Ela estava diferente, mais carinhosa e prestativa, o incidente com meu pai a afetou muito....

Enquanto comíamos na mesa, me dispus a perguntar...

S/N: Quando vou poder ver Appa??

S/M : Amanhã logo cedinho querida!!!

Apenas acendi com a cabeça!

S/M: Desculpe ter que te fazer passar por isso....Desculpe por esconder tudo e...por tudo que fiz a você!!

S/N: Tudo já foi Omma!! Agora quero apenas Appa bem!!

 

Acordei um pouco tarde do previsto na manhã seguinte, meu corpo ainda estava se acostumando  novamente com o fuso-horário, mas  ainda sim, era cedo! Levantei da cama fiz minhas higienes, coloquei uma calça jeans e uma blusinha azul, minha mãe já me esperava pronta!!

Entrei no carro, Vernon estava do meu lado acariciando meus cabelos, eu me demonstrava forte, mas no fundo eu estava com muito medo, da ultima vez que vi meu pai, ele estava saudável, e alegre. Feliz por eu estar indo estudar na Coreia, pelo menos era isso que ele demonstrava, mas, assim como eu, papai também sabia esconder muito bem suas dores, fui tirada de meus pensamentos quando ouvi a voz de Vernon me chamando, tínhamos chegado!

Assim que entrei no hospital, pude ver uma plaquinha  com o horário de visitação

“Aberto para visitação das 12:00 ás 13:30”

Porém, ainda era 8:30 da manhã, e nós estávamos entrando, eu mamãe e vernon, e eu sabia exatamente o que aquilo significava! Estado terminal! Quando o paciente já não tem esperanças de sobreviver, eles abriam  qualquer horário que fosse para visitação....Só de saber disso, meu coração já apertava no peito!

Percorri os corredores até a ultima sala. Assim que entrei meus olhos se encheram de lagrimas, meu pai estava desacordado e respirando por aparelhos, estava muito magro e sua fisionomia até me assustou, aquele nem parecia meu pai....

 

Sentei-me na poltrona ao seu lado, segurei sua mão e ali permaneci por tempo indeterminado....eu sentia que ele não iria sobreviver e aquilo doía meu coração....

S/N: Appa.....Porque?? Eu te amo tanto, me desculpe por tudo que lhe causei....quero tanto que fique melhor, que volte a sorrir pra mim e a me chamar de “pequena borboletinha”.... Eu nunca gostei desse apelido, mas eu trocaria qualquer coisa pra poder ouvir o Senhor me chamando assim novamente.....

As lagrimas não paravam de cair, eu apertava sua mão direita com força, enquanto Vernon e mamãe estavam do lado de fora da sala...Fechei meus olhos e  sem entender enxerguei uma luz branca na sala...A luz caminhou em minha direção ficando ao lado de papai...então pude perceber que a luz segurou a mão esquerda de meu pai.....e pude ouvir uma voz soar no fundo...

“Eu te amo minha filha......Obrigado por ter vindo.....eu estava apenas te esperando....Agora posso ir em paz”

 

Acordei assustada com aquele sonho, eu ainda segurava a mão de meu pai, e estranhamente a sala estava com cheiro de  jasmim, papai sempre amou jasmins....Me levantei e lhe dei um beijo na testa, e quando estava saindo do quarto, pude ver o monitor cardíaco apitar com mais frequência...e então um silencio ecoou no quarto......Meu pai havia morrido......

 

 

 

[.........]

 

 

 


Notas Finais


Gentee.....que reviravolta SOS

espero que tenham gostado. Desculpe a demora para postar os capítulos, estou sem ideias ultimamente

Obrigadaaa :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...