História Meu professor de matemática - PARK JIMIN - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Stray Kids, TWICE
Personagens Bang Chan, Dahyun, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Stray Kids
Visualizações 283
Palavras 1.432
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


no capitulo anterior:

Yun foi pra casa mas eu vou passar a noite aqui com S/N, possivelmente ela só acorda amanhã.

~3 DIAS DEPOIS~

.....................

Capítulo 34 - Precisava te ver antes de partir


P.O.V JIMIN

Depois que eu levei o tiro um segurança que estava no mesmo andar da empresa que eu foi me ajudar, quando cheguei no hospital estava com muita dor, mas no fim deu tudo certo e fizeram a cirurgia para a remoção da bala. Confesso que estou realmente com medo agora, e se tentarem me matar de novo? Dessa vez eu não morri. Me lembro que antes do ocorrido estáva conversando com a S/N mas ela não me perdoou, será que eu a perdi? Bom, hoje é meu último dia nesse hospital, não via a hora de sair, quando colocar meus pés do lado de fora vou lá pros EUA me desculpar pessoalmente com a S/N porque eu a amo de verdade (autora: Jimin não sabe sobre o ocorrido com S/N).

Dr: Prontinho, aqui é o papel da sua alta.

Jimin: Obrigado - antes de ele sair do quarto aparece uma enfermeira desesperada atrás dele.

Enfermeira: DR, A PACIENTE S/N ESTÁ TENDO UMA CONVULSÃO E A CABEÇA DELA ESTÁ SANGRANDO. - entra gritando no quarto.

Pera S/N? - Existe outra S/N, e a minha S/N está em outro país, então não é ela.

Ele saí indo até o quarto da outra paciente, e eu vou pra minha casa.

Enquanto estou andando pelo o corredor vejo um casal que eu parecia conhecer, pera, são os pais da S/N? Será que a outra paciente é ela?  Vou falar com eles.

Jimin: O que aconteceu tá tudo bem?

Mok: Não, não está nada bem

Jimin: Como assim?

Yun: Tentaram matar a S/N, acertaram ela bem na cabeça, ela fez uma cirurgia mas agora pouco teve uma convulsão e um sangramento no local da cirurgia

Jimin: O que? - meus olhos se enchem de lágrimas - quero falar com ela.

Mok: Não quero você perto da minha filha, você não viu como ela ficou depois que você traiu ela?

Jimin: Senhor, eu já me desculpei, por favor me deixe vê-la eu te imploro, eu amo sua filha. - digo derramando lágrimas e mais lágrimas.

Mpk: Não quero que minha filha sofra, e isso é o que você mas fez ela sentir, SOFRIMENTO, Jimin eu não confio mais em você.

Yun: Amor não seja tão radical - disse baixo para o mesmo ouvir mas eu também consegui escutar.

Mok: Isso é o certo a se fazer, se ele não estiver por perto S/n não irá sofrer.

Jimin: Tudo bem, se vocês quiserem eu me mudo de país mas me deixem apenas eu me despedi. - meus pais chegam me escutando falar.

M/M: Jimin, a própria menina disse que não era pra você procurar por ela. - ele me lembra e eu sinto uma forte dor em meu coração.

Jimin: Mas pai, eu a amo, e ela me ama.

Mee: Pare Jimin, vamos embora, amar pra você é trair? Acho melhor recomeçar sua vida em outro país. Agora venha, vamos embora. - Eles se despediram dos pais da S/N e foram andando no corredor para irem embora, mas eu não conseguia me mexer. - VENHA JIMIN - disse meu pai, todos me olhavam mas eu não ligava, eu só quero ver a S/N. Não acredito que vou embora sem me despedir do amor da minha vida. Caminho até ele e vamos embora.

~quebra de tempo~ 19:00

Já estou fazendo minhas malas para me mudar de país, meu pai nem está ligando para quem cuidará da empresa... Já estou cansado de chorar, não tenho mais nenhuma lágrima para isso, já gastei todas.

P.O.V S/N

Já se passaram uns 3 dias desde o meu tiro, estou preocupada pois hoje eu tive um sangramento em minha cabeça, mas já passou, por enquanto eu estou bem, me lembro que só vim aqui pelo Jimin, será que ele está bem?

M/M: Alguém quer comer? - diz toda sorridente entrando no quarto com uma bandeja.

S/N: Obrigada mãe, estáva realmente com fome - falo me ajeitando para comer.

M/M: Eai, como se sente. - coloca a bandeja em meu colo.

S/N: Estou me sentindo bem, o Dr me disse que se eu continuar assim amanhã eu já denho alta. - direciono uma colherada de iogurte até minha boca.

M/M: Ai que bom, então coma bem - sorri.

S/N: Ah, mãe como está o Jimin?

P.O.V Yun

Me assusto com a pergunta, ela vai perdoar ele? Eu falo a verdade? Se eu mentir ela irá odiar a mim a ao seu pai, mas se eu contar a verdade ela vai querer voltar com ele e o pai dela não aceitaria, aiii, o que eu faço?

Yun: Então filha.... - fico nervosa e paro de falar.

S/N: Ai não, ele morreu? - pergunta assustada.

Yun: Não - rio do comentário - hoje ele teve alta.

S/N: Quero vê-lo.

Yun: Seu pai falou com ele.

S/N: Aish, o que o papai falou?

Yun: Que não queria mais ele perto de ti e que ele não confia mais no Jimin.

S/N: Onde ele está agora?

Yun: Ele foi embora, e pelo o que parece vai morar em outro país

S/N: Mas e a empresa?

Yun: Irão contratar outra pessoa.

S/N: Talvez seja melhor assim né? - vejo em seus olhos que a mesma estava infeliz com a idéia de perder seu amor.

Yun: Talvez, bom filha, agora eu preciso ir trabalhar, a Leslie vai vir aqui ficar contigo ok?

S/N: Tudo bem mãe, vai com Deus - me aproximo e dou um beijo em sua mão.

Yun: Amém filha, você também.

P.O.V S/N

Minha mãe saiu, logo Leslie está chegando, aproveito esse tempo sozinha para chorar, EU QUERO O MEU JIMIN AQUI, não acredito que perdi ele. Acabo dormindo de tanto chorar.

~quebra de tempo~ 21:00

Leslie: Oiii gata - diz entrando no quarto. - tava dormindo?

S/N: é o cansaço - falo e rio.

Leslie: Ai, fiquei tão feliz em saber que talvez amanhã você sai - diz se sentando em uma poltrona que havia ali.

S/N: Eu também, não aguento mais cheiro de hospital - faço uma cara de repovação e a mesma ri.

Leslie: E aquele tal de Jimin que levou um tiro, como está?

S/N: Está bem - expliquei tudo o que aconteceu e que meu pai não quis que ele viesse me ver.

Leslie: Mas seu pai deveria saber que você o ama.

S/N: Ei, ele quer me proteger, e eu gostei disso - sou interrompida pelo o celular da mesma tocando.

~depois da lligação~

S/N: Quem era?

Leslie: O Sehun, conheci ele na padaria ontem.

S/N: HMMMMMM o que o Sehun queria?

Leslie: Iamos sair hoje, mas eu disse que não daria porque tenho que ficar contigo.

S/N: Nada disso, não vou ser essas amigas chatas que te prende pra não sair com o boy - falo e a mesma ri - tô falando sério, levanta a bunda dessa poltrona e pode ir aproveitar sua noite, logo logo meus amigos vêm me visitar mesmo, não quero que se preocupe ok?

Leslie: ok, ok, eu vou - diz se levantando.

S/N: Toma cuidadooo - digo mandando um beijo no ar.

~quebra de tempo~ 22:30

Tô brisando olhando pro teto até que vejo 7 pessoas entrando no quarto aaaa são aqueles ridiculos que eu amo (autora: achou que era os meninos né hahaha). Não sei como deixaram entrarem tudo de uma vez, Bang, Jungkook, Lisa, Jennie, Jisoo, Rose e Mina.

Todos: oiiiiii

S/N: Meu Deussss - nesse momento estou com um sorriso de orelha a orelha - Deixaram vocês entrar tudo de uma vez?

Bang: Bom, todos estamos aqui, então acho que sim - diz rindo.

S/N: Bobo.

Lisa: Como se sente?

S/N: Bem, quero ir embora, e talvez amanhã eu vá.

Jennie: Não vejo a hora. 

Rose: Como foi nos EUA?

S/N: Aqui é bem melhor porque eu tenho vocês, mas eu fiz uma amiga muito legal também.

Jungkook: E o Jimin, como está?

Conto tudo pra eles e cada um tem suas opiniões, uns concordam com o pensamento do meu pai, outros não e outros não sabem de qual "lado" ficar.

~quebra de tempo~00:40

Eles acabaram de ir embora, e eu vou dormir já que não tem nada pra fazer. Estou quase dormindo até que ouço um barulho da janela do meu quarto abrir e se fechar (meu quarto era no segundo andar do hospital)

S/N: Quem tá ai?  - digo apreensiva.

Até que vejo um homem aparecer e vir em minha direção.

S/N: Jimin?

Jimin: Eu precisava te ver antes de partir - diz se sentando na poltrona e me olhando fixamente.

.....................

 


Notas Finais


desculpem qualquer errooooo <3

redomendação de hoje: You calling my name - GOT7 <3 (mano, acabei de pesquisar a tradução e tem tudo a ver com essa fic TO AZZUSTADAAAH HAHAHA)


add aos favoritosss e me siga para não perder as próximas ficsss

obrigada e J-HOPE brigada <3

beiJINnhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...