História Meu professor de matemática. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba
Personagens Giyuu Tomioka, Inosuke Hashibira, Kanao Tsuyuri, Kyoujurou Rengoku, Mitsuri Kanroji, Nezuko Kamado, Personagens Originais, Sabito, Shinobu Kochou, Tanjirou Kamado, Zenitsu Agatsuma
Visualizações 132
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que esteja do agrado de vocês.
Boa leitura.

Capítulo 3 - Bullying....


Se passaram alguns meses, a relação do jovem professor Rengoku e do aluno Tanjiro, foi ficando cada vez mais forte, os dois se encontravam no terraço e ficavam falando sobre as provas e as pessoas que estavam gostando. Só que, essa relação acabou tendo boatos de que eles estavam saindo, e isso não agradou algumas garotas que, gostavam do professor Rengoku. Um dia, uma das garotas foi onde Tanjiro e Rengoku ficavam conversando, para ver o por que do professor Rengoku dar tanta atenção para o garoto. Ela ficou atrás da porta, onde e a entrada e a saida do terraço. 

Tanjiro — Rengoku-san... Eu quero confessar para minha mãe uma coisa, que talvez ela fique assustada no começo...

Rengoku — E o que séria essa confissão? 

Tanjiro — Eu... Eu sou gay — Falou o garoto com o rosto corado; 

Rengoku — Tem certeza disso? 

Tanjiro — S-sim. 

Rengoku — Sério? Sua mãe ira te aceitar, sim. Ela e sua mãe, se você aceitou isso, ela também deve aceitar. No começo talvez fique complicado, ela talvez vá dizer que e fase, mas, com o tempo ela vai ver quem você realmente e. Estou tão orgulhoso de você

 — Diz o jovem abraçando o garoto, com um grande sorriso; 

Tanjiro — O-obrigado... Rengoku-san — Diz o garoto, todo envergonhado, escorando na barriga do jovem professor; 

??? — Então quer dizer que o caipira e gay? Isso e uma grande novidade... Vou fakar para as garotas. — A garota sai correndo, Indo a direção em uma sala, onde se parecia ser um clube, estava cheios de garotas conversando. Nas paredes estavam cheias de fotos do Rengoku, era assustador. 

??? — Está atrasada, Yumi. 

Yumi — Desculpa, Naomi-senpai, mas tenho algo a dizer a vocês. 

Naomi — Se for algo do Professor Rengoku, Prossiga... 

Yumi — Na verdade, descobri que Tanjiro e gay!!! 

Naomi — Edai? Eu não me importo com a orientação sexual do Kamado. 

Yumi — Ele parece que gosta do professor Rengoku, e talvez o ele aceite ficar com o Kamado...

Naomi — O QUE? ISSO EU NÃO PERMITIREI!!! — Diz a garota, brava. Batendo suas mãos na mesa; 

Yumi — O que vamos fazer, Naomi-senpai? 

Naomi — Vamos dar uma lição a ele...

Yumi — Entendi...

Já estava na hora de ir embora, Tanjiro foi para sua casa, mas, no meio do caminho um garoto o parou, seu rosto estava tampado com uma mascara. Então o garoto socou o rosto de Tanjiro, que acabou por cair no chão e se contorcer por dor. Um grupo de garotos apareu, e começou a chuta-lo e socos, o Kamado estava incolhido chorando de tanta dor, ele não podia fazer nada, era 1 contra um grupo de garotos, no máximo eram 4 ou 5 garotos. Então, o grupo parou de bater no pobre garoto que estava se contorcendo de dor, e eles gospiram nele, e tentou tirar suas roupas, mas eles ouviram alguem gritando. Então eles pararam e sairam correndo. Era Inosuke e Zenitsu, eles viram Tanjiro caido no chão, chorando muito. Eles ajudaram o garoto, cuidaram de seus ferimentos, e tentou anima-lo. 

Zenitsu — Tanjiro... O Inosuke.... Ele.... ROUBOU O MEU PUDIM

Inosuke — MENTIRA, SEU CABELINHOS DE CEBOLA

Zenitsu — NÃO MINTA PARA MIM, INOSUKE HASHIBIRA. 

Inosuke — FALOU MEU NOME COMPLETO? OVO TE AGREDI, FIO DE UMA ÉGUA

Zenitsu — VEM ME DAR UMA CEBEÇADA VEM, SEU ROSTINHO DE MUE

Tanjiro — Hahahaha, ai para, eu vou morrer 

Zenistu — Ah, finalmente conseguimos fazer você sorrir 

Inosuke — EU SOU INCRÍVEL, EU QUE FIZ O KAMPAKO RIR, AHAHAHAHAHA 

Zenitsu — Não, fui eu que fiz ele rir! 

Inosuke — FUI EU!!!

Zenitsu — EU, INFERNO!!!!!!! 

Tanjiro — Inosuke... Zenitsu... Muito obrigado — Diz o garoto, já entre lagrimas; 

Os dois vão correndo em direção a ele, e da um grande abraço, eles dorme na casa de Tanjiro. O garoto ruivo acorda mais cedo, ele faz o café da manhã dos seus amigos, e de sua irmãzinha Nezuko, e deixa em cima da mesa. Ele resolve ir tomar um pouco de ar, no meio do caminho ele se encontra com o professor Uzui, ele para no momento em que vê Tanjiro cheio de curativos, os doid comecam a conversa, e Tanjiro fala o que ocorreu

Uzui — Hum, o Kyoujurou-chan não ira gostar nadinha de ouvir isso.

Tanjiro — A-a-a-a N-não conte ao Rengok-san o que aconteceu, professor Uzui. Por favor. 

Uzui — Humm, tudo bem, irei fazer isso. Massssssss quero que você me ajude com uma coisinha. 

Tanjiro — Ok... 

Uzui — Então...Eu...Estou............. ......gostando do Zenistu Aguatsuma.............

Tanjiro — Então, você quer que eu te ajude a ficar com ele? 

Uzui — N-não, quer dizer S-sim, ah, na verdade só quero saber se ele gosta de mim, eu não quero levar um fora de um pivete de 16 anos. 

Tanjiro — Uau, então eu irei ajuda-lo, e apoiararei vocês. 

Uzui — Como sempre, sempre sendo uma boa pessoa. Bom, tenho que ir, nós nos vemos na escola, Tanjiro. 

Tanjiro — Até, Professor Uzui. 

Tanjiro vai a sua casa, e se depara com seus amigos prontos para ir a escola, Kamado arregala os olhos e fala 

Tanjiro — Mas já está na hora de ir a escola???? 

InosukeNa verdade, nos não queríamos chegar atrasado... 

TanjiroVou me arrumar então.

ZenitsuSó não demore... 

NezukoNii-chan, minha amiga Sayuri está na frente de casa, hoje irei com ela, ok? 

TanjiroOk, Nezuko — Beija a testa dela

NezukoBye Zenistu, Bye Inosuke 

ZenitsuBye 

InosukeA-a B-bye, Nezuko... 

TanjiroNezuko creceu tão rápido... 

ZenitsuHahaha, sim. 

TanjiroBom, irei me arrumar, daqui 10 minutos estarei aqui. 

ZenitsuEntendido

Depois de Tanjiro ter ido se arrumar, eles foram a escola, chegando lá, a mesa do Kamado estava cheio de lixo. Em sua mesa estava escrito coisas horríveis.... Tanjiro perguntou a si mesmo, o por que isso aconteceu? Ele limpou tudo, Zenitsu e Inosuke ajudaram. 

Inosuke — EU IREI PEGAR ESSAS PESSOAS NA PORRADA, ELES ESTÃO MECHENDO COM MEU AMIGO. 


Zenistu — Vamos pegar eles, custe o que custar.


Tanjiro — C-calma, nada se resolve na violência.... Aliás, está tudo bem...


Inosuke — Não está tudo bem, como eles puderam fazer isso, aliás, você não faz mada de mal, você tem coração tão bom....


Zenitsu — Você... Quem e você? Você não e o Inosuke, queremos o nosso Inosuke de volta!!!!


Inosuke — EU SOU INOSUKE, TA OK?


Tanjiro — Isso não e nada, está tudo bem...


Zenitsu — Tanjiro... Você não pode deixar isso de lado, você.... Está começando a sofre Bullying.


Rengoku — Quem está começando a sofre Bullying, Aguatsuma? 


Zenitsu — A-ah....


Tanjiro — Rengoku-san?????!!!!!!


Rengoku — Por que está todo machucado, Tanjiro? O que aconteceu?


Inosuke — Ele apanh — Foi interrompido com Zenitsu, trampando sua boca;


Rengoku — Hummm...


Tanjiro — E-eu acabei caindo na escada de minha casa... — Diz o garoto, soltando um sorriso fraco;





Notas Finais


Gostaram? Espero que sim. Bommmmmmmmmmm, como o Halloween está chegandooooo, vou fazer um especial capítulo para esses dois, e também para o Uzui e Zenitsu. Eles vão ser em capítulos diferentes, e vai ter bastante eeeee, segredo u.u
Gostaria de saber a opinião de vocês, se não vai atrapalha na sequência do capítulo. E isso ai, bye 😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...