História Meu Professor Particular - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Blackpink, Bts, Jennie, Taehyung, Taennie
Visualizações 30
Palavras 3.938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 1 - Pra que inimiga se tem Jisoo


Fanfic / Fanfiction Meu Professor Particular - Capítulo 1 - Pra que inimiga se tem Jisoo

Levo minhas mãos até meus cabelos, por conta do nervoso e pensando numa nova história pra inventar pra minha mãe

Pois estava andando pelos longos corredores da minha escola com as minhas malditas provas do segundo bimestre na minha mão, preocupada com o comentário da mais velha e nos castigos, um deles sendo sempre ficar em casa proibida de sair de casa com meus amigos

- Agora você se lasca, hein! - Minha melhor amiga me zoa

- HAHA muito engraçado - Finjo ironia

Na verdade é que desde do ano passado, eu havia mudado na escola pra ruim, minhas notas abaixaram, e não só na escola como também minha vida que tava uma bosta, pois estava ficando com depressão, também quer o que? Era muita pressão dos meus pais, na escola e na minha vida, sorte que eu virei melhor amiga da Jisoo que me ajudou e muito esses tempos difíceis e eu agradeço muito a ela

Eu e Jisoo se conhecemos quando eu estava me preparando pra ir embora desse mundo cruel, quando estava já dando tchau e me jogando do último andar do prédio da escola, eu senti uma mão me segurando e me puxando pra cima tentando fazer força sufiente pra mim puxar pra cima, eu ainda de olhos fechados pensei que Deus estava me puxando para ir pro céu, só que quando a mão que me puxava com certa força me jogou com força no chão e pensei que eu não fui pro céu e sim pro inferno

Abri meus olhos assustada, pra ver o que tava acontecendo, quando deparei com uma menina de cabelos vermelhos me fitando com uma carranca na cara e ofegante por causa da força que fez pra mim puxar pra cima, e eu a olhei e tentando me lembrar daquela menina, aí foi quando me toquei, ela era a menina que sentava atrás da sala e tinhas a maioria dos meninos de amigos

            FLASHBACK ON

- O que você pensava que tava fazendo sua idiota!?

Ela simplesmente gritou comigo e eu a fitei com uma cara de quem sabe de nada

- O que pensa que tá fazendo você, porque se intrometeu

- Eu vi quando você via pra cá então te segui pra ver oque ia fazer e por sorte eu cheguei à tempo, vem vamos embora daqui

- Espera, pra onde pensa que tá me levan... - Fui interrompida quando Jisoo me puxou pelo braço me levando pra outro lugar

- Cala a boca pirralha - E eu já estava ficando com raiva daquilo - Eu salvei sua vida e é assim que me agradece

- Cala a boca você - Falei irritada

- Agora me explica, porque ia fazer essa besteira

- E-eu... - Comecei a chorar pelo que aconteceu antes e me perguntei se eu ia fazer aquilo mesmo

- Calma não chora, eu sei que temos problemas e achamos que tirar a própria vida será melhor, mas acredite não é o certo à se fazer

- O-obrigado - agradeci com os olhos cheios d'agua e pensei por que ela estava sendo legal comigo se nem um dia ela falou comigo e nem liguei em falar com ela, eu achava ela meia metida.

- Quer desbafar? - Perguntou como se tivesse preocupada comigo

- Quero! - Pois eu senti confiança nela, e olha que eu não à conhecia, nem nunca havia trocado uma palavra com a mesma, mas eu confiei nela por que ela não era igual as outras meninas que corria atrás de mim pra pegar respostas de exercícios de matemática, química ou outras matérias, chega a pessoa enxergava a falsidade delas no olhar como se elas tivessem um poder igual da medusa de te hipnotizar pra você virar uma pedra e depois quebrar você em pedacinhos, pois é o que elas faziam pegava minhas respostas falando que seria minhas amigas e depois quando não precisava mais de você, elas te largavam e eu trouxa sempre caía, já eu não exergava isso no olhar de Jisoo

- Então vai falar ou vai ficar me olhando!

- Ah sim, desculpa - Ri com a sua impaciência - Então é que meus pais, principalmente minha mãe coloca muita pressão pra mim estudar e eu tenho muitas matérias pra estudar, por que vem provas e ... - Não terminei de falar, pois Jisoo me atrapalhou

- Então você ia se matar por causa disso, sério mesmo!? - Ela me olhou incrédula

- É que é muita pressão, mas por favor não conta pra ninguém que eu ia tentar me matar, por favor - Supliquei chorando mais ainda

- Tá certo não vou contar, mas sabe do que você precisa, você precisa sair, ir pra umas festas, beber todas e pegar geral, hoje à noite me encontre em frente ao clube da escola às 18h30, ok

- Mas eu não posso, meus pais não vão deix... - Interrompida de novo

- Não quero saber, se não aparecer lá eu conto pra diretora o que tentou fazer hoje, ok

- Tá certo então - Fiquei com medo de ela contar e aí se meus pais souberem aí sim vai ficar pior a minda, então aceitei o convite mesmo que contra minha vontade

Quando tocou o sinal pra ir embora, peguei minha mochila e fui pra saída da escola e encontrei Jisoo com uns meninos ela me olhou e me chamou, fingir não ter visto ninguém e tentei andar mais rápido, só que derrepende escuto um berro de Jisoo

- EIII MENINA, VEM CÁ!!

Olho pra trás e com vergonha vou até ela e seus amigos

- Fugindo não me ver pra não ter que comprir com sua palavra né - Ela disse com um tom irônico

- Não nada disso, eu só não te vi - Disse olhando pro chão pois estava com vergonha dos meninos que à acompanhavam

- Sei - Murnurou

- Não apresenta não, é!? - Um dos meninos se pronunciou

Um menino de cabelos laranja disse me deixando mais corada, eu então levantei a cabeça pra olha-lo, ele até que era bonito

- Agora olha né - Gritou Jisoo rindo

- Jisoo!! - À reprepreendi

- Não liga pra essa louca, não - Disse um outro menino de cabelos loiros e muito alto um tom de pele amorenada e com um sorriso acompanhado de covinhas adoráveis

- Me chamo Namjoon

- A-ah Jennie - apertei sua mão que me puxou pra sua num aperto de mão meio atrapalhado por minha parte

- Não precisa ficar nervosa gatinha - O de cabelos laranjas e mais baixinho do que o outro amigo falou - Eu sou Jimin - Apertou minha mão também

- Foi um prazer conhecer vocês

- Eu que o diga - O menino chamado Namjoon deu um sorriso que pra mim foi um sorriso meio malicioso - E que prazer que me deu

- Hahaha, Namjoon que cantada bosta, vey - Essa era a vez de Jisoo de dar um escândalo de tanto rir e Jimin acompanhando ela na risada

Enquanto eu tava com as bochechas vermelhas e com raiva desses meninos atrevidos me despedi de Jisoo

- E-então Jisoo até mais tarde

- Ok, tchau, ah sim - Ela se virou em minha frente - Me dá seu número de telefone pra mim de enviar uma mensagem lembrando à você de hoje à noite

- Ok, marca aí

Ela marcou o meu número e se despediu

- Tchau gatinha disse o menino de cabelos alaranjado

Nem olhei pra trás, sair quase correndo de lá com muita vergonha e tirei a idéia da cabeça de que Jisoo poderia ser uma grande amiga, mas o que ela quer mesmo é me ver passando vergonha para rir da minha cara, mas eu prometi que ía pra sei lá onde com ela e me arrependi disso

Pois vou ter que me trancar no quarto pra fingir que estou dormindo pra minha mãe pra eu sair escondida sem ninguém perceber, o que eu to fazendo da minha vida, eu quero tanto chorar e dá na minha cara ao mesmo tempo

Chegando em casa troquei de roupas e almocei, fui estudar um pouco que minha mãe me obrigou a todo dia depois do almoço ir estudar e por fim fui dormir à tarde toda, pensando como vou fugir de casa sem ninguém perceber pra ir pra esse tal encontro

- Acordei com meu celular vibrando em meu travesseiro, peguei e vi que tinha notificação no kakao talk, estranhei pois não recebia mensagem de ninguém à não ser de minha mãe, meu pai e no grupo de família, e ainda mais era aquelas correntes que te promete um milhão de dolares, eu fico pensando se as pessoas acredita nisso mesmo.

Mas eu vi que era só mensagens de Jisoo 


            MENSAGEM OFF


NÚMERO DESCONHECIDO: Vê se não se atrase hein

NÚMERO DESCONHECIDO: Cadê você!?

NÚMERO DESCONHECIDO: Porra não finge que não viu a mensagem

NÚMERO DESCONHECIDO: Acho que segunda vou ter que ter uma conversa com a diretora

NÚMERO DESCONHECIDO: Vou contar até três, hein!!

NÚMERO DESCONHECIDO: Um...

NÚMERO DESCONHECIDO: Dois...


NÚMERO DESCONHECIDO: Digitando...

Antes dela terminar sua contagem regressiva, eu fui mais rápida

Jennie: Ok Jisoo, vou me arrumar agora

Jisoo Vaca: Te espero lá, tchau

Jennie: Tchau

           MENSAGEM OFF


Fui tomar um banho e troquei de roupa voando pois já era 18h15 já estava atrasada

 _____________________________


- Chegando em frente ao tal clube, já via a imagem de uma Jisoo com raiva

- Que demora garota e que merda de roupa é essa?

- Não fala assim - Eu disse subindo a raiva - Foi a melhor que encontrei - O que eu estava usando era uma calça legging e um casaco azul com meu cabelo amarrado com um rabo de cabelo o que significava horrível mas eu não ligava

- Imagina a sua pior roupa - Fez uma cara incrédula - Vamos passar na minha casa então

- Pra que??

- Você não acha que vou sair com você desse jeito, né, não vou levar uma nerd pra uma festa - Ela viu minha cara triste ao ser chamado praticamente de feia - Hein não fique triste eu vou deixar você um arraso

- Ok, então

Chegando em sua casa, nem tão grande paramos em um quarto pequeno com uma cama de solteiro, um guarda roupa, uma cômoda e um espelho, na cama não tava nem pra sentar de tanta roupa em cima o que significa que Jisoo era uma bagunceira e também tinha muitas embalagens de salgadinhos, biscoitos. Além de bagunceira era porca 

- Quantos anos você não limpa seu quarto hein?

- Engraçadinha, vamos pra o que interessa!

Ela correu em seu guarda roupa pra pegar uma roupa pra mim, ela pegou uma roupa que tava no cabide e pelo jeito era nova mas quando eu vi aquela roupa curta eu logo protestei, era uma mini blusa blanca e uma saia xadrez vermelha

- Não vou usar isso não!

- Menina para de cu doce, que já estamos atrasadas, veste logo que eu vou pensar o que fazer no teu cabelo

Eu fui me trocar no banheiro que estava perto da cozinha, quando eu me vi com aquela roupa eu pensei até que não tá feio

Saí do banheiro e vi que Jisoo tava de boca aberta me deixando corada

- Você está um atraso

- Para de mentir, você só tá falando isso por que é minha amiga - Ri, mas depois pensei, eu chamei Jisoo de amiga será que ela queria ser minha amiga de verdade? Até agora ela foi legal comigo é claro tirando o que aconteceu logo cedo na escola com seus amigos, ela seria minha primeira amiga

- Amiga? - Fez cara de dúvida - Pensei que não iria falar que era sua amiga 

Ri feliz por ter uma amiga de verdade.

- Agora vamos, senta aqui - Puxou uma cadeira pra me sentar e pegou sua chapinha e começou passar nos meus cabelos depois finalizou com uma maquiagem leve (mas foi difícil ela aceitar fazer uma maquiagem leve porque eu tive que fazer birra pra ela não passar uma maquiagem forte) pra vocês ver que eu não gostava de maquiagem, cosméticos, roupas, mas mudei de ideia quando me olhei no espelho

- Uauu! Sou eu mesma

- Sim é você em pessoa - Riu do seu cometário sem graça me fazendo rir também

- Espera - Gritou Jisoo - Falta um acessório importante - Espera aí

- Falta mais nad... - Interrompida por uma Jisoo com cara de que ia matar um

- Então você pensa que vai com essa sandália havaiana, a perai né - Ela veio trazendo um sapatinho tão fofo, depois pensei depois dessa tal festa vou sair de fininho pra mim pegar as roupas que eu tava vestida e não entregar mais

Coloquei o sapatinho e tava perfeito, eu nem parecia aquela nerd de manhã

- Então vamos - Jisoo perguntou

- Vamos

Pegamos um ônibus, como eu não tinha levado nem bolsa imagina dinheiro Jisoo pagou minha passagem

- Nós vai de ônibus por que o idiota do Jimin está ocupado com uma garota estrangeira que ele conheceu - Riu - Ainda mais está todo apaixonadinho haha

- Jimin? O menino de hoje cedo

- Quem mais?

- E ele tem carro? Ou tem idade pra dirigir

- Não né - Eu fiz uma cara de WTF? e ela percebeu - Relaxa o carro não é roubado, é do pai dele - Respirei aliviada - E ele tem 17 vai fazer 18 esse ano

- Ok

Ficamos esperando chegar nessa festa e ficamos conversando pra distrair. Chegando numa casa melhor uma mansão, já ouvia as músicas altas tocando Mommae de Jay Park, só conhecia esse idol por sua fama de criar letras inadequadas pra menores, mas nunca escutei as músicas dele, não que eu não goste de escutar músicas eu amo escutar principalmente girl group eu amava um grupo chamado 2NE1 e gosto também de aprender os passos de danças difíceis e até que eu era boa em aprender, só que eu parei de praticar danças por causa que minha mãe um dia me pegou ensaiando daí ela disse que eu tava desperdiçando tempo fazendo nada enquanto eu poderia estudar e cá entre nós aquilo tava me enchendo, talvez Jisoo tenha razão eu preciso sair e conhecer pessoas novas. Depois da primeira música acabar começou tocar Bitch I'm Madonna e eu amava aqula música

- Olha nós vai entrar, e vê se não se perde

- Ok

Entrando na mansão que tinha muitas pessoas, umas se pegando, umas conversando, umas fumando e outras dançando e tinha uma enorme piscina tão bonita também tinha uma mesa cheia de comida e bebida de várias variações chamei Jisoo pra ir comigo até a mesa pra pegar comida é claro né não ia desperdiçar né mesmo. Chegando lá peguei vários salgados e comi.

- Você passa necessidade em casa, é? - Riu que nem louca, talvez meia bêbada pela dose de bebida que tomou de uma vez

- Né isso - Ri também, me sentindo mais solta com Jisoo, ela me trazia confiança

- Certo, vamos procurar meus amigos e tem vários gatinhos pra você aqui hein

- Ah Jisoo, por favor né não me ilude. Quem vai me querer?

- Como assim!? Você tá um arraso então para de frescura, já falei

- Vamos logo, vai

Ela então foi em um grupo que tinha 7 meninos e 3 meninas

- Olaa pessoas! Jisoo falou alegre em ver seus amigos

- Olaaa!! Disseram em uníssono

- Olha a atrasada - Um menino loiro bonito falou abraçando Jisoo

- Não foi culpa minha, foi dela que, que é uma criança e tive que fazer o papel de mamãe hoje e ir arrumá-la direito por que ela não sabe - Jisoo disse rindo e logo todo mundo começou olhar pra minha cara e rir, eu olhei ela com um olhar mortal à xingando de tudo que não prestava em pensamento e pensei também pra que ter inimiga se tem Jisoo

- Não liga pra essa louca - Disse o menino loiro

- Eu to brincando Jennie - Jisoo olhou pra mim com cara de cão sem dono e começei a rir de como ela é tão bipolar

- Eu sou Jackson, prazer - O menino de cabelos loiros se apresentou

- Ah prazer, Jennie - Jackson beijou minha mão me deixando com as bochechas avermelhadas

- Uii, que hoje a noite vai rolar! Disse um menino alto com cabelos negros e uma franja que caía levemente em seus olhos castanhos

- Gente, por favor - Falei meia irritada e com vergonha

- Calma não tá mais aqui quem falou

- Então Jimin quando vai me apresentar minha 'cunhada' hein? - Foi a vez de Jisoo perguntando ao Jimin da tal garota de aparência estrangeira e mais baixa que ele ao seu lado com as mãos dadas um casal bem fofo

- Ah noona, por favor, não me deixe com vergonha - Jimin riu fechando seus olhos ficando só dois risquinho, e olhando para a sua provável namorada

- Tão fofo meu oppa - A menina se pronunciou pela primeira vez, ela era bem baixinha, cabelos longos negros com uma franja, uma fofa - Me chamo Emilly, prazer

- Prazer, Jisoo - Jisoo disse animada - De onde você é? - Estava louca pra matar sua curiosidade

- Eu sou de Canadá, vi fazer intercâmbio aqui com mais duas amigas e acabei conhecendo o Jimin, foi uma das melhores coisas que aconteceu quando eu vi aqui - Beijou seu oppa na bochecha, Jimin ficou com as bochechas levemente avermelhada

- Nossa que legal - Falei animada, pois era meu sonho fazer um intercâmbio no Canadá

- É sim - Emilly disse olhando pro namorado e deixando um sorriso de apaixonada

- Então vou apresentar os outros - Jisoo disse pra mim e a observei atentamente - Pra você não ficar aí de vela

- Jisoo, por favor!!

- Tá certo - Jisooo riu - Então você já conheceu Jackson, Namjoon - Namjoon olhou pra mim e deu joia com as mãos com um sorriso adorável mostrando suas adoráveis covinhas parecendo uma criança inocente nem parecia aquele menino perverso de hoje de manhã - Jimin, Emilly - Disse apontando para eles - Então esse menino que falou que você e o Jackson ia se pegar é o Jungkook

Olhei pra Jisoo querendo matar ela novamente, enquanto Jackson riu

- Então prazer Jennie - O tal Jungkook apertou minha mão rindo

- Então esse aqui é o Yoongi, não liga pra ele que ele é meio rabugento sabe - Jisoo riu como sempre

- Jisoo eu sou um amor - O tal Yoongi disse rindo, ele tinha cabelos negros e era muito pálido mas que combinava com ele, com um sorriso doce e que ficava lindo quando sorria - Então Jennie não acredite nela - Yoongi disse sorrindo e eu sorri de volta

- É eu sei quem é a peça - Falei - E olha que eu conheci ela à pouco tempo

- Ah olha quem fala, continuando esse é o Jin a mãe do Oqueo

- Prazer Jennie - Jin veio me dar um abraço forte e eu ri com sua ação ele realmente parece ser uma pessoa responsável por esses monte de adolescente sem juízo

- Prazer Jin - Disse sorrindo pra ele

- Esse é o Hobi - Ela se direcionou no meu ouvido e cochiçou que era seu crush, ri com aquilo - Então ele é o palhaço do grupo

- Perai palhaço!? Aí pegou pesado disse rindo e ele tinha um sorriso brilhante

- Prazer Jennie!! - Disse gritando e apertando minha mão - Ri

- Certo agora essas duas garotas - Apontou pra duas meninas bem bonitas e uma não parecia asiática

- Olá - Uma menina mas alta pouca coisa de mim com cabelos ruivos natural muito linda disse - Eu sou Rosé, prazer

- Oi eu sou Jennie, prazer - Sorri pra ela que me devolveu o sorriso de volta

- Oi Jennie eu sou a Lisa - Uma menina também pouca coisa alta de cabelos curto loiro e uma franja, adorável

- Prazer Lisa

Depois de 80 anos se apresentando e já estava me achando importante pois nunca aconteceu isso comigo, na verdade tudo aquilo que estava acontecendo eu ter saindo de casa escondido dos meus pais, ter uma amiga, ir a uma festa e agora conhecer várias pessoas legais que me trataram muito bem, tirando as brincadeiras né

Depois de conversarmos muito, tiramos muitas fotos e comemos muito, claro que eles beberam muito só que eu fique só no refrigerante

- Jennie - Jisoo me chamou

- Oi

- Jackson tá afim de você

- Oque? Jisoo para

- Parar o que doida to falando a verdade

- Você que tá bêbada, e fica vendo coisa - Na verdade era isso mesmo por que o Jackson não parava de ficar me olhando e eu toda sem jeito, oh meu Deus, o que eu faço?

- Você sabe quem tá bancando essa festa? Quem é o dono dessa mansão e tudo mais - Neguei com a cabeça pois não sabia de quem era a casa e nada tava até pensando que eu e Jisoo entramos de pentra, mas fiquei de boca aberta quando descobri quem era que tava pagando aquilo tudo - É o Jackson

- Sério?

- Sim

- Hum - Dei de ombros

- Ei vocês aí - Jackson e Hobi vieram até nós, cada um com um copo na mãos - Tão fazendo o que aí  fofocando? - Hobi falou rindo

- Exatamente isso - Todos nós quatro rimos

- Então toma Jisoo - Hobi deu o copo que Jisoo logo virou de uma vez arrancando uma careta engraçada

- Toma Jennie, toma você não tomou nada - Jackson me deu o copo, que eu aceitei por edução

- Quero ver você virar - Hobi disse me desafiando

- Então tá - Peguei o copo e virei de uma vez que desceu rasgando pela garganta me arrependi, queria cuspir pra fora mas não não fiz isso, se não iriam pensar que eu era uma fraca então aguentei e engoli fazendo uma careta de desagrado

- EEEEEE!! - Todos os três comemoram

Enquanto eu ficava sentada num sofazinho meia tonta por causa da bebida, Jisoo e Hobi sumiram eu acho que sei o que vão fazer, aquela Jisoo sei não, enquanto tava lá na maior desaminação Jackson sentou ao meu lado e começamos a conversar e eu ri muito com suas histórias engraçadas, ele é tão legal que uma hora me vi fitando ele. Ele percebeu o meu olhar sobre ele e começou a rir disfarçado mas eu percebi morrendo de vergonha o que eu tava fazendo? Depois ele olhou pra mim eu pra ele aí do nada começamos com um selinho, depois um beijo, um BEIJO eu não era mais bv, eu tava muito louca mesmo e o beijo foi muito bom paramos por falta de ar, depois começamos de novo depois da segunda parada eu percebi o que tava fazendo e pedi desculpas pro Jackson que me olhou com dúvidas pois foi ele que começou o beijo.

Saí correndo pegando mais bebidas e virando de uma vez, até estar bêbada cem por cento, pois estava feliz tinha beijado um garoto bonito e legal, fui pro meio da pista de dança que por coincidência começou tocar Bitch I'm Madonna começei a dançar parecendo um boneco do posto e a cantar que nem uma bizerra por conta da embriaguez no meio da pista e naquele momento eu não estava ligando pra nada, só pensando de como a vida pode ser boa e era isso que eu queria, ir pra festas, conhecer novas pessoas, ter novas amizades, beber, beijar e ter uma melhor amiga que tinha certeza que já tinha e era Jisoo, mesmo que ela me deixou na festa sozinha pra se pegar com o Hobi, mas era mesmo assim


           FLASHBACK OFF


Fiquei boa da depressão parei de ser tímida comecei ir pra festas que minha amiga me levava comecei me arrumar e tal! E esqueci como é que se estuda, e minha mãe enche meu saco todo dia.

- Eu estou ferrada, vey - Disse com desespero

Eu já tava pensando o que minha mãe ía falar quando visse minhas notas horríveis, até fiquei com dor de cabeça




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...