História Meu psiquiatra - Capítulo 107


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 115
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe os erros e uma boa leitura 📖💙

Capítulo 107 - Cento e seis


```Cento e seis 106```

 

— Obrigada por me ouvir e me perdoar. - Falo e ele sorri fazendo carinho em meu cabelo.

 

— Querida quem tinha que ser perdoado aqui era eu não você, você passou por muita coisas - Fala e da um beijo no topo de minha cabeça.

 

— Agora somos uma família, e eu estou orgulho por você querer mudar. - Fala sorrindo e vejo uma lágrima saindo nos olhos de meu pai logo trato de secá-las.

 

— Não chore meu pai - Falo sorrindo — Nunca mais iremos ser separado.

 

— Quando você sair daqui quero aproveitar todos momentos contigo. - Fala e assenti com a cabeça confirmando.

 

— Eu também quero aproveitar com você papai - Falo sorrindo. 

 

Chris — Sei que este momento de pai e filha está ótimo, mais o horário da visita acabou papai e Jungkook também.

 

Jungkook — não posso aproveitar um pouquinho com ela.

 

Chris — Não Senhor Jeon, regras são regras - Fala Chris e Jungkook faz um bico adorável fazendo todos rirem até o mesmo.

 

— Então vou indo princesa eu volto para te visitar - Fala me dando um beijo na bochecha.

 

— Estarei esperando meu pai - Falo e dou um beijo da bochecha.

 

Chris — Até amanhã mana - Fala Chris dando um soquinho no meu ombro, eu reviro os olhos e ele ri, ele estava quase saindo do quarto só que eu o puxo e o abraço.

 

— Obrigada - Falo e ele me abraça mais forte — Obrigada por tudo Chris, por me dar uma família - Falo e escuto um chorinho leve.

 

Chris — Não têm o que agradecer baixinha - Fala e me dá um beijo no topo da minha cabeça — Até amanhã.

 

— Até amanhã - Os dois saem do meu quarto e fica eu e Jungkook e corro até a ele e o abraço. — Jungkook fala que isso não é um sono - Falo e coloco minha cabeça envolta de seu pescoço — Fala que não vou acordar e percebe que isso é apenas um sono. - Ele me abraça mais forte.

 

Jungkook — Não é um sonho meu amor é real, você tem uma família - Fala e da um beijo em meu pescoço e eu dou no dele.

 

— Te amo Jungkook e demais, fala pra mim que não vai acontecer o que aconteceu com os meus pais. - Falo pois tenho medo de perder Jungkook.

 

Jungkook — Te prometo tentar o máximo para não chegar aonde seus pais chegaram, te juro não abandoná-la te juro te amar - Fala e eu não resisto e dou um beijo nele, neste beijo tento mostrar todos os meus sentimentos. — Eu te amo e não vou te abandonar ou para de sentir este amor que sinto por você.

 

— Eu também não - Fala e eu vejo ele sorrindo — Que foi?

 

Jungkook — Foi o primeiro beijo que você tomou iniciativa - Ele fala sorrindo — E eu gostei muito - Fala e coloca uma mecha do meu cabelo atrás da orelha — Muito - Fala beijando meu pescoço.

 

— Jungkook - suspiro.

 

Jungkook — Vou indo mais amanhã eu volto para você meu amor.

 

— Mesma hora de sempre?

 

Jungkook — Mesma hora de sempre - Me da um selinho demorado e sai do quarto.

 

Me deito em minha cama, mega feliz minha felicidade não cabia no peito, queria gritar para o mundo que estou feliz

 

— Eu estou feliz - Falo baixo só para mim

 

Dia seguinte

 

Estou deitada em minha cama, dormindo finalmente culpa da ansiedade e da alegria que estava sentindo não consegui tão cedo. 

 

Maria — Bom dia querida - Fala entrando no quarto sorrindo.

 

— Bom dia Maria - Falo alegre e a mesma aumenta seu sorriso.

 

Maria — Soube de ontem, que bom querida que tudo está se ajeitando na sua vida - Fala e eu concordo com a cabeça.

 

— Verdade Maria minha vinda nunca este no trilhos com estão agora - Falo sorrindo — Remeio e?

 

Maria — Sim, mais o Doutor Chris diminuiu a dosagem. -  Fala feliz eu fico feliz também.

 

— Passo grande que eu dei né?

 

Maria — Cada passo que você está dando é um orgulho as pessoas que estão ao seu redor. - Fala e faz carinho em meus cabelo e fecho os olhos para aproveitar cada toque deste ato de carinho.

 

— Obrigada Maria.

 

Maria — De nada querida


Notas Finais


Ate o próximo e desculpe se este capítulo não ficou bem - hoje não estou muito bem, mais para não deixar vocês sem capítulo tentei fazer um e espero que tenha ficado bom ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...