História Meu Querido Chefinho - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Chefe, Hentai, Masoquista, Mestre, Romance, Sadomasoquismo
Visualizações 12
Palavras 585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Club das Coelhinhas


Fanfic / Fanfiction Meu Querido Chefinho - Capítulo 1 - Club das Coelhinhas

—FLashback: Club das Coelhinhas 1h30min da manhã.

 

Lá estava eu sentada em uma das cadeiras do camarim me arrumando para me apresentar no palco.

—Já estava cansada de trabalhar nesse local todas as noites — pensei colocando minhas orelhinhas de coelho da cor preta, logo entraria no palco. Lady  Queen uma das mais velhas do Club, estava acabando sua parte, a vários homens de alta classe, seja velho ou novo todos eles esbanjavam o Club, a cada nota de dinheiro jogada no palco, as dançarinas se esforçava mais e mais efetuando o seu dia de treino. Lady Queen se agacha sensualmente pegando as notas do chão, e por fim mandando o beijinho de coelho para todos os que estavam presente.

 

Ao caminhar em minha direção, a mesma me dá uma piscadela — Dê o seu melhor, por mais difícil que seja, flor —diz, entrando no camarim.

 

Logo ouço a gerente falando, o nervosismo me toma por um instante, mas já estava acostumada com esse ambiente, homens, dinheiro, e coelhinhas se disputando.

 

Ouço meu nome ser chamado, entro no palco com um simples sorriso no rosto, a roupa de coelhinha extremamente sexy, preta e branca.

 

— Princess Hina, ao seu dispor Mestre — manter o sorriso no rosto, muitos impressionado, outros grupos gritando meu nome, malditos! Eles já fazia noção de tudo o que estava sendo feito, meu trabalho? Uma Striper, dançar e fazer certas coisas que...sinceramente não quero fazer. Logo um homem levanta, alto, roupas de marca estiloso, cabelos ruivos, curto na altura da nuca. Pega sua carteira e de lá tira um bolo de notas, e logo joga perto de meus pés.

 

Olho para o homem.

 

— Faça o que eu mandar, Princess Hina — disse, soltando uma risada debochada, me seguro para não dar um murro na fuça desse cara mimado — Venha Princess Hina vamos para um lugar privado, venha se divertir comigo, somente nós dois à sós, vou te pagar muita grana! — continua, balançando várias outras notas em mãos — Só irá ganhar o restante do dinheiro, se você fizer o trabalho direitinho.

O mesmo me puxa do palco, me levando até a ala das cabines privadas, eita um lugar calmo, mal dava pra ouvir o pessoal do salão principal, ou a música alta de The Weeknd. 

Ele ainda não havia soltado meu braço, suas mãos segurava meu braço com força, como se eu fosse escrava dele. 

— Poderia me soltar, por favor — disse, colocando minhas mãos em cima das suas, educadamente. O que foi literalmente em vão, o mesmo soltava aquela risada.

 

Quando dou por mim, estou sendo jogada na cama e o cara está por cima de mim.

— Senhor...os clientes não podem encostar nas coelhi — sou interrompida brutalmente. Esse homem pegando em meus braços e colocando por cima de minha cabeça.

Gritar não iria adiantar nada, a música era alta do outro lado da porta.

Comecei a me espernear, tentando escapar das garras desse animal. Olho para os lados, esse sorriso cínico — Odeio esse tipo de cliente! — disse gritando, ainda me esperneando tentando me soltar de suas mãos. O mesmo começa a dar risada, aproveitando pelo descuido do mesmo, dou um chute em suas partes de grande prazer.

Me levanto, me arrumando.

— Você é repuguinante, irritante! — disse gritando. Ao abrir a porta vejo o dono do Club, a expressão de seu rosto era de irritado, extremamente irritado, já sabia muito bem o que me esperava.

 - End of Flashback –



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...