História Meu querido criminoso (remake) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias DRAMAtical Murder, Fairy Tail, Vocaloid
Personagens Aoba Seragaki, Clear, Gakupo Kamui, Gumi Megpoid, Kaito, Miku Hatsune, Mikuo Hatsune, Mizuki, Noiz, Personagens Originais, Trip, Virus
Visualizações 37
Palavras 995
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Fluffy, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu aqui de novo, eu realmente não tenho nada a comentar sobre esse capítulo...

Capítulo 16 - Ainda não...


Fanfic / Fanfiction Meu querido criminoso (remake) - Capítulo 16 - Ainda não...

Pov's Aoba

Encontramos o Noiz sentado no banco, ele tava vestido de fantasma e mexendo no celular e as vezes xingando alguma coisa.

Eu olhava pra alguns cantos as vezes, procurando uma certa pessoa q disse q iria vir, mas até agora não chegou, já faz um tempo em q estou aqui e agora a pouco fiquei sabendo q o Hikaru foi embora, Mizuki disse q ele falou q estava com dor de cabeça e acabou indo pra casa e eles iriam comprar alguma coisa pra comer, parece q a cantina ta vendendo umas coisas legais hj.

Eu estava do lado de fora do portão sentado na calçada, tinha q sair um pouco, lá dentro está quente e aquela música escrota de carnaval tava me encomodando...

Aoba:
- É melhor eu entrar, parece q vc não vem... - Senti um peso nas minhas costas...

Miku:
- Quem não vai vir? - disse se apoiando no meu ombro.

Aoba:
- A garota q eu tava esperan... - Me levantei de uma só vez, ela ficou pendurada em mim e se soltou.

Ela estava com uma fantasia de polícial, eu acho... Bem parece q sim, apesar q o uniforme é rosa, ela estava mais alta, estava usando um coturno q ia até o joelho q tinha um salto q deixava ela uns 4 dedos mais alta, mas ainda era menor q eu.

Eu acabei não deixando ela falar, eu estava animado e acabei reparando q ela estava suada, o suor de seu rosto decia pra dentro da blusa prata dela... Acho q eu nunca desejei tanto na minha vida ser uma gota de suor. Eu puxei ela pra dentro da escola, iria comprar alguma coisa pra ela, provavelmente um refri, água e um bolo. Parei de puxar ela quando chegamos na fila, eu ainda estava segurando a mão dela.

 Consegui ver Mizuki e Noiz lá na frente, não queria ir até eles, quero ficar apenas com ela agora... ela apertou a minha mão e encostou o corpo nas minhas costas, senti a respiração dela no meu braço.

Miku:
- Aoba... - Olhei pra ela e acabei reparando q o cara atrás dela estava pegando na perna dela.

Troquei as posições fazendo ela ficar na minha frente, eu estava preparando pra dá um soco no infeliz... Mas ela não deixou.

Miku:
- Esquece isso... - se virou pra frente e puxou minha mão por cima do ombro dela, eu acabei não resistindo e abracei ela... Tinha muita gente olhando pra bunda dela... Não q eu esteja com ciúmes...

Aoba:
- Okay...

Ficamos mais um tempo na fila e finalmente consegui comprar alguma coisa "descente" pra comer e eu fui no banheiro tirar essa maquiagem da cara, tava coçando . Acabei levando ela pra minha sala, já q estava vazia e do lado de fora estava uma bagunça e também séria melhor pra comer... No sentido literal, não no de fuder, eu sou inocente, ok? Não faço essas coisas erradas... Ainda...

Miku:
- Eu não queria ficar naquela frescura de deixar vc pagar ou não, então da proxima vai ser eu q vou comprar alguma besteira pra gente comer. - se sentou em cima de uma mesa e abriu o pote do bolo.

Aoba:
- Eu não ia deixar vc pagar de qualquer jeito mesmo. - disse sentando na cadeira a frente dela com os braços cruzados.

Miku:
- Seja obediente com a sua dona, irei te punir...

Ela saiu de cima da mesa, deixando o pote com o bolo em cima da mesma e ficou entre as minhas pernas, tirou o meu chapéu e me beijou. Eu não sei se eu fico admirado pela forma q a nossa intimidade está bem avançada ou se eu fico assustado. A "polícial" se sentou na mesa q estava na minha frente.

Aoba:
- Eu gosto de receber punições... - falei em quanto sentia ela morder o canto da minha boca. Coloquei as mãos na cintura dela.

Miku:
- Masoquista... - Parou de me morder e me fez deitar a cabeça no colo dela. Ela tava fazendo carinho em mim e as vezes mexia nos meus brincos oq me dava um certo tipo de aflição por minha orelha ser muito sensível... Então, parece q eu ganhei dessa vez, bolo. 

Algum dia essa garota me mata... Passamos mais um tempo na sala e logo foi anunciado os ganhadores do sorteio, acho q eu nem comentei q ia ter um sorteio de uma bicicleta e mais alguns prêmios, eu não estava muito interessado nisso, eu sabia q ia ser chato e tava dando graças a deus q o professor chato vai sair da escola... Na verdade eu acabei de me lembrar de uma coisa.

Aoba:
- Preciso pegar o meu trabalho na diretoria, eu já volto.

Sai correndo da sala em direção a diretoria, eu deixei o meu cartaz do trabalho sobre halloween aqui, deu muito trabalho pra fazer e eu não quero deixar ele aqui... Na verdade eu não sei oq vou fazer com ele, mas definitivamente não vou deixar ele aqui. Cheguei na sala da diretoria e fui direto pra porta do armazenamento, é onde eles guardão tintas, cartazes, trabalhos e varias outras coisas. Comecei a procurar o meu trabalho, era uma cartolina rosa, MAS TINHA MILHARES DE CARTOLINAS ROSA!!

Eu desisti de procurar meu precioso trabalho e voltei pra sala onde a polícial q não queria mais saber do bolo... Estava segurando um copo com um líquido meio vermelho e na outra mão  estava segurando um estilete e em cima da mesa tinha uma garrafa de vidro escrito "ouija" nela, assim q ela me viu, ela me abraçou, com o rosto muito proximo do meu... Mirando o estilete para o meu pescoço... Wooow! Espera um pouco, eu não quero morrer ainda, isso é algum tipo de brincadeira... Não quero q esse seja o meu fim, ainda não... Não pode acabar assim. 

Miku:
- Aoba... - aproximou o estilete do meu pescoço.

CONTINUA>>>


Notas Finais


Aaaaaaah! Eu não sei oq dizer, isso tá ficando muito bom!!! Esse mini hot... Demorou horrores pra mim tomar vergonha na cara e fazer ele, sinceramente, eu não sei escrever hot, mas espero q isso tenha compensado aquele selinho do encontro. Até a próxima 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...