1. Spirit Fanfics >
  2. Meu querido cupido - Jikook >
  3. Capítulo 5

História Meu querido cupido - Jikook - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoas, bem... Aqui estou eu com mais um capítulo pra vocês.
Eu demorei, me desculpa não era a intenção, é que eu queria escrever o melhor capítulo possível, e esse foi o melhor que eu consegui.
Minha saúde mental também não está muito boa, mas ok vai passar

Bommmmm, espero que goste do capítulo
Boa leitura
Beijos!

Capítulo 5 - Capítulo 5


Eu andava de um lado para o outro em uma rua perto daquele mesmo parque, onde Jeon havia montado sua barraquinha de conselhos amorosos. Eu me perguntava se Jungkook acharia estranho eu ficar indo até lá todos os dias apenas para observá-lo.

Todos que passavam me olhavam, eu estava começando a ficar envergonhado, mas eu não podia fazer nada sobre aquilo, meu coração me dava uma resposta e meu cérebro retrucava com uma melhor ainda.

Fiquei desse mesmo jeito por mais alguns minutos até que senti alguém me cutucar. Me virei para trás e vi uma garota, completamente desconhecida ali sorrindo para mim.

- Com licença, você está bem? - perguntou enquanto me olhava de cima a baixo, em busca de alguma outra coisa errada além do meu comportamento estranho.

- Estou, obrigada. - respondi com um leve sorriso e saindo dali o mais rápido que pude, por mais que isso não tenha sido muito educado da minha parte.

Tentei passar bem longe daquele parque, eu queria evitar qualquer contato com Jungkook naquele momento, mas como nada dá certo para mim acabei esbarrando com o mesmo na volta para casa. Era como se o mundo todo estivesse contra mim nesse dia.

- Olá Jimin! - falou Jungkook com um sorriso, provavelmente ele estava tentando ser educado, mas esse sorriso era completamente desnecessário que servia apenas para brincar com o meu coração.

- Olá Jungkook! - sorri de volta e continuei seguindo meu caminho. 

Apenas alguns segundos depois pude ouvir Jeon me chamar, me virei lentamente para trás e fiquei ali mesmo onde estava e o olhei esperando que falasse alguma coisa.

- Você pode me ajudar um pouco? - perguntou vindo em minha direção, por mais que não estivéssemos tão longe assim antes.

                             *

Agora eu me encontrava em completo estado de pânico, estava sentado em uma espécie de mini barraca ao lado da de Jungkook. Pelo visto ele estava precisando de ajuda com os conselhos, e decidiu pedir justamente para mim, o ser humano que menos sabe sobre o amor no mundo, para ajudá-lo a atender todos os clientes.

A mesma garota de mais cedo apareceu ali, ela sorriu para mim e logo depois começou a falar.

- Bom... Como eu posso dizer isso... - falou enquanto olhava para baixo envergonhada.

- Relaxa, respira e fala logo. - falei olhando para ela.

- Então... - respirou fundo - Recentemente eu me apaixonei por alguém, e eu tenho certeza de que essa pessoa não gosta de mim entende? E ela também está namorando outra pessoa, e nem lembra que eu existo e toda vez que eu mando uma mensagem ela me deixa no vácuo e eu não aguento mais isso! - falou começando a chorar, mas não de um jeito normal em que escorriam apenas algumas lágrimas silenciosas. Ela estavam praticamente berrando, eu só queria cair dentro de um buraco e nunca mais sair dali.

- Por favor, se acalma garota, respira ok? Pare de chorar a gente vai arrumar um jeito de ela gostar de você ok? - falei em uma tentativa desesperada de fazer com que ela se acalmasse, mas isso não deu certo.

- Eu não sei mais o que fazer! Se ela não me ama minha vida nem tem mais sentido! - começou a chorar mais ainda.

- Bom, eu posso te garantir que você vai achar alguém melhor do que ela e se você realmente a ama você deveria simplesmente deixá-la ser feliz não importa com quem seja, apenas esqueça aos poucos, continue a viver sua vida normalmente e espere para ver o que o destino via lhe trazer. - falei fazendo com que a mesma me encarasse - Já se acalmou?

- Sim, obrigada! - falou olhando para baixo novamente e logo depois saiu dali.

- Eu sou ótimo nisso! - falei para mim mesmo com um leve sorriso - Espero que ela seja feliz.

                               *

Não aconteceu nada de interessante o dia todo, apenas várias pessoas falando sobre seus problemas amorosos. Ajudei Jungkook a desmontar as coisas e depois ele me chamou para tomar um café, apenas para agradecer pela ajuda.

- Ei Jimin! - falou após tomar um gole do seu café.

- Diga. - falei ainda olhando o cardápio.

- O que você acha de ser meu sócio? - perguntou enquanto me encarava com um sorriso.

- Isso é uma coisa meio complicada, é que tipo eu não quero passar praticamente o dia inteiro cuidando da vida amorosa das pessoas, eu tenho meus próprios problemas amorosos pra resolver entende? Eu não sou um cupido que fez isso a vida inteira e que nunca se apaixonou.

- Eu sei, eu sei - parou para pensar um pouco- E se eu te disser quem é a pessoa?

- Que pessoa?

- A do nosso acordo.

- Ah claro, a pessoa... Se você me disser quem é eu penso no seu caso.

- Bom, a pessoa é o Hoseok! - falou e depois tomou o último gole do seu café, logo depois se levantou - Te vejo amanhã no parque às oito horas. Boa sorte! - falou e depois foi embora.

- PERA... QUÊ? - gritei sem nem mesmo perceber após processar o que havia acabado de acontecer.


Continua...


Notas Finais


Então pessoas, sim era o Hoseok. Eu acho que isso era meio óbvio não sei.

Espero que tenham gostado
Beijos
Até a próxima

🌈 Arco-íris aleatório pra todo mundo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...