História Meu querido fantasma- Park Jimin - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Liam Payne, Louis Tomlinson, Lu Han, One Direction
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Harry Styles, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Liam Payne, Louis Tomlinson, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Seungri, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, Xiumin, Zayn Malik
Tags Bts, Park Jimin, Romance
Visualizações 152
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Castigo...


Jimin.....

Depois da conversinha com a senhora P. fui pro outro lado vê a (s/n), nossa tarde foi incrivel, ela é incrivel, e aproveitei para contar a mesma que talvez não desse pra vê ela mais durante o dia pois ia ter que ajudar meu pai com umas coisas, eu sei que eu não deveria mentir, mas o que vocês querem que eu faça? Chegue nela e fale " Oi ,(s/n) você sabia que eu tenho mais de 200 anos e estou morto? Ah, mas não precisa se preocupar eu sou bonzinho".

Já era noite quando fui para "casa" e cono já era de se esperar todos estavam atrás de mim, para saber o que a senhora P fez.

Jin- então qual foi o grande castigo?

Kook- Eu achei que você não iria voltar.

- Eu também, mas eu preferia não ter voltado do que ter que suportar a senhora P. o dia inteiro por tempo indeterminado.

Jin- Isso tem algo por trás.

- É claro que tem, mas se ela acha que eu vou cair ta muito enganada.- Falei rindo.

Jin- Você ta doido?

Kook- Ele ta rindo da própria desgraça.- Falou rindo junto comigo

Suga- bando de doido- falou entrando no quarto só te toalha.

- Eu já to morto, pelo menos posso ser feliz na minha morte- Falei tirando a toalha só suga e saindo correndo., o mesmo saiu atrás de mim gritando vários xingamentos.

Kook- O que aconteceu com ele?

Hoseok- Ele ta doido.

Tae- Eu to ficando com medo.

Suga- Você é um idiota- Falou tomando a toalha da minha mão.- Brincadeira mais sem graça.

Hoseok- O suga se chateia quando vêem o miúdo dele.- Falou rindo.

Namjoon- Da pra calarem a boca eu quero dormir.

Tae- Parece que o mau humor do jimin foi pra ele.

Jackson- O mau humor dele é porque apanhou- Falou rindo.

Hoseok- Ah Namjoon para de ser chato- Falou jogando um traveseieo no mesmo, mas que acabou agarrando no tae.

Tae- Ah é assim é- Disse jogando o travesseiro no hoseok, e tudo acabou virando uma guerra.

- Parem!- Falei alto- observem como se brinca- Disse pegando o travesseiro e jogando varias vezes no jin- Vamos atacar o Jin!.- Falei fazendo com que todos fossem ate o mesmo, nos fizemos uma bagunça ate parecia que estávamos vivos, nem parecíamos mais aquelas pessoas mau humoradas e tristes, parecia que a vida rodava pelo quarto, mas não por muito tempo.

( Quebra de tempo)

Já era manhã e eu já estava na sala da senhora P. eu não queria que aquele castigo se estendesse.

Senhora P.- Já aqui.- Disse entrando na sala.

- Quanto mais rápido eu terminar o serviço de hoje, mais rápido posso ir embora. Por onde eu começo?.

Senhora P.- Pode começar pegando um café ali no canto- Disse apontando pra uma mesinha onde se encontrava uma cafeteira.- Depois pode arrumar aqueles papeis, eleexestao se acumulando a tantos anos.- Disse apontando para uma montanha de papel, tinha tanto papel que dava pra cobrir a casa inteira, eu apensa concordei com a cabeça, e comecei a arrumar tudo, tinha tanta coisa, tinha papeis de 1912, 1825, era cada um mais antigo que o outro, mais mesmo com tantos papéis e o silêncio que rondava o local, a única coisa que chamava a minha atenção era os lindos quadros nas paredes, tinha um que chamava mais a minha atenção, era um em que havia um bebê ele estava deitado em cima de un lençol de baixo de uma árvore, parece ser simples, mas os olhos daquele bebê transmitia uma coisa boa a vida e com isso o amor.

Senhora P.- Jimin, porque esta parado? Se eu fosse você adiantaria o seu serviço.

- Eu me distrai. Esses quadros são lindos, tem um efeito incrível, e transmite coisas muito boas

Senhora P.- Jimin você ta aqui de castigo e não para olhar os meus quadros.- Falou seria- E você ta arrunaneo os papeis errado, eu quero por data.

- Ok- Disse respirando fundo e me acalmando.

(S/n).....

Xxxxxx- Adivinha quem é- Disse uma voz conhecida tampando meus olhos.

- Jimin- Falei me virando e podendo vê o mesmo.

Jimin- Foi mal vim essa hora, mas eu tinha que vim aqui, pois quero te da isso- Falou pegando um colar em seu bolso.

- Porque esta me dando isso?

Jimin- Ah, ele era de uma pessoa muito importante pra mim, ela me deu, e me disse que eu deveria da pra alguém muito importante, então ai esta- Falou rindo.- E também considere um pedido de desculpas pelas minhas idiotices.

- Eu também quero te da algo.

Jimin- O qu...- Antes que ele terminasse de falar eu beijei o mesmo.- Eu deveria ter feito isso- Falou dando um leve sorriso.

- Considere então isso mais um propósito para voltar.

Jimin- Eu.... Já vou.- Disse indo embora como sempre.

Yuna- Eu vi.

- Você viu uma idiota, fazendo o que ten vontade, e um garoto estranho saindo correndo, como toda vez. Ele parece não gostar de mim, isso ta uma maluquice, eu não entendo mais nada Yuna.

Yuna- E pra que entender, as melhores coisas são incompreendidas.

- Você é maluca, e o pior é que eu também sou- Falei rindo.

Bethy- Ola pessoas- Disse entrando no quarto.

Yuna- Chegou a sumida.

Bethy- Xiu, gente eu gim fazer uma proposta incrível e que vocês não podem recusar, amanhã vai ter una exposição lá no mine museu da cidade, e o meu professor gato vai fazer um discurso, sera que tem como vocês irem comigo? Por favor.

- Ta bom- Falei rindo.

Yuna- Você não merece mais eu vou.

Bethy- Amanhã promete.


Notas Finais


Como a bethy disse amanhã promete, se preparem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...