1. Spirit Fanfics >
  2. Meu querido meio irmão >
  3. Capítulo sete

História Meu querido meio irmão - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


É só pra sair da minha cabeça

Capítulo 7 - Capítulo sete


Melissa

E então uma longa semana se passou, e eu acordei cada dia dessa semana disposta a fazer amizade com o novo integrante da casa. Eu fazia de tudo para poder conversar com ele, eu comecei a assistir até o futebol europeu para ter com o que conversar com ele. 

Quando o Zayn chegou na escola, foi uma febre, todas -quando eu digo todas eu quero dizer todas mesmo- garotas, ficaram de olho no Malik. O que era engraçado, já que ele não curtia toda a atenção que ganhava. Na realidade, ele não gostava de nada. Ou pelo menos eu achava que não. 

Todos na escola perceberam que eu tentava ao máximo me aproximar dele. Eu ficava parecendo uma boba querendo a atenção dele, mas, não. Ele era o meu meio irmão e eu estava disposta, pelo James, a conquistar a amizade dele. Todos meus amigos conseguiram fazer amizade com ele, parece que ele só não queria a minha amizade. Eu estava frustrada com isso. 

Eu estava sentada na arquibancada da escola sozinha, em um dia nublado. Pensando. O que eu tinha de errado? Justo eu, que mais queria a amizade dele, ele me ignorou completamente. 

Suspirei derrotada me me deitei.

- Uau! - Escutei uma voz feminina na minha direção. - Que desânimo é esse? - Kim perguntou risonha.

- Não é nada Kim, obrigada por se preocupar. - A mesma se sentou do meu lado.

- É o seu irmão, né? Todos vemos a forma que ele te trata. - Comentou, eu me sentei ao seu lado e fiz uma careta confusa. Ela me analisou. - Qual é Mel? Você ofereceu seu chá pra ele. E você nunca oferece seu chá. - Disse óbvia.

- Eu só quis ser gentil. - Ergui os ombros.

- Só que com ele, você é gentil de mais. E ele não merece sua gentileza. - Me aconselhou. - Agora, vamos! Temos que nos encontrar com todos na cafeteria. Você não viu seu celular? - Me repreendeu

- Ele está no silencioso, desculpa. - E fui seguindo ela.

(...)

Quando chegamos na cafeteria, todos estavam lá: Harry, Louis, Liam, Niall, Betty, Van, Angeliny e Zayn.

Eu parei de respirar quando o vi sorrindo. Meu mundo literalmente, parou por breves segundos e congelou aquela imagem. O seu sorriso era a coisa mais linda que eu havia visto aquela semana. Por que eu não conseguia o fazer sorrir assim, por quê? 

- Chegamos cambada! - Kim gritou, e todos os olhares foram para ela, menos um. Um dos olhares, congelou em mim.

Seu rosto frio e sem quaisquer resquícios do sorriso que eu vi estava congelado em minha direção. Minhas bochechas ficaram vermelhas novamente. Eu queria sumir dali. Era estranho isso, eu nunca me senti não bem vinda em um lugar.

- E aí Mel! - John o barman daquela cafeteria me cumprimentou, eu sorri simpática.

- Vai indo Kim, vou ficar um pouco com John. - Ela assentiu. Fui até a bancada e me sentei. - Olá John, como vai? - Perguntei, ele ficou em minha frente e sorriu.

- Agora muito bem! - Eu sorri de volta. John sempre foi um cara muito simpático comigo, e nós dois havíamos criado um vínculo gigante desde que ele veio do México pra cá. 

Pelo motivo da nossa amizade ser tão forte e super madura, algumas pessoas já chegaram a nos confundir como namorados. E eu nunca contei aos meus amigos o nosso status real. John disse que gostava de ver as carinhas confusas deles. 

- Diga, chica! ¿Qué pasa? - Perguntou interessado. 

- Nada novo Jo, apenas que eu ganhei um meio irmão. - E discretamente apontei ao Zayn, ele gargalhou.

- O Badboy é seu meio irmão? - Eu assenti. - Interessante. Aqui esta seu chá. Leve a ele a especialidade da casa, tenho certeza que ele irá adorar! - Eu assenti animada. Peguei o café gelado e meu chá e fui indo em direção a mesa dos meus amigos. Tomando todo o cuidado para não virar nenhum dos dois. Até que o John grita - Ei Mel, não deixe ninguém provar o seu mel, essa é a minha especialidade, ouviu? - 

E para alguém que não o conhece, essa frase pode ter muitos significados. Todos ali na mesa o olharam, eu fiquei vermelha. Zayn levantou da mesa de forma grosseira e quando ia passar por mim.

- Ei, eu comprei um café pra você, Zayn. - Ele passou por mim, bateu seu ombro no meu me fazendo derramar todo o café no meu suéter rosa e na minha saia azul bebê. Eu dei um leve gritinho pelo susto. E fiquei parada olhando pro chão. Toda a minha roupa estava suja de café. 

Eu nunca havia estourado com ninguém, nunca. Nem mesmo com o Josh. Mas isso... isso era uma falta de respeito comigo e com o James. Eu joguei meu chá no chão e me virei indo em passos fundos até o dono daqueles lindos olhos cor de mel. Eu o encontrei entrando dentro de um carro preto. Ele estava de costas a mim. Eu toquei no seu ombro o virando bruscamente em minha direção

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...