1. Spirit Fanfics >
  2. Meu querido meio irmão >
  3. Capítulo oito

História Meu querido meio irmão - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


É só pra sair da minha cabeça

Capítulo 8 - Capítulo oito


Melissa

- Olha, Zayn, eu não sei o que você tem contra mim, pra você me tratar desse jeito! Eu não admito que me tratem assim. - Eu gesticulava em sua direção. Ele estava quieto. - Nunca fiz nenhum mal a você, pelo contrário, eu tentei fazer algo gentil para que pudéssemos ser amigos. - Eu estava irritada com ele. - Eu não estou fazendo isso por você, eu faço pelo James, é dele que eu gosto. Não se sinta lisonjeado por eu tentar ser sua amiga. A partir de hoje, eu o ignorarei. E pode ter certeza, Malik - Falei Malik com desprezo. - Você foi uma pessoa muito má. - E agora a Melissa estava voltando. Eu enchi meus olhos de água e saí dali. 

Peguei minha bicicleta que estava acorrentada e pedalei até a minha casa. Assim que eu cheguei, abri a porta e dei de cara com minha mãe e James, eles me olharam assustados. Eu olhei para o chão e segui meu caminho, batendo com força a porta de entrada.

Fui até o meu quarto e me tranquei ali. Eu andava de um lado para o outro me perguntando se o quê eu fiz foi correto. Eu não deveria ter gritado com ele daquela forma. Droga Melissa! Adentrei o chuveiro tomando um longo banho. Vesti meu pijama e adormeci no meio dos meus cadernos.

(...)

Eu coloquei um moletom escuro e cumprido, e minha calça jeans rasgada no joelho. Coloquei meu costumeiro all star e prendi meu cabelo. Peguei meus fones de ouvido e saí do meu quarto.

Desci as escadas e já escutava algumas vozes. Eu suspirei e fui até a cozinha. Dando de cara com James, minha mãe e o Malik. 

- Bom dia filha. - Minha mãe me cumprimentou, eu assenti, peguei uma maçã e saí de casa apenas escutando um "O quê deu nela?"

Eu estava pedalando indo em direção a escola. Pretendia chegar cedo, já que hoje o primeiro período era natação. Queria poder não fazer essa aula, mas o professor Carl sabia das técnicas das meninas sobre a menstruação.

Eu cheguei na escola e prendi minha bicicleta na árvore e fui direto ao ginásio da piscina. Lá eu encontrei Carl. Ele sorriu na minha direção.

- Olá senhorita Carter. - Me cumprimentou, eu assenti. - Mal dia? - Perguntou. Eu assenti novamente. 

- Posso entrar na piscina? - Ele me cedeu a passagem. Fui ao meu vestiário e me troquei. Coloquei meu maiô preto e entrei na água.

Quando eu estava desse jeito, eu costumava nadar perto do chão. Não sabia bem o motivo mas, me acalmava. E hoje, eu estava sentada no fundo da piscina. Ficando embaixo d'água o máximo que eu conseguia. Gostava da sensação.

Quando subi para a borda, dei de cara com Niall, ele sorriu compreensivo na minha direção. Eu me sentei na borda e ele fez o mesmo. 

- Oi Melzita. - Me cumprimentou.

- Olá Nialler, como vai? - Perguntei.

- Estou bem, e você? - Eu desviei o olhar de sua pergunta. Não estava feliz, isso era fato. Mas, eu estava bem.

- Bem na medida do possível. Aquilo tudo que aconteceu ontem me deixou bastante chateada. - O encarei, ele assentiu.

- Malik foi muito babaca de ter feito aquilo por causa do ciúmes. - Aí eu ri. 

- Ciúmes? Zayn foi só um misógino sem sentimentos. - Suspirei.

- Ciúmes de irmão Mel. Sabe como é. Bom, eu vim aqui para ver se você estava bem. O Carl disse que você estava aqui então vim vê-la. - Niall sempre foi muito cavalheiro. - Não fique triste por algo que você não fez. - 

- Eu fui grossa Ni. - Fiz biquinho, ele sorriu e acariciou meu rosto. 

- Ele também. Agora venha, o pessoal já está na árvore. - Me puxou. Eu ri.

- Ei! Calma, eu tenho que colocar minha roupa. - Fui correndo no vestiário e me troquei.

(...)

Eu estava com meus amigos embaixo da nossa árvore, em meio a conversas e brincadeirad do Lou, eu fui melhorando o meu humor. Mas todos ali, concordavam que eu estava certa em ter agido daquela maneira. Percebi que Malik não veio na aula hoje e isso de certa forma me deixava mais tranquila. 

A aula passou perfeitamente normal. Quando deu a hora de ir embora, Josh me puxou pela mão e sorriu.

- Vamos Mel, um beijo não mata ninguém. - Eu puxei minha mão de volta. E tirei minha bicicleta de onde ela estava.

- Desculpe Josh, mas não. - Ele suspirou e me deu as costas. 

Fui pedalando até a minha casa.

(...)

Aguns dias se passaram, e minha mãe e James perceberam o que estava acontecendo, ou talvez o Liam tenha comentado em uma de suas visitas a mim. Eu estava cumprindo o que eu falei, ignorava o Malik completamente. E sempre que estávamos no mesmo ambiente eu sentia seu olhar em mim.

Malik conseguiu se tornar o capitão do nosso time de futebol, o que deixou Josh irritado. Todos meus amigos fizeram as pazes com ele, menos eu. E eu seguiria assim, até receber um pedido de desculpas. Depois que tudo isso aconteceu, as investidas do Josh tem aumentado cada vez mais, o que estava me deixando chateada. Josh havia perdido seu posto de capitão, agora ele queria namorar uma das garotas mais populares para não perder seu pequeno fã clube. Alguns dias se passaram e eu fui pedir desculpas a John, já que eu havia sujado todo o café dele aquele dia. Ele disse que não havia problema, já que foi ele quem causou tudo aquilo. 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...