História Meu querido priminho (incesto TaeJiKook) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Cl, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Minji, Park Bom, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sandara Park
Tags Amor, Bts, Drama, Hentai, Jikook, Kawaii, Namjin, Taemin, Yoonseok
Visualizações 51
Palavras 1.498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Magia, Misticismo, Orange, Poesias, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, oi meu amores!🌌💜💗
Vim aqui pedir para vocês que dêem uma olhadinha na Fic que eu recuperei! Eu estava totalmente insegura perante ela, então a excluí a um bom tempo atrás. Agora eu estou a corrigir ela.
Sei que não está tão boa quanto as minhas fics mais recentes, mas eu preferi deixar bem parecida com as anteriores.

Se leu até aqui, saiba que te amo👣💙🌌

Capítulo 18 - XIIX


Fanfic / Fanfiction Meu querido priminho (incesto TaeJiKook) - Capítulo 18 - XIIX

Após brincarmos de várias outras coisas e cansarmos totalmente, resolvemos ver um filme. O filme escolhido é Diário de uma Paixão.

Jimin sentou-se ao lado de Taehyung, ficando ao meu lado também, e Sayuri senta ao outro lado. Namjoon e Seokjin sentaram no sofá menor.

Ao meio do filme, acontece uma cena quente, onde Allie e Noah se pegam no escritório. Ambos estão encharcados de água, o que deixa a cena mais quente.

Percebo um pequeno desconforto da parte de Sayuri e Jimin, que se contorcem no sofá. O que há com essa gente?

-Noona, você tá bem? – cochicho em seu ouvido.

-N-não sei, Kook. Eu vou ao banheiro.

-Me aguarde lá.

-M-mas por que? – fica um pouco nervosa.

-Ah. Não sei; só... me aguarde.

-Tá bom. – ela levanta e anda até o banheiro mais próximo, cujo fica perto da área de serviço.

Aguardo um tempinho e levanto, indo até o banheiro.

Ao chegar no mesmo, bato na porta. Sem resposta. Bato novamente. Não também. Encosto minha orelha na porta, para tentar saber se ela está lá. Ouço um pequeno gemido.

-Nossa! – rio e ponho a destra em frente a minha boca. – Acho que ela está bem ocupada... – dou meia-volta e ando até o sofá novamente, já não encontrando Jimin e Taehyung lá.

-Nam, onde eles foram?

-Jimin falou que estava cansado e que ia subir para seu quarto, pois teria aula amanhã. Taehyung o acompanhou.

-Okay... Obrigado.

Namjoon continua a afagar os cabelos rosa de seu namorado em seu colo. Sendo bem sincero, eu acho que eles formam o casal perfeito.

-Nanie! – seu namorado o diz manhoso.

-Fala meu amor.

-Eu quero dormir. – olha-o inocentemente, parecendo um bebê.

-Okay, meu anjo. Vamos para o quarto então. Boa noite Kook.

-Boa noite Nam.

-Juízo, hein menino? – pisca para mim, que recebi o recado.

-Pode deixar. – sorrio para o mesmo. Nam segue seu caminho, sendo seguido por um Seokjin sonolento.

Fico no sofá deitado vendo o final do filme tranquilamente, até que Say volta, e senta no sofá, colocando minha cabeça em seu colo.

-Noona, o que você estava fazendo no banheiro? – pergunto inocentemente.

-E-eu... Ai meu Deus. – coloca a mão no rosto e sorri constrangida. – Bom, a noona...

-Noona, não precisa responder se não quiser. – sorrio para a mesma.

-Okay então. – beija minha testa. – vamos dormir? Já está tarde e eu preciso ir trabalhar amanhã.

-Tá bom! – me levanto de seu colo, sendo acompanhado por ela.

Nós vamos até o meu quarto.

-Pode deitar, noona! – a menina faz o que falei.

Ela está realmente cansada, ela deitou e se aconchegou nos cobertores. Sentei-me na cama e fiquei a observar a sua beleza.

-Sayuri, o que você está fazendo comigo?

Meu coração está dividido em duas partes agora. Tenho certeza que não tem mais volta. Jimin mexeu comigo, e Sayuri teve o mesmo impacto, mas conseguiu ser em pouquinho mais rápido.

“Num precipício, vejo eu e você

Desde o início demorei pra entender

E se eu te perder, eu vou me arrepender

Eu boto tudo a perder [...]”

Entro no banheiro e retiro meu macacão, adentrando o box logo em seguida. Tomo um banho um tanto quanto demorado, para tentar esfriar minha cabeça.

Tentativa falha.

Coloco apenas um abrigo e deito-me ao lado da menor, que me abraça (acredito que) involuntariamente. Me aconchego em seu abraço e durmo.

•Jungkook off•

•Jimin on•

Durante o filme, eu me senti um tanto quanto desconfortável assistindo aquela cena...

Vejo Jungkook cochicha algo no ouvido de Sayuri... Ignoro. Logo ela levanta e sai da sala. Depois de um curto período de tempo, Jungkook levanta e sai também... Já até sei o que vão fazer.

Eu, como estou podre de tão cansado e amanhã tenho aula, vou ir para o meu quarto.

-Taetae. 

-Fala, baby.

-Eu tô com sono. – esfrego os olhos.

-Okay, bebê. Vamos dormir então.

-Nam, nós vamos lá para cima. Eu estou bem cansado e amanhã nós temos aula.

-Okay. – sorri fofo.

-Boa noite, priminho! – diz Jin. Me tratando como bebê novamente...

-Boa noite. Boa noite Namie!

-Boa noite, Chimmy. – ele sorri fofo para mim.

Vou para o meu quarto puxando Tae pela mão.

-Amor! – diz manhoso ao deitar-se ao meu lado.

-Fala, Taetae.

-Eu tô carente. – faz biquinho.

-Ô meu bebê. – acaricio o seu rosto. – Eu não tenho te dado atenção, não é?

-Huhum. – fica com uma carinha triste.

-O daddy está realmente muito cansado. Eu queria muito te dar uma noite ótima.

-Amanhã você vai me dar carinho, Chimmy? – encosta seu rosto em meu peito, agarrando minha cintura com ambos os braços. Afago seus cabelos.

-Sim, meu bebê, eu vou te dar carinho.

Eu sou o homem mais feliz do mundo. Estudo corretamente, tenho uma família que me ama, um namorado que todos sonham em ter... Não tenho mais nada para pedir a Deus.

[...]

6:45A.M

Acordo calmamente e acordo Taehyung com beijinhos em seu rosto.

-Vamos tomar banho? Temos que ir para a escola, amor.

-Okay. – abre os olhos vagarosamente se espreguiçando. Ele é tão lindo!

Adentro o banheiro, tomo banho, escovo os dentes, me visto e arrumo o cabelo.

Vou até a casa de Taehyung e busco seu uniforme enquanto ele toma banho.

Após ambos terem tomado banho e se arrumado, vamos até meu carro, que se localiza em frente a casa do Kim. Adentramos ele é vamos tranquilamente até a escola.

Chegando lá, vejo a tal de Bom, uma das meninas que anda com a CL, sentado no banco com uma cara péssima. Ando até ela, enquanto Taehyung conversa com seus amigos do basquete.

-Bom, me desculpa te perguntar, mas o que ouve com você?

-A CL foi embora da cidade. – fala chorosa.

-E você está triste por causa disso?

-Eu estou triste porque ela era minha melhor amiga desde sempre! Então ela conheceu as outras duas e elas começaram a ser maldosas com todos. Eu nunca gostei disso. Sempre andei com elas por fidelidade a minha amizade com CL. – ela impou uma lágrima solitária que escorreu timidamente em seu rosto. – Me desculpa por tudo, Jimin. CL era apaixonada por Taehyung, por isso se encarnou em você.

-Bom, não se preocupe mais com isso. Se ela é sua amiga de verdade, ela lembrará que tem você aqui, e pelo menos tentará manter contato com você. - dou-lhe um sorriso confortante.

-Eu não sabia que você era legal assim. – funga e sorri tímido.

-Tenho uma pergunta.

-Pode fazer! Não tem problema.

-Você quer ser minha amiga?

-Claro! É verdade que você é parente do Jeon?

-Sou sim! O que tem de mal nisso?

-Nada! É que ele era o menino mais popular da escola, e nunca quis ficar com nem uma menina daqui. Ele era inteligente, bonito, jogava futebol melhor que todos os meninos... Sonho de consumo. – faz uma cara de boba. Eu rio.

- Vem, vamos estrar. – pego em sua mão, indo até Taehyung.

-O que você está fazendo com essa criatura? – Tae diz incrédulo.

-Ela é minha nova amiga. – olho para a mesma, que está a me olhar tristemente.

-Como assim “amiga”? – faz aspas com os dedos.

-Amiga! Ela se desculpou por tudo que a CL obrigou ela a fazer.

-Você tem certeza do que está fazendo, Jimin?

-Pelo amor de Deus, Taehyung! A menina também tem coração! Ela também merece ser perdoada!

-Tá, tá. Vamos entrar. O sinal já vai bater. – pega em minha mão e entramos.

-Que aula é pra você, Bom?

-Inglês.

-Vamos para a sala então. Tchau amor. – dou um celinho em Taehyung.

-Tchau, baby.

[...]

Depois das duas primeiras aulas, eu saio da sala, andando em direção ao banheiro, enquanto mecho em meu celular, um tanto quanto distraído. Esbarro em alguém, acidentalmente, fazendo meu celular cair.

-Meu celular!!! – me abaixo, pegando o mesmo em mãos. – Sorte sua que não quebrou senão... Professor Jiyong! – sorrio nervoso.

-Hmm, senão? – fica sério forçadamente.

-O senhor iria pagar pela tela, mas eu sei que a culpa é minha, me desculpa, eu... – digo acelerado, sendo interrompido por ele.

-Calma, menino! – ri. – Eu não vou te xingar! Apenas preste mais atenção enquanto anda pelos corredores.

-P-pode deixar, professor.

-Você deveria estar na sala a minha espera junto de seus colegas, não é?

-Mas eu estava indo ao banheiro e...

-Não tem problema. – ri do meu desespero. – Você é bem engraçado.

-Ah! Isso deve ser um elogio. Obrigado! Eu acho. – dou uma pequena risada.

-Vá rápido ao banheiro e volte.

-Okay. – corro em direção ao banheiro.

•Jimin off•

•Jungkook on•

Minha mãe ligou hoje e perguntou se eu gostaria de trabalhar para ela... Ela é dona de uma agência de modelos. Eu havia a dito que pedi demissão de meu trabalho, e ela falou que eu não precisava trabalhar. Disse a ela que eu quero trabalhar, ter o meu próprio dinheiro. Não gosto de depender dela.

Eu a disse que iria pensar na questão de ser modelo. Embora eu não ache que tenho o perfil para ser um. Nunca subestime uma mãe, ela sempre te achará bonito.


Notas Finais


Até a próxima 💋💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...