1. Spirit Fanfics >
  2. Meu querido primo - jeon jungkook >
  3. Então terminamos?

História Meu querido primo - jeon jungkook - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Ainda não revisei esse cap, então desculpe-me pelos erros ortográficos!

Boa leitura 🦋

Capítulo 16 - Então terminamos?


Fanfic / Fanfiction Meu querido primo - jeon jungkook - Capítulo 16 - Então terminamos?

Taehyung estava deferindo socos no rosto de jungkook sem cessar enquanto tento segurar seu pulso para parar com essa briga, mas não consigo.

Jk:- Ficou com raiva só por que eu disse a verdade - diz dando seu sorriso cínico com o lado da boca cortada.

Essas palavras mexeu tanto com taehyung que sua única resposta foi dar outro murro com todas suas forças em jungkook.

S/n:- Para com isso taehyung, você não é assim - seguro sua cintura tentando tira-lo de cima de jungkook e depois de alguns segundos ele saí

Ver jungkook naquele estado mexeu comigo, seu rosto estava todo machucado. Nunca o tinha visto daquele jeito, mas mesmo que taehyung não tenha saído com nenhum arranhão ele foi o único que saiu mais machucado, por que seu coração estava ferido.

S/n:- É melhor você ir embora daqui - cruzo os braços olhando para cima tentando segurar qualquer vestígios que lágrimas que tinha em meus olhos.

Jk:- Eu vou! Mas não pense que é por medo de você - fala embolando as palavras aponta para taehyung - Eu só vou, por que a s/n me pediu. - Ele diz suas últimas palavras antes de se levantar e sair da casa.

Tae:- Pelo visto você nunca iria me contar - diz se virando para me olhar

S/n:- Eu tentei, eu queria... mas o medo foi mais forte que eu...- me sento no sofá ao seu lado - Não queria estragar a amizade de vocês...

Tae:- Estraga? Foi o jungkook que fez isso com suas atitudes - eu permaneci em silêncio - E sobre os beijos que ele falou era verdade?

S/n:- Sim... mas não significaram nada - me sento na sua frente segurando suas mãos.

Tae:- Queria acreditar que não significaram nada - passa a mão pelo meu cabelo - mas não consigo.

S/n:- Me dá uma chance de consertar tudo. - levanto-me dizendo determinada

Tae:- Por que está fazendo isso com você mesmo? - sua pergunta me deixa confusa

S/n:- Como assim? - arqueiro minha sobrancelha

Tae:- Fica tratando o jungkook tão mal mesmo querendo está do lado dele.

S/n:- Eu quero está com você.

Tae:- Não sei se é isso mesmo que você quer. Eu tenho que pensar. Você tem que pensa.

S/n:- Pensar em quê?

Tae:- Estou dizendo que devíamos dar um tempo, uma semana é tempo mais que suficiente.

S/n:- Para que?

Tae:- Para você entender seus sentimentos e saber quem você realmente quer. - ele para minha frente e pensa em falar alguma coisa, mas apenas da uma última olhada e vai embora e sento-me mais uma fez no sofá abalada

                             [...]

No outro dia...

Nunca gostei dessa história de dar um tempo, mas dessa vez foi preciso. Precisava refletir sobre minhas atitudes e sentimentos

Jn:- O jungkook está se superando cada vez mais. Daqui a pouco vai ganhar o prêmio de idiota do ano ‐ diz me despertando - E o taehyung como ficou?

S/n:- Muito mal...Não queria fazer isso com ele. Me senti um monstro e com razão.

Jn:- Não se culpe tanto, não foi só sua culpa. Ele só pediu uma semana, sete dias se passam rápido você vai poder tentar resolver as coisas com ele.

S/n:- Sim.

Jk:- Oi S/n, eu...- tenta falar, mas jennie a interrompe.

Jn:- Nem vem com essa história de "oi s/n" para cima dela.

Jk:- O que foi jennie? - pergunta confuso

Jn:- O que foi jennie? - repete o que jungkook diz meio alterada – Além de idiota é sonso  em garoto. – revira os olhos. - Como você pode fazer o que fez ontem com seu melhor amigo e a s/n, a pessoa que você "ama" - fala dando ênfase na última palavra.

Jk:- O que você tá falando? - diz bagunçado o cabelo - A última coisa que me lembro de ontem foi que a s/n saiu da minha casa e depois, o taehyung estava esperando ela di lado de fora e depois comecei a beber e não me de mais nada.

Jn:- Espera você não se lembra do que vez ontem?

Jk:- Não. Por isso vim aquipergunta se a s/n sabia de algo que me fez me acordei de olho roxo.

Jn:- Você contou tudo para o taehyung e...- ela explica tudo bem resumidamente

S/n:- Mesmo que você lembre de nada, ainda assim é responsável pelos seus atos.

Jk:- Eu sei...- abaixa a cabeça - Não me lembro nada do que fiz, mas eu sempre quis que esse namoro acabasse, toda vez que eu via vocês dois juntos eu morria de ciúmes. Eu sempre gostei de você mais fui bobo demais para perceber isso só quando você estava com outra pessoa. Realmente eu não queria fazer isso com o taehyung e com você...- diz me deixando perplexa com suas palavras ou melhor dizer que me deixou: surpresa. Essa é a palavra certa para dizer como estou agora

Jn:- Eu sabia que você gostava da s/n - diz animada me deixando meio confusa - Mas ainda estou irritada com você - bate no ombro dele com força

S/n:- Eu... Eu tenho que ir almoçar - digo saindo dali

taehyung me pediu um tempo e vou respeitar isso.

 Colocl meu almoço, dou o dinheiro no caixa do refeitório, depois ando procurando alguma mesa desocupada para me sentar quando vejo a mesa onde taehyung estava sentando. 

Dou um sorriso animada andando em sua direção quando me lembro de suas palavras "precisamos dar um tempo" eles foram suficientes para meu sorriso desaparecer e andar na direção oposta e procurar outra mesa.



Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...