História Meu querido príncipe ( Imagine Park Chanyeol Exo) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol
Visualizações 179
Palavras 826
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura
💌

Capítulo 6 - Isso não é amor


Fanfic / Fanfiction Meu querido príncipe ( Imagine Park Chanyeol Exo) - Capítulo 6 - Isso não é amor

Olhei chanyeol por alguns segundos, e não tive reação alguma. Eu sinceramente não sabia o que dizer. Bom, eu não fui um bom exemplo de garota careta que perdeu a virgindade na lua de mel a luz de velas. Eu dei quando senti vontade, perdão pelo linguajar queridas leitoras, mas realmente não esperei o príncipe encantado. Mas pensando bem, se eu soubesse que encontraria um, talvez teria me guardado... Ei Ana, foco. Fitei a mulher que tinha seus braços cruzados pronta para abarcar Park Chanyeol.

- Vá - Respondi e desci as escadas da balada indo diretamente para o bar.

E ali, enchi a cara com todo tipo de bebida álcoolica. Qualquer pessoa que me visse, diria que eu estaria frustada por conta de um amor, mas na verdade, nem eu sabia o que houvera me acontecido, apenas senti uma imensa vontade de me afogar nos pequenos copos, enquanto Chanyeol perdia sua bendita virgindade. Eu já estava cheia da bebida, não conseguia mais raciocinar. Então vi Chanyeol descer as escadas com uma expressão que no momento eu não consegui decifrar. Quase caindo do salto e tropeçando nos próprios pés, fui até Chanyeol e o puxei para um beijo repentino.

Eu não estava nem ai se ele tinha que encontrar alguém. Na verdade, eu precisa tirar essa frustação de anos. Eu pouco me importava se ele havia fudido com aquela garota. Eu apenas o beijava como nunca beijei nenhum outro alguém. Subimos as escadas em passos cegos até chegar em um dos quartos. Ao entrar no mesmo e ir diretamente para a cama. Senti chanyeol sair do beijo e me olhar. O transe da bebida desapareceu do meu corpo e então eu vi o quanto idiota eu tinha sido.

Ele saiu do quarto e eu fiquei alguns segundos ali, me xingando o quanto idiota eu fui. Até criar coragem e descer a sair do quarto, vendo Chanyeol de papo com a garota de minutos atrás. Desci passando pelos dois, até me pronunciar.

- Chanyeol, acho que já está de ir - Falei engolindo seco.

- É melhor ir, anjo. Sua mãe já está o chamando - A garota respondeu com um tom de ironia.

- Mãe?! Eu não sou mãe dele! - Respondi e fui ignorada pelos dois.

- Senhorita... Poderíamos nos ver amanhã novamente? - O boboca do chanyeol perguntou a ela.

- Claro bebezinho. - Respondeu a garota com uma voz idiota de bebê.

- Qual o seu nome mesmo ? - Chanyeol perguntou 

- Ah, JinAh... Kim JinAh - sorriu

Cruzei meus braços e esperei a babaquice deles acabarem.

- Que nome digno de um anjo - Beijou a mão dela.

- Você é um lindo, aqui está meu número - Entregou um papel branco com um número.

- Nu-numero ? - perguntou confuso 

- Bom, quando ele chegar em casa, garanto que ligará! Porém, devemos ir! - Sai dali dando passos pesados saindo da balada e enfim respirando ar livre.

Minutos depois chanyeol saiu sorrindo como um idiota. E então eu caminhei até um táxi e ele me seguia.

- Ei, calma! Está andando muito rápido ! - Falou 

Revirei os olhos e entrei dentro do táxi esperando ele. Chanyeol logo entrou e então ficamos calados. Enquanto o motorista dirigia até o nosso bairro. 

[...]

Quinze minutos dentro de um veículo ao lado daquele, reizinho, chegamos em meu bairro e fomos andando até minha casa.

- Eu encontrei o amor da minha, meu reino está salvo! Tenho que contar para meus pais! Eu vou casar ! - Falou e eu logo me virei para ele com o cenho franzido 

- Amor da sua vida? Casar ? Você pirou? - perguntei

- Claro! Depois do beijo que eu e ela demos, meu reino está liberto da maldição! Logo casarei com ela! - Falou e eu ri alto e irônica.

- Você acha mesmo que se pode amar que mal viu na vida ? Não estamos em um conto de fadas! Isso foi uma transa casual, não uma noite de amor! - Falei 

- Você está com inveja, eu estou loucamente apaixonado por.... Qual o nome dela mesmo... JIHA! - Falou. 

- O nome dela é JinAh!  Está vendo, nem o nome dela você sabe! - Retruquei

- Quando amanhã eu e ela dermos o beijo do amor verdadeiro. Posso ter certeza que tudo voltará ao normal! - Falou 

- Pelo amor do meu cachorro Chanyeol, isso não é amor! - Gritei 

- E o que você sabe sobre o amor  ? - perguntou 

- Tenho certeza que mais do que você! - Respondi

Ele riu.

- Você está sozinha Ana! Até me beijou! - Falou 

- Eu...! Aquilo foi tudo um engano! - Virei as costas para ele.

- Quer saber...! Eu não vou discutir com você Ana. - Saiu dali entrando na casa.

Vi ele entrar e logo deixei que uma lágrima escorregasse sobre meu rosto. Eu não sei porque eu estou a chorar... Eu não tenho nada haver com ele! Se ele diz que isso é amor, bom para ele!

Limpei minhas lágrimas e entrei dentro da residência.




Notas Finais


espero que tenham gostado 💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...