História Meu querido professor - Namjoon - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), HyunA
Personagens HyunA, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Visualizações 264
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente do céu, não me mata!
Bem, pra quem não tá sabendo e nunca nem viu a fanfic, eu estou reescrevendo a história, eu excluí a outra.
Não sei se ainda tem gente que me segue aqui depois q a bestona aqui excluiu todas as fanfics por falta de criatividade.
A fic não vai mudar muito, só alguns erros meus que vão mudar um pouquinho.

~Boa leitura

Capítulo 1 - Prólogo


Flashback ON:

Bem, fazia mais ou menos um mês desde que meu namorado e eu não tínhamos nos falado. Acabei não aguentando e ligando pra ele, pois tínhamos brigado por ciúmes bobo.

Ligação ON:

- Eh... Daniel?

-Sim, amor?

- Podemos nos encontrar? Não aguento ficar brigada com você desse jeito por causa de um ciúmes bobo meu.

- A-ah... Claro, daqui a pouquinho eu te mando mensagem, ok? E-estou ocupa-ado... 

Estranhamente sua voz estava falha, como se ele estivesse segurando um gemido. 

-Ok, te vejo depois, oppa.

----------------------

Ele estava estranho. Logo depois, recebi uma mensagem dizendo: " Vá até a casa dele sem ele saber, e vá direto ao quarto, em silêncio."

Oh. Isso me assustou, de verdade. Gostaria que não fosse o que eu estava pensando.

Oh sim, depois disso, eu resolvi ir lá, para ver o que estava acontecendo. Peguei meu casaco e calcei um tênis qualquer e fui.

....................................................................................................................

Entrei em meu carro, e fui em uma velocidade alta, pois estava ansiosa. Quando cheguei, estacionei uma esquina antes de sua casa, pois o quarto de Daniel era na janela da frente, o que quer que ele esteja fazendo lá, ele pode me ver e parar o que estava fazendo. 

Depois de estacionar, tirei as chaves com as mãos tremendo de ansiedade, peguei meu celular, abri a porta, desci do carro e o tranquei. Coloquei as chaves em meu bolso, e fui andando até sua casa. Li a mensagem mais uma vez, era de um número bloqueado. Porque bloqueado?

Saí de meus pensamentos quando estava na porta da casa de Daniel. As cortinas estavam fechadas.  "Que estranho, estão sempre abertas. " Hyuna pensou.

Abriu a porta girando a maçaneta levemente e bem devagar, para que nenhum barulho saísse da mesma. Fechou a porta fazendo o mesmo movimento que fez antes, e olhou ao redor da casa. A casa quando começaram a namorar era só branco e preto, pois ele não gostava de cores coloridas, mas, quando começaram a fazer 2 anos de namoro, as cores foram ficando mais femininas, e então quando Hyuna entrou agora, parecia uma casa de recém - casados.

Foi andando bem devagar sem fazer nenhum barulho até o quarto de Daniel, então quando ela ia abrir a porta, a porta se abriu bruscamente, mostrando seu namorado pelado e uma garota de pernas abertas em sua cama.

Não conseguia acreditar no que viu. Era por isso que sua voz saía falha no celular? Era por isso que a casa parecia de  recém - casados? Era por isso que ele estava tão distante? Isso era culpa de Hyuna?

Ela olhou para a garota que estava de pernas abertas na cama dele. Oh... Era a garota mais popular da escola.

" Bem, ele tem bom gosto para garotas." Hyuna pensou, mas logo se arrependeu ao pensar isso, pois ela era a garota com quem seu namorado estava transando.

" Como eu sou estúpida... Como não fui reparar nisso antes? Quando fizemos 1 ano e meio de namoro, ele ficava só em seu celular. Ficava distante no celular, sempre que eu entrava em seu carro, o banco ficava mais para trás, como se uma garota estivesse lá, e o caso também de um sutiã no carro, que ele disse ser de sua irmã, mas ele não tem irmã." Hyuna pensou.

-Oh... Você realmente estava ocupado. Desculpe te incomodar.

Hyuna disse e saiu sem deixar seu namorado - Agora ex - explicar a situação. Foi correndo para seu carro e entrou dentro do mesmo depoir de destravar, travando ele por dentro e pondo-se a chorar no volante. "Como eu pude ser tão estúpida? Droga."

Flashback OFF

Hyuna dirigia em uma velocidade média, pois viu na internet que acidentes de carro acontecem na maioria das vezes por alguém dirigindo com raiva ou tristeza. Parou em um bar que sempre ia, entrando lá com sua carinha fofinha, olhinhos inchados, nariz e bochechas vermelhas, mas mesmo assim, arrumou sua postura e entrou no bar.

Sentou-se em uma banqueta e começou a olhar em volta. Ia naquele bar a mais ou menos 2 anos, mas nunca tinha reparado no quando era bonito e luxuoso.

As luzes eram de led, um tom de amarelo escuro tomava o lugar, músicas dos anos 80 tocavam nos rádios, pessoas conversavam, mas só tinham 3 mesas ocupadas. Reparou que tinha um homem alto ao seu lado lendo um dicionário inglês e repetindo algumas coisas que havia nele.

- Hey, está tentando aprender um pouco de inglês?

O homem olhou para Hyuna.

- Oh, estou me formando para ser professor de inglês, bem, sou fluente, mas existem algumas palavras difíceis que preciso de aprender.

- Oh, sim. Bem, eu sou Kim Hyuna, mas pode me chamar só de Hyuna.

-Eu sou Kim Namjoon, mas pode me chamar só de Namjoon, ou Nam.

Bem, o tempo foi passando, e quando pararam pra ver o que estava acontecendo, eles estavam se agarrando no banheiro do bar.

Mal sabia Hyuna o problema que poderia dar quando esse homem entrasse em sua vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...