História Meu Querido Professor - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo, Simón
Tags Karol Sevilla, Ruggarol, Ruggero Pasquarelli
Visualizações 139
Palavras 534
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 52 - The End


Fanfic / Fanfiction Meu Querido Professor - Capítulo 52 - The End

~ 2 anos depois ~

POV Karol

O tempo passou tão rápido... Parece que foi ontem que estava fugindo para namorar o professor, e hoje... O que falar sobre hoje? Hoje tenho minha família, meus filhos, que cresceram tão rápido. Maya já está fazendo seis anos, e Lucas dois anos. Como é gratificante ver o quanto eles cresceram e o quanto eu mesma cresci.

- Tudo pronto? – Rugge.

- Sim! A Valu já está vindo com eles! – Karol. Preparamos uma festa surpresa para eles, já que nasceram no mesmo dia. Apaguei as luzes e todos se esconderam.

- SURPRESA! – Todos saímos de nossos esconderijos ao ouvirmos o barulho da porta e, em seguida, cantamos a clássica “parabéns pra você”. Ver a carinha de felicidade deles foi uma das melhores coisas que aconteceram comigo.

- Mamãe, papai!! – eles nos abraçaram com toda força que tinham.

- Vocês sabem o quanto amamos vocês, né? – Rugge disse dando um beijo em cada um.

- O que é amor? – Maya.

- Amor... Amor é um sentimento tão grande, tão grande, que chega a ser inexplicável. Amor é o sentimento que você tem por uma pessoa que você ama, assim como eu amo o papai e nós amamos vocês. Entendeu? – Karol.

- Então eu amo, amo, amo, AMO vocês do tamanhão do mundo! – ela nos abraçou fazendo com que uma lágrima saísse de nossos olhos.

- E você, Lucas? Não quer falar nada? – Karol. Ele é muito tímido, completamente diferente da irmã.

- Eu sou o menino criança mais feliz que existe no mundo por ter vocês comigo! – Lucas. O tom em que ele disse isso... Foi o tom mais suave e sincero, foi a sua primeira frase completa, dentro de suas limitações, claro. Nós nos abraçamos novamente.

POV Rugge

Crianças correndo, adultos conversando... Karol e eu no topo da escada observando tudo. Observando o quanto nossas vidas mudaram e o quanto mudariam. Karol tinha um olhar a mais em seu olhar, não parava de sorrir.

- Por que você está assim? – Rugge.

- Assim como? – Karol.

- Feliz... Com esse brilho... – Rugge.

- Então... – Karol. Ela segurou em minha mão e guiou até sua barriga e sorrindo de orelha a orelha.

- Não... – Rugge.

- Sim! – Karol.

- Três filhos? – Rugge. Sorri, porém com medo

- Esse escapou... – Karol. Rimos e nos abraçamos de novo... Quantos abraços....

Cortamos o bolo e servimos os convidados. Continuamos observando.

- Você já parou pra pensar no quanto amadurecemos em todo esse tempo? – Karol

- Penso todos os dias... Ontem, estávamos no Roller conversando. Hoje, estamos aqui, esperando nosso terceiro filho... – Rugge. Disse fazendo com que ela chorasse – O que foi?

- Por algum motivo sinto que isso é o fim de algo... – Karol. Ela disse chorando um pouco demais.

Eu a abracei e as crianças correram até nós, nos abraçando também.

É... Muitos abraços, como uma despedida. A despedida de uma era. Maya e Lucas não são mais bebês, Karol está esperando mais um... Nossas vidas mudam e mudam a cada dia mais e a única certeza que tenho é que sempre amarei minha família e que serei sempre grato a todos por tudo o que fizeram por nós.

THE END.


Notas Finais


OI OI, GENTEEEEEE!!! Quanto tempo, saudades de vocês ❤️
Bom, chegou ao fim... Quero agradecer a todos que leram até aqui, que tiveram paciência comigo. Quero agradecer a cada comentário, a cada favorito.
Eu sou muito grata a todos vocês por estarem aqui me apoiando sempre, ALLY E DEGAAAAAN E MADUUUUU, minhas doidinhas que sempre me incentivaram, me apoiaram e me ajudaram a escrever.
Ao mesmo tempo que chegar aqui e colocar "história terminada" é uma sensação ruim, é uma boa sensação também. SENSAÇÃO DS DEVER CUMPRIDO.
Muito obrigada, do fundo do meu coração. Com essa fic, evolui demais na minha escrita em na minha criatividade. Amo muito todos vcs que me acompanharam até aqui e espero que continuem comigo em todas as minhas fics.
ME DESCULPEM A DEMORAAAAAAA.

Desculpa se tiver algum erro, mas não quero reler pra não chorar, pq essa é uma fic mto importante pra mim... Não estou afim de chorar agr kkkk.
Obrigada por tudo ❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...