História Meu Querido Professor-(Imagine Suga) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Visualizações 28
Palavras 920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi meus bolinhos, espero poder chamar vocês assim. Nunca passou pela minha cabeça posta esta fanfic hoje pois minha criatividade não estava colaborando mas minha querida @Tia_Smurfete me ajudo com o primeiro capítulo, agradeço ela porque sem ela ainda estaria no começo do começo. Também tem a minha Beta que ajudo ver os erros de português e arrumou todos eles.
Boa leitura!

Capítulo 1 - Aula De Literatura


Fanfic / Fanfiction Meu Querido Professor-(Imagine Suga) - Capítulo 1 - Aula De Literatura

 O vento de outono bateu em meus cabelos úmidos, olho para a janela da sala vendo o céu com suas nuvens escuras caindo pequenos pingos de chuva, suspiro cansada já estava na quarta aula juntamente da professora de física em movimento rápido bato na minha testa lembrando que não tinha trazido meu guarda-chuva.

-Droga… Como eu vou embora agora?-Digo baixo, mas antes de eu completar minha frase ouvi alguns sons autos

Olho a redor da sala vendo a mesma uma bagunça bolinhas de papel voando é gritos bastante autos, pela segunda vez respirei naquele dia encostei meu rosto e minha mão vendo a sala virar um verdadeiro “Inferno” , abro a boca pelo sono que eu estava e fecho os meus olhos mas antes percebo que a sala tinha se acalmado um pouco, abro os meus olhos vendo todos olharem para direção a porta inclino minha cabeça em direção a mesma, Minha respiração travou, minha voz simplesmente não queria sair, meu coração não parava se quer um segundo.

Lá estava ele com aqueles olhos negros vibrante em minha direção, com aquele maldito sorriso malicioso em seus lábios Yoongi por que você é tão perfeito?, Minha visão foi descendo reparando em sua vestimenta que é uma camiseta social branca, com uma calça jeans preta que conbina perfeitamente com o sapato social dando um ar formal.

-Bom dia meus queridos alunos-Seu sorriso morreu na mesma hora que viu a sala uma bagunça.

Entrou bem devagar vendo cada canto da sala, ri vendo alunos quase caindo tentando voltar para seus lugares ele era um dos melhores professores que existia naquela escola, não só por que ele é bonito, não mas também pela forma que ele dá aula de literatura. Todos amam ele mas é amor de aluno para professor que é completamente diferentes dos meus sentimentos por ele, e ele sabe disso só que não nota isso.

-Quem fez o trabalho que eu mandei?-Fala sentado na beirada da mesa.

Todos levantaram a mão, na mesma hora um sorriso de canto surgiu no seus lábios que na mesma hora fez um medo percorrer meu corpo que também aconteceu com outros alunos, quando isso acontece é que ele está com alguma ideia maluca em mente.

-Ok então, quem vai vim aqui para ler o poema?-Fala cruzando os braços, fazendo que a camiseta ficar apertada no corpo deixando a mostra as linhas do abdômen

No mesmo momento todos baixaram a mão que é claro que ninguém ia lá na frente ler, nem eu que sou “Considerada” inteligente sou capaz de ir lá, que pela amor eu amo muito este homem mas o sorriso malvado dele não combati comigo. Ele começa a olhar para cada um até parar em mim seu sorriso mudou de novo para um malicioso.

-(S/N), vem aqui ler o seu poema -Fala apontando para mim

Droga! Maldito professor.

Me levantei indo em sua direção em passos lentos como se o mundo tivesse focado só em nós, eu não sabia para onde olhar sempre que eu tentava olhar para um lado meu olhar sempre volta para seu árabes negros parece que está me chamando. Balancei minha cabeça me virei pra turma respirei fundo abri a boca umas duas vezes até conseguir lembrar do poema.

-E… não-Falo me virando para o mesmo.

-Não, o que?.

-Desculpa-Falo me virando e voltando para meu lugar.

-Ok então… Bem já que ninguém quis ler, agora vocês vão ter que fazer uma redação para não ficar com nota baixa-Fala se levantando e indo sentar na cadeira-Quero está redação até no final da aula .

-Que tema?-Digo levantando a minha mão

-Hm…-Ficou um longo tempo fazendo um som irritante, até falar-Qualquer um.

Toda sala me olhou feio engoli em seco pela forma que um das garotas me olhou, parecia que ia me matar qualquer momento dei de ombro e começou minha redação, é uma coisa facial não é difícil, errado… como alguém vai fazer uma redação sem tema coloquei minha caneta da boca movimentando ela de uma lado para outro até vim uma ideia em mente.

-Medicina-Falo com um sorriso em lábios

❀ ❀ ❀

Quando a aula finalmente acabou todos já tinha terminado, mas como sempre só ficou eu parar terminar pois sou muito lerda para escrever, estava quase terminando quando minhas ideias vão embora volto colocar minha caneta na boca e movimentando ela, olhei para meu professor que estava com olhar focado na minha boca olhei para baixo vendo minha caneta tirei ela rapidamente é voltei escrever.

Finalmente terminado 100 palavras, me levantei fui para frente da mesa do professor coloquei a folha perto do rosto do mesmo mas em um movimento rápido ele segurou minha mão é se movimentou em minha direção, engoli em seco.

-O que você vai fazer?-Falo me soltando dele.

-Vou fazer o que você está pensando agora-Diz com aquela voz grave que fez meu corpo tremer.

-Mas não quero que você faça nada!-Digo dando uma passo para trás.

-O que exatamente te impede de me amar?-Falou se aproximando, como aquele maldito sorriso nos lábios.

-Você é meu professor Yoongi, meu querido professor-Digo baixo, diminuo mais ainda minha voz na última frase, engoli em seco já encurralada na parede.

-É daí? Você me ama certo?-Concordo com a cabeça, ele coloca ambas as mãos em minha cintura-Então este vai ser o nosso segredinho.

Aquilo era socialmente errado. Ser julgado já não era tão simples, ou importante. Podíamos amar incondicionalmente, em um segredo profundo. Eram cinco anos de diferença pode ser muito para uns, mas para nós, passava de números reais. Aquilo era tão errado e nós sabíamos… Mas parecia ser tão certo.

-O que está acontecendo aqui?

Como dizem tudo que é bom dura pouco.


Notas Finais


Antes que vocês ataquem pedra em mim ou tente me matar, os capítulos vão ser todos lançados no domingo, que horário? Só Deus é o dia para saber mesmo é também minha criatividade pois ela é meu grande problema.
Até o próximo domingo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...