História Meu Querido Vizinho - Imagine V (BTS) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Eudimpeul, Imagine, Imagine Kim Taehyung, Imagine Taehyung, Imagine V, Kim Taehyung, Romance, Taehyung, Você
Visualizações 330
Palavras 2.380
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO SWEETIE'S!!!!!!!!!!! 🤧🍃🤧🍃🤧🍃🤧🍃🤧🍃🤧🍃🤧🍃🤧🍃

chegamos ao final de MQV aaaaaaaaaaaaaaaaa :(((((((((((
poxan... eu tô tão feliz mas tô tão triste... nhaaaa, eu não queria parar de escrever essa história, mas... é

espero que vocês gostem!
OBS; eu não sei narrar casamento, espero que vocês tenham entendido o que eu "TENTEI" descrever, beleuza?

okay então, 'simbora!

Capítulo 19 - Chapter XIX - Final


Fanfic / Fanfiction Meu Querido Vizinho - Imagine V (BTS) - Capítulo 19 - Chapter XIX - Final

Eu ainda não consigo acreditar que esse dia — finalmente — chegou. É algo surreal, parece que eu estou sonhando, um sonho que eu não quero acordar.

— Amiga, você ' bem? — Wendy perguntou com o cenho franzido.

— Não, não estou. — levei uma de minhas mãos até o meu cabelo e suspirei.

— Olha, é melhor você colocar esse vestido logo. — disse Son apontando para a roupa que estava em cima da cama. Assenti positivamente e peguei o vestido, indo para o banheiro e logo o vestindo.

Eu já estava com o cabelo feito e maquiagem pronta, eu escolhi algo leve já que o casamento será na praia. Meu cabelo estava solto, e eu usaria uma tiara de flores ao invés de um véu.

— Está linda, completamente linda. — comentou Wendy sorrindo, sorri tímida e fui até o espelho.

— Eu estou nervosa… Urgh, e se algo der errado? — choraminguei.

— Ei, não diga essas coisas! Vai dar tudo certo, vocês se amam, por que acha que algo daria errado? — perguntou ela.

— Aish, eu não sei… Eu fico sendo pessimista!

— Mas não deve ser. — falou. — Agora, vamos que eu preciso terminar de me arrumar! — me puxou pelo pulso e nos levou até o quarto dela.

Eu fiquei na casa de Wendy, enquanto os meninos e as crianças estavam na minha casa.





[...]




Kim Taehyung


— Taehyung, para de ficar zanzando pela casa! Isso não vai te acalmar. — Jeongguk falou já frustrado, eu estava nervoso, muito nervoso.

— Jeongguk, não dá… Olha, eu tô com medo de algo acontecer e… –

— Ah, qual é 'cara? — meu irmão veio até mim e colocou sua mão em meu ombro, tentando me confortar. — Não fique pensando nessas coisas, okay? — falou. — Nada vai impedir que vocês dois se casem!

— Obrigado, Jeongguk. — agradeci e suspirei, meu irmão ajeitou a sua gravata e eu fui até a sala, onde as crianças e Jimin estavam.

Sentei ao lado de Jisung e parei para pensar; o casamento está prestes a acontecer. Como a S/N deve estar? Como deve ser o vestido dela?

— No que tanto pensa, tio Tae? — Jisung perguntou para mim, com um olhar curioso.

— No quão eu sou sortudo por ter conhecido a sua irmã. — respondi sorrindo. — Eu me sinto muito feliz ao lado dela.

— Eu também me sinto feliz ao lado de uma pessoa… — Jisung olhou na direção de Steph, que sorria enquanto conversava com Jimin.

— Hmm… — sorri de lado. — Bom saber disso.

— Me ajuda? — sussurrou para mim e eu assenti. — Eu queria saber o que dizer para ela, tipo… Na hora da declaração…

— Bom, diz o que você sente por ela; se você realmente gosta da Steph, diz o quanto você gosta. Vai que ela também gosta de você. — ele sorriu de um jeito fofo e sincero.

— Eu espero que dê certo. — Jisung respondeu.




[...]


••• Narrador •••



Taehyung já estava na praia com as outras pessoas, não foram tantos convidados assim. O Kim estava nervoso e ansioso para a chegada da noiva, mexia os dedos e roía as unhas, por causa do nervosismo.

Era assim com S/N. Aquele clichê que a noiva demora para chegar? Neste caso, o trânsito não está colaborando.

Quem dirige, é o namorado de Wendy. O mesmo parece estar nervoso também, assim como a amiga da namorada.

— Ai, meu senhor… — suspirou S/N e ficou olhando para a rua, na tentativa de se acalmar. — Matthew, pode aumentar o som? — pediu ela, música é uma boa opção para acalmá-la.

A música que tocava, era Better Than Words do One Direction, a música era animada e contagiante, com uma letra aparentemente, bonita.

There's no way I can explain your love, no… — cantou um trecho da música.

Alguns minutos depois, S/N já estava na praia. Tinha um tapete vermelho com flores nos cantos e algumas cadeiras para os convidados. No final, tinha um degrau e uma pequena mesa, onde SeokJin estava, ele que iria fazer a cerimônia de casamento. Taehyung estava ali em pé, ao seu lado, tinha Jimin. Jisung iria entregar as alianças e Steph traria as flores. Wendy estava com S/N, e a avó da mesma, já estava lá na frente, esperando a neta chegar. Quem acompanharia S/N, seria Jeongguk.

— Vai dar tudo certo. — Wendy falou para a amiga antes de sair do carro, Jeongguk estava esperando fora do automóvel para poder acompanhar a Park.
S/N saiu do carro e o Jeon estendeu sua mão, para que a morena a pegasse. A garota sorriu assim como ele, passando confiança.

— Está muito bonita, futura Kim. — o mais novo deixou um selar na testa dela.

— Obrigada, Kookie. — agradeceu. S/N suspirou e fechou seus olhos. Assim que começou a andar, seu coração começou a bater mais rápido.

O nervosismo era nítido tanto nela, como em Taehyung.

A cortina que separava o local da cerimônia e o lado de fora, foi aberta. Taehyung sorriu abertamente assim que viu a morena que tanto ama.

S/N passou seus olhos pelos convidados, vendo os amigos de Tae — que conheceu há pouco tempo —, a avó, e por último, seus olhos encontraram com os olhos de Taehyung, fazendo com que a “futura Kim” sentisse um frio na barriga, mas era uma sensação boa e única.

— Tão linda… — o Kim sussurrou enquanto a noiva se aproximava. Jeon foi para o outro canto, S/N parou de frente para seu noivo que segurou sua mão, entrelaçando os dedos.

Neste casamento, Jin tentou fazer algo diferente. Não quis que fosse aquele blá blá blá todo. Ele preferiu dizer coisas que percebeu quando os dois estavam distantes um do outro, ou, das coisas que Taehyung dizia para Jin quando estava com dúvidas de seus sentimentos sobre S/N.

Mas, não podia faltar aquela pergunta:

— S/N, você aceita Kim Taehyung como seu legítimo esposo? — SeokJin perguntou.

— Sim, eu aceito. — sorriu.

— E você, Taehyung? Aceita Park S/N-

— Aceito. — Tae nem deixou o amigo terminar de falar.

Oh gosh — Jin disse e riu. — Tudo bem, já podem se beijar.



[...]


Já estava na hora da festa, todos foram para um local próximo da praia. O lugar da festa era bem bonito por sinal, tinha alguns pisca-piscas, flores para decorar e algumas mesas.

Mas, Taehyung teve uma surpresa. Não tão desejável assim.

— Filho? — a voz do Kim se fez presente ali, mas apenas Taehyung ouviu, já que a música estava alta.

Enquanto isso, S/N estava com Wendy e sua filha, Kim Louise. As crianças estavam brincando e os amigos de Tae, estavam conversando. O mesmo tinha saído da mesa dos amigos para beber algo, e acabou esbarrando com o seu pai.

Mas algo que Taehyung não entendia, era o porquê dele estar lá, ele não odeia o filho?

— P-pai? O que o senhor está fazendo aqui? — perguntou ao mais velho.

— Olha… eu vim me desculpar. Eu não pensava nas coisas que fazia a você e o Jeongguk, me perdoe por ser um pai assim… Eu te desejo felicidades e que essa moça, cuide bem de você. — senhor Kim falou para o filho, Taehyung não estava acreditando que o seu próprio pai estava pedindo desculpas. Sinceras desculpas.

— Eu te perdôo, pai. — sorriu e abraçou o mais velho.

— Obrigado meu filho, muito obrigado. — retribuiu o abraço. — Agora, tem uma pessoa que quer falar com você.

Era DongSun.

— Ei, Taehyung… — falou o irmão mais velho assim que o senhor Kim se afastou. — Olha, talvez você não aceite as minhas desculpas, mas eu fui um babaca com você e com o Jeongguk, com a sua namorada também… — abaixou a cabeça. — Me perdoe por ter feito essas coisas com vocês, agora, vendo que você seguiu com a sua vida e conheceu pessoas boas… Eu espero que você siga assim, e que ela te faça feliz. — deu ênfase no “ela”.

— Tudo bem, DongSun. Eu te perdôo. — disse Taehyung, abraçando o irmão.



[...]



A festa já estava quase acabando, só restando apenas os amigos e as crianças.

— Ei, Steph! — Jisung chamou a amiga, ele estava nervoso para falar sobre os seus sentimentos, mas já estava decidido e essa era a única oportunidade.

— Sim? — respondeu ela.

— Eu… ahm… podemos… conversar? — perguntou olhando para os pés.

— Uhum.

— Então, bem… — desviou o olhar. — Eu não sei como dizer isso, mas… eu gosto de você, e… Talvez você não goste de mim da mesma forma, e eu também não quero estragar a nossa amizade. Mas… eu realmente gosto de você, e eu espero que você entenda… — disse Jisung. Ele tinha ficado mais calmo e confiante.

— É-é sério? — a garota perguntou. — Eu também gosto de você, Jisung Oppa. — sorriu timidamente.


[...]



S/N



Eu e Tae não fomos para casa, nós fomos para uma casa que alugamos, perto da praia. A noite estava calma, o céu estava lindo e o clima também estava favorável.

Estava na varanda, bebendo um pouco de vinho e pensando no dia de hoje; ainda parece um sonho.

Pode parecer clichê, mas Taehyung é o meu príncipe encantado. Ele me ajudou com o trabalho, me aconselhou nas pinturas e me amou, eu me sinto completamente realizada ao lado dele.





Beautiful — Crush



É uma vida bonita
Eu estarei ao seu lado
É uma vida bonita
Eu estarei de pé atrás de você
Bonito amor
Se você está embaixo do mesmo céu que eu
Só respirar já me faz feliz
É uma vida bonita
Dia bonito
Viverei em suas memórias
Bonita vida, bonito dia
Fique ao meu lado
Bonita, meu amor
Bonito é o seu coração
É uma vida bonita
É uma vida bonita
É uma vida bonita
Eu estarei sempre te protegendo
É uma vida bonita
Então, pode se apoiar em mim
Bonita, amor
Até mesmo suas lágrimas, seu sorriso
Então, nós podemos estar juntos
É uma vida bonita
Dia bonito
Eu amei você como um louco
Vida bonita, dia bonito
Eu não quero te perder
Bonita, meu amor
Bonito é o seu coração
É uma vida bonita
Lembranças que se assemelham a você nesse mundo
Permanecem comigo novamente
Lembranças de você, lembranças contigo
É uma vida dolorosa
Dia doloroso
Eu não posso vencer a tristeza
Vida dolorosa, dia doloroso
Não me deixe
Assim, não vou ter que viver em memórias
É uma bonita vida

Capítulo 5 — Back to Sleep

Taehyung se aproximou, eu boba, achei que ele iria me abraçar. Mas não, ele me pegou no colo e me jogou na piscina!


— Não Taehyung, me solta! — bati no peito dele. Argh. — Ei, me põe no chão! — o olhei nos olhos, ele sorria para mim da forma mais carinhosa. Por mais que a vontade de sentir seus lábios juntos aos meus de novo, eu tive que manter uma feição emburrada.


Ele roubou um selinho de mim e me jogou. Que legal.


— Ah, Taehyung você me paga! — apontei para ele, eu estava muito bolada. Mas era impossível manter esse disfarce, Taehyung me fazia rir atoa. — Vai, me tira daqui. — estendi a mão para ele, ele bufou e segurou a minha mão. Eu fingi dar impulso e o puxei para cair na piscina. — Isso, ponto para a (S/N). — fiz uma mini dancinha da vitória.



— S/N? — Tae falou entrando na varanda e me abraçando por trás, deixando um selar em meu ombro.

— Tae, lembra quando nós resolvemos pintar a minha casa? E aí, você ficou fazendo um monte de brincadeira boba… — perguntei, tendo boas lembranças.

— Sim, eu lembro. Esse dia foi muito bom. — respondeu ele e colocou o seu queixo no meu ombro.



One Direction - Perfect

Talvez eu nunca seja seu cavaleiro vestindo uma armadura brilhante
Talvez eu nunca seja o cara que você levaria para conhecer sua mãe
E posso não ser o que te traz flores
Mas eu posso ser o certo, o certo esta noite

Quando eu te vi pela primeira vez
Do outro lado da sala
Eu sabia que você estava curiosa (oh, yeah)
Garota, eu espero que tenha certeza
Do que está procurando
Porque eu não sou bom em fazer promessas

Mas, se você gosta de causar problemas em quartos de hotéis
E se você gosta de ter pequenos encontros secretos
Se você gosta de fazer as coisas que sabemos que não devemos
Amor, eu sou perfeito
Amor, eu sou perfeito para você

E se você gosta de dirigir, à meia-noite, com as janelas abertas
E se você gosta de ir à lugares que não sabemos nem pronunciar
Se você gosta de fazer o quer que seja que tenha sonhado
Amor, você é perfeita
Amor, você é perfeita
Então, vamos começar agora mesmo

Talvez eu nunca seja a mão para a qual você entrega seu coração
Ou os braços que te abraçam quando você quer
Mas, isso não significa que não possamos viver o momento
Porque eu posso ser o cara que você ama de vez em quando

Quando eu te vi pela primeira vez
Do outro lado da sala
Eu sabia que você estava curiosa (oh, yeah)
Garota, eu espero que tenha certeza
Do que está procurando
Porque eu não sou bom em fazer promessas

Mas se você gosta de causar problemas em quartos de hotéis
E se você gosta de ter pequenos encontros secretos
Se você gosta de fazer as coisas que sabemos que não devemos
Amor, eu sou perfeito
Amor, eu sou perfeito para você

E se você gosta de dirigir, à meia-noite, com as janelas abertas
E se você gosta de ir à lugares que não sabemos nem pronunciar
Se você gosta de fazer o quer que seja que tenha sonhado
Amor, você é perfeita
Amor, você é perfeita
Então, vamos começar agora mesmo

E se você gosta dos flashes das câmeras
Todas as vezes que saímos (oh yeah)
E se está procurando por alguém
Sobre quem você vai escrever suas canções de término
Amor, eu sou perfeito
Amor, nós somos perfeitos

Mas se você gosta de causar problemas em quartos de hotéis
E se você gosta de ter pequenos encontros secretos
Se você gosta de fazer as coisas que sabemos que não devemos
Amor, eu sou perfeito
Amor, eu sou perfeito pra você

E se você gosta de dirigir, à meia-noite, com as janelas abertas
E se você gosta de ir à lugares que não sabemos nem pronunciar
Se você gosta de fazer o quer que seja que tenha sonhado
Amor, você é perfeita
Amor, você é perfeita
Então, vamos começar agora mesmo.



— S/N, eu nunca pensei que eu estaria aqui com alguém tão especial. — disse Tae, virando-me para olhar para ele. — Às vezes eu fico pensando no quão sortudo eu sou por ter você ao meu lado… eu te amo muito, sabia? — deixou um selar demorado em meus lábios.

— Eu também te amo muito, meu querido vizinho.











Fim <3












Notas Finais


ain beudeuzo, acabou! aaaaaa
mas assim, eu não vou dizer nada aqui nom... vou fazer um capítulo só pra agradecer a vocês, rsrs

enfim, dêem uma olhada no meu perfil @alextimity, tem uma nova ficzinha gotosa com o jeongguk, quem quiser que eu continue, MQV tem que chegar nos 300 favs! #MQV300


GRUPI'TCHO; https://chat.whatsapp.com/0gK3V6Ig5msKRBjIwZTBCm


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...