1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Raio de Sol - Imagine Kyojurou Rengoku >
  3. Conhecendo mais uma galera

História Meu Raio de Sol - Imagine Kyojurou Rengoku - Capítulo 5


Escrita por: SoToAquiPorEstar

Capítulo 5 - Conhecendo mais uma galera


Nos procuramos Desesperadamente Rengoku em todos os lugares possíveis, o último lugar era a escola. 

-por favor, esteja aqui! -imploro para o destino. 

Nos entramos e vamos em todos os lugares da escola, então faltava atrás da escola. 

-ali! -Giyuu avisa. 

Nos vemos Rengoku com minha faca em mãos posicionando ela perto de seu pescoço. 

-Ren! Não faz isso! 

-eu tenho que fazer. 

-não tem não! Por favor! 

-Eu já me decidi, não posso mais viver desse jeito. 

Ele aproxima a faca de seu pescoço

Até... 




Que... 



-Ufa! Finalmente tirei esse colar! -Rengoku diz aliviado. 

-pera... QUE?! -Pergunto. 

-que foi? 

-você não vai se matar? 

-claro que não! Só vim cortas esse colar que o Akaza me deu. Não quero ficar com mais nada dele! 

Eu caio para o lado, mas Giyuu me segura. 

-valeu Giyuu. 

Eu me levanto e vou até ele. 

-nunca mais faça isso comigo! 

-por que você pensou que eu ia me matar? 

-talvez porque você mentiu sobre a carta, por que acordou cedo e porque pegou minha faca! 

-eu tive que inventar uma desculpa para acordar cedo, então vim para aqui atrás, e peguei sua faca, pois ela é mais afiada! 

-entendi... Mas sério, nunca mais faça isso! 

-ok! -ele joga o colar fora e me abraça. 

-prometo não te assustar mais! Meu Raio de Sol! 

S/n ON

Ele susurraa última parte, me fazendo corar. Mesmo sabendo que era normal dele me chamar por apelidos as vezes, essa me pegou de surpresa. 

S/n OFF

Ele o solta do abraço. 

-bom... V-vamos para a sala de aula. -ele diz gaguejando, como se estivesse envergonhado. 

-o-ok! -respondo por estar mais envergonhado que ele. 

Nos junto de Tomioka vamos até a sala, onde encontramos o professor. 

-atrasados né? -ele diz sorrindo brincalhão. 

-foi mal! O despertador não tocou! -responde Rengoku sorrindo. 

-ok, se sentem para continuarmos a aula. 

Depois da aula. 

Estávamos no intervalo, como de costume, eu iria pegar meu lanche, mas Shinobu me puxa. 

-qual é! Eu só queria comer algo! 

-tenho que te apresentar os meus outros amigos! 

-se eu devorar o braço de algun desses "amigos" é culpa sua. 

-ah, qual é! Vamos logo! 

Vamos andando até o parque. 

-S/n  quero te apresentar meus outros amigos!

Eram todos normais, tirando um que tinha uma cabeça de javali, é outra que tinha um bambu na boca. 

-am, oi? 

Eu olho e 4 meninas vem me cumprimentar. 

-oi! Eu sou Kanae Kochou! Prazer em conhecer! 

-oi! -respondo educadamente. 

-oi, sou Aoi Kanzaki.

-oi! -digo educado novamente. 

Ela era meio Fria, mas nem comentei. Então a última joga uma moeda para cima, e quando cai em sua mão da coroa. Então ela me cumprimenta. 

-olá! Sou Kanao Tsuyuri!

-olá! Sou S/n S/s! 

Só conseguia pensar em uma coisa. Por que diabos ela Jogos a moeda?

A última menina que tinha um bambu na boca, apenas acena para mim.

-oi! Qual seu nome? 

Ela não responde. 

-ela não fala. -Shinobu cochicha. 

-oh... Desculpe! 

-o nome dela é Nezuko Kamado! -diz Shinobu. 

-olá Nezuko! 

Ela me abraça. 

-awnnnn! 

Logo depois os outros se levantam é vem até mim. 

-olá! Me chamo Tanjiro Kamado! Vejo que conheceu minha irmãzinha! 

Ele era bem educado. 

-olá! Me chamo S/n S/s! 

-EU SOU O GRANDE INOSUKE! AJOELHE-SE MERO MORTAL! 

Eu fico com a clássica gota na cabeça. 

-o nome dele é Inosuke Hashibira! -diz Tanjiro. 

-entendi. 

-oi! Me chamo Zenitsu Agatsuma! Prazer em conhecer!

-o prazer é meu! Zenitsu! 

-bom! Estão todos apresentados! Ótimo! 

-ta muito animada né Shinobu? Qual o golpe? -pergunto. 

-ta... Querem vim na minha casa amanhã? Ja que não tem aula mesmo. 

-tudo bem! -digo concordando com a idéia. 

-Quem mais vai? -pergunta Shinobu. 

-Eu! -dizem todos ali.

-decidido! 

Todos ouvimos o sinal e voltamos para  a sala de aula

Quebra de tempo (no dia seguinte). 

Eu acordo mais tarde que o normal, pois era fim de semana, minha roupa já estava arrumada para dormir na casa  da Shinobu, Rengoku, Senjuro, Mamãe e Papai já sabiam, era só ir. Então me levanto, faço minhas higienes, tomo banho, e me preparo para ir, iria a pé, pois não era longe. 

-tudo pronto! Só ir! 

Antes de sair, Rengoku me chama. 

-sim? 

Ele se levanta, vem até mim e me abraça. 

-por que do abraço assim de repente? Não que eu esteja reclamando. 

-se cuida tá? 

-não é como se eu fosse sair para uma guerra, é só a casa da Shinobu! Ou seja. É, é basicamente um campo de batalha. 

Ele ri. 

-só se cuida tá? E quando você voltar, quero te dizer algo. 

-ok né. 

Eu me separo do abraço e saio. 

20 minutos depois. 

Ok, eu estava errado. NÃO ERA PERTO! 

-eu.. Não... Aguento... Mais... Andar... 

Entro em sua casa e me jogo no chão gelado. 

-você está bem? -Kanae pergunta. 





Notas Finais


Cap pronto! Desculpe cap curto, e n revisei!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...