1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Rei (Jikook) >
  3. Capítulo 29

História Meu Rei (Jikook) - Capítulo 29


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite amores da titia

Vamos para mais um capítulo

Capítulo 29 - Capítulo 29


Fanfic / Fanfiction Meu Rei (Jikook) - Capítulo 29 - Capítulo 29

Jeon  Choon-Hee [Mãe do Jeon]

Confesso que não sou a melhor das mães mais, isso não significa que não ame meu filho.

Jungkook foi meu primogênito, imagine o orgulho que meu marido teve ao saber que eu dei a luz ao um lúpus puro

Nunca tive paciência para está junto, ele cresceu rápido logo se isolou e mal olha na minha cara, as coisas só pioraram quando meu marido morreu.

Meu marido sempre colocou o reino a cima de tudo, acima de mim, acima dos filhos, mas sempre deixo claro o seu amor por eles, eu também me importei mais, com as tardes de chás, gostava de ver minhas amigas admirando minhas joias e falando o quanto fui sortuda

=Ele não podia ter feito isso comigo -- Dahye chorava

=calma querida -- digo tentando deixá-la calma

=Ele iria me machucar Choon-Hee -- confesso que até eu senti medo dele

Sincerante ninguém nunca saberá até onde vai a fúria de jungkook, ele sempre foi tão frio, com resposta grossas

Nossa relação de mãe e filho era ruim, mas piorou ainda mais, com a chegada do ômega imundo é a agora estamos aqui sendo obrigadas a assistir essa cerimônia.

=Deus salve o Rei -- jungkook gritou

=Deus mate o rei -- Dahye mumuro baixinho, pois caso alguém ouvisse ela seria julgada por traição ao rei

Eu não acredito que essa coisa asquerosa de rabo e orelhas entrou para minha família

Tentei o máximo disfarça para pessoas minha insatisfação com essa união. Por mim esse ômega jamais entraria para família, maldita hora que esse ômega apareceu

=Choon-Hee querida, que cerimônia belíssima -- diz a esposa de um dos conselheiros

=Seu genro é muito belo, de uma beleza diferente -- diz eufórica -- céus, um híbrido foi tão supriendente e..

=Se me der licença querida-- corto ela sorrindo forçada

=Eu não suporto mais, todas essas pessoas falando sobre esse ômega imundo - mumuro me afastando

Ele nunca será adequado para meu filho, jungkook não podia fazer dele rei do nosso reino. ele é inferior, impuro, pobre não tem título, não possua posses

Pobre Dahye estava inconsolável, ela sim seria uma rainha perfeita para reina ao lado de jungkook.

O salão inteiro estava parado olhando meu filho dançando com aquele ser imundo. Odiava a atenção que aquelas pessoas estavam dando para ele.

=Não fique assim querida, sorria não mostre fraqueza -- aconselhei para ela

=Como não mostra, ele está no meu lugar Choon-Hee

=Eu passei a vida inteira me preparando para casar com Jungkook-- diz levemente alterada

=Não faça escândalos-- digo seria -- se recomponha a noite conversaremos melhor, aqui não é hora e nem lugar para isso

Ela respira fundo levantando a cabeça, tem que haver um jeito desse casamento ser cancelado

Jungkook foi esperto primeiro fez com o concelho aceitar o cancelamento do decreto. Depois não perdeu tempo em fazer o decreto valer, entre o povo e por umtimo apresentou o híbrido como seu ômega, impossibilitado todas as chances de impedirem esse casamento absurdo

[...]

Jungkook saiu da festa sem ao mesmo se despedir. mando seu braço direito anuncia que lamentava por não ter se despedido, mas seu ômega tinha entrado em cio

A festa durou um pouco mais e logo todos já haviam ido embora

=Que odeio ele irá marca aquele maltido híbrido-- Dahye grita

=Fique calma filhinha

=Como ? Appa, eu deveria ser rainha você me prometeu que quando chegasse a hora ele iria me escolher como sua esposa -- grossas lagrimas de odio escorriam por seu rosto

=Não grita comigo -- ela se cala

=Eu não tenho culpa se esse moleque arrumou um brinquedinho -- Jaebum diz irritado

=Brigar não vai nos levar a nada. nesse momento temos motivos diferente, mas todos nós queremos a mesma coisa nos livrar de Park Jimin

=Agora Park Jeon Jimin -- mi-cha diz, olho feio para ela que dá de ombro

=Mais se ele marca o ômega estará tudo perdido -- Dahye diz nervosa

=verdade uma marca é para sempre -- diz mi-cha

=Só há um jeito da ligação de lobos Ser quebrada -- penso alto

=Se Park Jimin morre -- Jaebum completa

Eu não gosto do híbrido, mas não sei se mata-lo será a solução, Jungkook sofreria quando a ligação de lobos estiver se desfazendo.

=Então vamos mata ele -- Dahye fala e não vejo nenhuma emoção em sua voz

=Dahye por que não vira amante do jungkook? -- digo mudando o assunto

=Ele não me quer Choon-Hee mal olha na minha cara direito

=Alfas são fracos filha cedem ao desejo carnal muito Facil -- jaebum diz -- mas não queria que você perdesse sua pureza assim

=Não sei Appa -- diz nervosa

=Talvez omma tenha razão, todas as vezes que você foi atrás dele foi para declara seu amor, talvez se você seduzir ele -- mi-cha fala -- você conhece ele já se deitou com ele então

=O que ? você já se deitou com ele -- jaebum olha mortalmente para Dahye

=Deveria ter me falado na época que deitou com ele, eu obrigaria casar com você já que te desonrou -- diz rispidamente

=Eu duvido que ela tenha se deitado virgem com ele -- digo e ela me olha sem jeito

=Jungkook não deitava com virgens senhor Kim, para não ser obrigado a assumir compromisso, o único virgem foi o híbrido imundo -- diz mi-cha

=Quem te falou que ele é puro -- Dahye pergunta raivosa

=Ouvir jungkook dizer para Namjoon -- diz

=Não gosto dele, gosto mesmo ainda da atenção que ele recebe de todos -- a única raiva de mi-cha é que agora todos só tem olhos para o reizinho jimin, e o quanto ele puro

=Não acredito eu você se deitou com um qualquer Dahye, isso poderia ter cido um problema caso Jeon te escolhesse como noiva -- diz com desgosto

=Jeon sabe muito bem que não sou virgem appa

=Você nem para ter pegado uma barriga ? -- grita

=Mesmo comigo sedenta por ele, jeon sempre tirava seu membro nunca deixo seu no se forma dentro de mim -- diz com uma certa mágoa

=Precisamos agir rápido -- diz dominada pela rejeição

=Não -- digo -- não podemos fazer nada agora

=O que?

=Você foi afronta ele dizer que iria acabar com o maltido híbrido-- acuso ela

=Jungkook tá só esperando um próximo erro seu ou do seu pai, vocês serem acusados de traição vão pra força ou masmorra --- explico-- paciência e uma virtude

=Vocês vão da um tempo espera jungkook baixar a guarda, só aí pensamos em alguma coisa

=E a marca -- diz Séria

= pensamos nisso depois primeiro jungkook precisa querer levar você pra cama

=Use sua femilinidade ao seu favor -- mi-cha opina -- você tem coisas que o híbrido não tem, mostre ao Jungkook que você poderá lhe dar Prazeres que o ômega não

=Isso é bom -- jaebum diz -- precisa seduzi-lo na cama filha, fazer ele deixa o ômega de lado

=Omega vai ficando fraco e vulnerável a saúde de um híbrido e frágil-- sorri maldoso

=So precisamos ter cuidado, não se brinca com um ômega de um lúpus-- digo pensativa -- não consigo nem imaginar oque ele faria conosco. ninguém escaparia da sua fúria por isso vamos pensar bem se vamos arrisca tudo que temos

=Eu não tenho o que pensa eu terei Jeon Jungkook para mim-- diz decidida

=Não sei, melhor não vamos voar muito alto por inguanto. vamos manter os pés no chão

= Choon-Hee tem razão, vamos ficar atentos eu quero viver muito ainda

=Você não tem nada a perde Dahye, eu tenho um filho. Já não temos uma relação boa, mas estou fazendo isso para o bem dele. Jungkook é um rei e aquele imundo não está ao seus pés.


Notas Finais


Tá na hora de conhecemos um pouquinho os vilões, porque nem tudo São flores né amores.

Um ranço dessa mãe do Jungkook 😑🤮


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...