História Meu Rei Lúpus. (imagine Jikook bts) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Billie Eilish, Blackpink, Halsey
Personagens Billie Eilish, Halsey, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Imagine Jikook
Visualizações 272
Palavras 1.442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - O Último Kim.


Fanfic / Fanfiction Meu Rei Lúpus. (imagine Jikook bts) - Capítulo 16 - O Último Kim.

Jimin on.

Arrumava minhas roupas de frio na frente do espelho enquanto tentava descobri para onde Jungkook iria me levar nesta manhã. 

-você esta lindo...parece um bolinho de arroz...-diz Jungkook, encostado na porta enquanto me olhava. 

-não posso mesmo levar o Hoseok?...-choramingo.

-está muito frio para ele Jimin e sua irmã se voluntáriou para cuidar do mesmo não foi?-eu só assenti e suspirei.-vamos logo antes que meu appa perceba que estamos saindo juntos.-diz quanto se aproxima e me abraça por trás o que faz meu corpo esquentar...mas...porque? 

-para onde vamos?...Você ainda não me disse...

-vamos ver uma pessoa que consertesa nos ajudará sobre nosso casamento...Esta bem?-apenas assenti.-então vamos. 

Do lado de fora do castelo.

-fique aqui...tenho que tirar as minhas roupas...-o olho surpreso e confuso. 

-p-porque?...

-para que eu não as rasque quando me transformar.

-E porque vai se transformar? 

-é mas rápido do que ir a cavalo e mas descreto também.-o mesmo vai para trás de uma das grandes moitas do jardim do castelo e logo resmunga por causa do frio. 

Meu lobo começa a o imaginar tirando suas vestes e eu acabo batendo de leve em meu rosto para que o mesmo parace com isso. 

O que ah com você!?...

E como sempre ele não me respondeu. 

Logo vejo o lobo negro de Jungkook se aproximar de mim com uma trouxa de roupa em sua boca que logo me entrega para que eu a levasse. 

-suba pequeno e se segure firme.-diz se deitando na neve de barriga para baixo, para que eu subisse em suas costas e assim o fiz. 

Logo entrelacei meus dedos gelados em seus pelos negros e os mesmos se arrepiam com o meu toque. 

-pronto?

-sim...

-então vamos!-o mesmo se levantar e logo da o impulso para começar a correr, rumo a floresta. 

O vento frio fazia meus olhos lacrimejarem e meu rosto arder então escondo o mesmo entre os pelos negro em que me segurava para não cair por conta da velocidade. 

-está com frio pequeno?-assenti.-desculpe mas precisamos ser rápidos. 

E realmente fomos rápidos pós logo saímos da floresta e chegamos em uma casa pequena e rodeada por plantas que mesmo no inverno, estavam verdes e enfeitavam toda a estrada que levava para a colina onde a modéstia casa se encontrava. 

Quando Jungkook para, eu me permito sair de suas costas e logo o mesmo, ofegante pela corrida, vai para um pequeno lago que se encontrava perto de nós para beber um pouco dágua.

-suas roupas...-ele termina de se idratar, pega a pequena trouxa de roupa com a boca e vai para trás da imuide, porém linda, casa. 

-HAHAHAAA!-ouso uma risada vinda do jardim do local e como sou curioso, começo a seguila.-Meu santo lobo esse livro é muito bom hahaa!-vejo um homem de cabelos brancos e vestes de mesma tonalidade, sentado em um pequeno banco do jardim e rindo de um livro que lia, o que fazia puraquinhos fofos aparecerem em suas bochechas mas logo os mesmos somem quando ele me ver.-Oh...Quem é você? 

-Ah desculpe-me a invasão...me chamo Park Jimin -faço uma reverência educada- e eu vim aqui com o -fui interrompido.  

-um Park?...NA MINHA CASA!? MEU SANTO LOBO EU NEM A ARRUMEI!!-ele se levantar e começa a andar de um lado para o outro o que me faz rir.-me desculpe altesa eu a irei arrumar agora.-e ele iria se eu não o segurasse pela barra de sua manga. 

-calma não precisa disso senhor, sua casa e jardim são uma graça.-sorrio para o mesmo que me retribui e logo suspira aliviado. 

-me perdoe...é que...Não sou de receber visitas...e não saiu muito também...

-eu sei bem disso...-a voz de Jungkook se faz presente e a mesma tinha um tom de chatiasam.-porque não foi para o velório da Rainha Namjoon?...-o tal Namjoon suspira novamente e balança a cabeça antes de responder. 

-não aguentaria ver minha pequena em um caixão Jungkook...ainda prefiro que minha última lembrança seja de uma menininha alegre e travessa, brincando com a terra de meu jardim e quase a colocando na boca... - ele rir de sua lembrança mas sinto uma tristeza vinda da mesma. 

-entendo...Bom pelo visto já conheceu Jimin...

-ah santo lobo nem me apresentei - ele bate em sua testa e eu rir gentilmente de seu ato.-me chamo Kim Namjoon-ele faz uma reverência teatral, pega minha mão e beija as costas da mesma.-ao seu dispor majestade.-Apenas rir e Jungkook também.-então este é o Park que você irá se casar Jk?-nossos sorrisos somem. 

-é por isso que vinhemos aqui...meu appa...ele enlouqueceu! 

-ele quero é novidade...-diz Namjoon, cruzando os braços e apoiando seu peço em uma das pernas. 

-ele cancelou o casamento entre mim e Jimin para...-seus olhos ficaram na cor vermelha por um tempo mas logo voltaram ao normal quando o mesmo respirou fundo.-para se casar com ele em meu lugar...-disse entre dentes e só vi a boca de Namjoon se abrir lentamente, formando um perfeito O enguanto franzia suas sobrancelhas que por algum motivo não eram brancas como seus cabelos. 

-mas...Como ele...Como pode...Que!?

-tudo para ter seu tão precioso sucessor perfeito...

-um alfa lúpus puro como ele?...

-sim...

-mas e seu novo irmão!?

-ele ainda não tem cheiro...desconfio que seja um Beta.-finalmente me pronunciei.

-por favor Namjoon...sua sabedoria é a mas poderosa dos 7 reinos...Você deve conseguir pensar num plano para que eu possa me casar com....-ele para e me olha nos olhos.-com o meu amor...-meu coração parou, meu lobo uivou e tenho certeza que fiquei igual a um tomate. 

-santo lobo...até eu me casaria com você depois dessa-ele finge chorar mas depois volta ao normal.-pós bem...deixe-me pensar....-ele, ainda de braços cruzados, começa a andar de um lado para o outro novamente só que dessa vez era mas calmo e pensativo. 

Um silêncio se fez presente e só persebi que encarava Jungkook, quando o mesmo tira sua atenção de Namjoon e a pouça em mim, o que me faz corar novamente e desviar o olhar para meus pés. 

Ele disse que eu sou o seu amor...digo o mesmo para ele?...

Por favor!!!

Me assusto de leve quando meu lobo fala comigo.

-JÁ SEI!-um estalo de dedos me tira de meus pensamentos e me faz olhar para Namjoon novamente.-venham comigo.

Logo estávamos dentro da pequena casa que parecia uma casa de ponecas versão masculina, para mim. 

-cadê....cadê...ah aqui esta você!-ele tira um enorme livro de uma das estantes cheias de outros livros e o coloca na mesa que deduzir ser a de refeição pois a mesma se encontrava no começo da pequena cozinha.-o livro dos 7 reinos -ele sorri.-nele se encontram as 100 leis dos 7 reinos, feitas pelos 7 primeiros Reis e escritas pelas doces mãos de seus e soas ômegas.-ele diz alegrimente mas só sinto vontade de chorar quando lembro de minha omma me ajudando e ajudando minha irmã a às decorar...

-como isso nos ajudará? -Jungkook parecia confuso. 

-se minha memória ainda estiver boa depois de tantos anos, sei que tem uma regra que nos ajudará e muito.-Namjoon começa a folhear as páginas antigas e empoeiradas do grande livro -ACHEI! Lei  número 60, nenhum casamento Real -o interrompo.

-pode ser cancelado depois de ser revelado para seus suditos, apenas se um dos noivos vinher a falecer....-Namjoon terminou de ler a lei e depois me lançou um olhar surpreso, já Jungkook me olhava comfuso.-nem perguntem...

-tá bom...-diz num tom arrastado e fechou o livro de uma vez o que assustou Jungkook que ainda me olhava.-então é isso...seu casamento não pode ser cancelado se seu appa o disse para seus suditos.

-ele e meu appa  deram uma festa de noivado...

-mas ele me disse que não iria cancelar o casamento só que iria se casar com Jimin no meu lugar...

-mas todos já sabem que o casamento anunciado é entre você e Jimin por tanto não pode ser adiado ou substituído...e eu ainda posso ajudar, colocando meu nome no meio de tudo isso. 

-não me diga que...-os olhos de Jungkook brilham e namjoon o interrompi.

-me dem as suas mãos direitas.-eu e Jungkook obedecemos e o mesmo as segura com suas duas mãos.-Eu, Kim Namjoon, prometo que casarei Jeon Jungkook com Park Jimin.-Jungkook sorrir aliviado e eu acabo fazendo o mesmo depois.-está é uma promessa...do último Kim.



Notas Finais


Desculpa qualquer erro. 💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...