História Meu ruivo idiota - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Tags Amor Doce, Castiel, Meu Ruivo Idiota
Visualizações 45
Palavras 1.352
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 26 - "Mas eu quero que a gente recomece Castiel."


Estava na sala esperando calmamente as crianças chegarem, Já se passaram da meia noite e nada.

Rosa: Eu vou matar o Castiel.- Ela rosnou parecendo irritada.

Alexia: Espero que meus filhos pelo menos apareçam vivos.- grunhi com a possibilidade deles aparecerem sem cabeça.

Sofia: Vai dar tudo certo.- Sussurrei nem tão confiante assim,Minutos depois um barulho de gargalhadas foram escutados, Suspirei aliviada ao ver as crianças entrarem em casa felizes e animadas.

Castiel: Vão pro quarto de vocês crianças.- Ele murmurou me olhando fixamente.- amanhã venho visitar vocês.- Eles assentiram e subiram murmurando um boa noite,A rosa e a Alexia subiram logo depois de fuzilarem o Castiel.

Sofia: Isso é hora? - Sussurei cerrando os olhos.

Castiel: Perdemos a hora.- Ele murmurou se aproximando de mim.- Sinto muito..acabei te preocupando.- Ele estendeu a mão em minha direção, Fechei os olhos e ia permitir que ele me tocasse,Mas como uma onda de realidade dei um tapa na mão dele.

Sofia: Fique longe de mim.- Murmurei o olhando com um certo Sono,Ele me olhou de cima a baixo.

Castiel: Você está mais magra que o normal..- Ele grunhiu.- Isso é culpa minha..- Completou com um leve ar de desaprovação.

Sofia: Eu deixei de comer para dar comida as crianças,Todos nós Perdemos peso castiel.- Murmurei.- Os meninos Aparecem raramente pq ficam 24 horas trabalhando, Nós ficamos trabalhando como babá ou às vezes até como empregada,Se você soubesse o quanto nós fomos Humilhadas Por vários velhos por sua culpa.- Mordi o lábio inferior.- Porque você foi Embora? - Perguntei sentindo minha visão ficar embaçada.

Castiel: Sinto muito.- Ele abaixou a cabeça e se afastou.- Eu queria te dar um tempo..mas as coisas saíram do meu controle.- Ele me olhou e suspirou.

Sofia: Dá tempo?- Soltei uma gargalhada amarga.- Realmente saiu do Controle. - Murmurei Balançando minha cabeça negativamente. - Lyan está sofrendo Bullying.- Acrescentei.- Crystal..- Olhei Pro lado. - Quase sofreu um abuso sexual. - Vi ele apertar as mãos com força uma na outra enquanto franzia o cenho.- As outras crianças.- Suspirei.- Estão sofrendo preconceito Até demais.- Admiti.- Gustavo principalmente.. ninguém quer ser amigo dele na escola,alexy já chegou a ser chamado na escola porque o Gustavo se envolveu em uma briga por causa disso e diversas vezes por causa da Crystal.- Sorri. - Ele gosta dela.

Castiel: E-eu..- Ele sussurrou gaguejando.

Sofia: Suma de nossas vidas novamente Castiel, Estávamos bem o bastante sem você.- Declarei dando o toque final naquela conversa.

Castiel: Agora Você Vai me Ouvir Sofia.- Ele me olhou sério o bastante para me fazer me arrepiar por inteiro.

Sofia: Ouvir o que? você sumiu pq quis, Não tenho nada a ver com isso.- Cruzei os braços.

Castiel: Você me expulsou! - grunhi baixinho.

Sofia: Eu te expulsei de casa, Não de nossas vidas. - Arquei uma sombrancelha Pensativa.

Castiel: Estavam me procurando. - Ele murmurou parecendo Cansado. - Tentei Desaparecer para eles não seguirem vocês,Mas não deu certo por muito tempo,Por isso eu voltei. - Fiquei o olhando,Cabelos ruivos bem cuidados, olhos sem brilho…sua cor mais pálida que o normal,Seus lábios entre abertos me convidando para sentir o gosto de seus lábios novamente.

Sofia: Você Poderia ter me contado!- Respirei fundo.- Meus filhos estavam em perigo Castiel.- Murmurei rosnando.- Não acredito que você não me contou isso..EM QUE PORRA VOCÊ SE METEU? - Minha calma tinha ido viajar para Los Angeles e a raiva voltou da Califórnia.

Castiel: A Máfia da Debrah.- Ele murmurou.- O avô dela quer vingança.. Estão treinando uma garota para ser igual a ela. - Suspirei sentindo a dor da menina para mim. - Eu só queria te proteger Sofia,Mas você nunca permite isso.- Ele bufou. - E isso me deixa irritado.- Ele terminou e eu fiquei quieta pensativa.

Sofia: Qual é o Nome da menina?- Perguntei baixinho.

Castiel: Kaylane. - Assenti devagar..- Kaylane Hale..- Segurei minha Respiração.

Sofia: Essa menina.. - Sussurrei. - Ela vai mudar tudo.- Falei confiante.- Intuição de canceriana nunca falha.- Brinquei.

Castiel: Você é Ariana.- Ele murmurou e eu Revirei os olhos.

Sofia: Sabe nem brincar. - Me sentei no sofá.- E o que você quer que eu Faça sobre os seus crushs te seguindo? - Ele mordeu o lábio inferior.

Castiel: Eles não são meus crushs.- Ele cruzou os braços.- Quero que me permita a morar aqui.- Ele se inclinou pra frente parecendo pensativo com aqueles lábios entre abertos de volta.

Sofia: Pare. - Sussurrei e ele me olhou confuso.

Castiel: Parar com o que? - Ele jogou a cabeça pro lado confuso.

Sofia: De ficar com os lábios entre abertos. - Grunhi quando ele fez de novo.- É tortura.- Murmurei.

Castiel: Hm.- Ele lambeu os lábios com um sorriso escondido. - Então você ainda sente algo por mim. - Ele afirmou se aproximando.

Sofia: Eu nunca te esqueci.- Sussurrei olhando no fundo dos olhos dele.

Castiel: Então pq se separou de mim?- Ele perguntou se aproximando lentamente de mim.

Sofia: ciúmes demais..de ambas partes.- Murmurei olhando os lábios dele.

Castiel: ciúmes não é bom? Quer dizer que ainda amávamos um ao outro.- Suspirei.

Sofia: Sim mas..- Desviei o olhar finalmente.

Castiel: Me diga Sofia. - Ele finalmente tinha chegado perto de mim,Me segurou pela cintura e colocou uma de suas mãos no meu rosto me obrigando a olhar para ele. - Você falou que queria divórcio da boca pra fora ou teve alguma razão? - Senti minhas lágrimas que eu tanto segurava caírem lentamente.

Sofia: Você sabe a resposta. - Sussurrei sentindo minha voz ficar mais fraca a cada minuto.

Castiel: Eu sei? - Sua voz estava mais rouca,Ele se aproximou lentamente do meu ouvido e logo depois mordeu o lóbulo. - Talvez eu saiba,Mas quero ouvir de seus lábios. - Ele passou um de seus dedos sobre meus lábios e eu arfei quando senti ele me apertar mais ainda contra seu corpo me obrigando a sentir seu peitoral sobre meu corpo.

Sofia: Você está me torturando.- Murmurei me sentindo fraca diante dos olhos dele.- Isso não é justo.- Ele soltou uma gargalhada gostosa e se afastou.

Castiel: Eu te amo. - Ele disse com um leve sorriso nos lábios,Suspirei.

Sofia: Eu te amo mais. - Falando essas palavras o olhei no fundo dos olhos me sentindo mais confiante. - Mas eu quero que a gente recomece Castiel.

Castiel: Como conhecidos?- Ele sussurrou parecendo Decepcionado.

Sofia: Como namorados que estão juntos por causa dos filhos.- Brinquei e ele riu.

Castiel: Você é a pior das piores.- Sorrimos um ao outro e nos sentamos no sofá,Ficamos conversando Por um bom tempo,Sobre tudo que ele fez nesses últimos 6 Anos, Estávamos em uma atmosfera boa e tranquila, Até o Lyan descer correndo pela escadas com a mão na boca,A Crystal estava atrás dele com alguma coisa na mão.

Crystal: ENGOLE ESSA PORCARIA AGORA SEU DEMÔNIO DA TASMÂNIA!- Ela berrou com um sorriso diabólico,Lyan foi pro banheiro e depois de alguns minutos voltou pálido,Mais pálido que o normal.

Lyan: VOCÊ É LOUCA!SUA PSICOPATA. - Suspirei.

Castiel: O que está acontecendo aqui? - Crystal desviou o olhar e olhou pra mim.

Sofia: O que aconteceu filha? - Falei calmamente com um sorriso Acolhedor nos lábios.

Crystal: Ele estava brincando com o Slime grudento dele,Quando ele derrubou aquela meleca nas minhas roupas, Então eu coloquei todo o Slime na boca dele.- Ela falou Sorrindo orgulhosa de seu ato.

Lyan: EU ESPERO QUE VOCÊ CAIA DAS ESCADAS SUA RETARDADA.- ele gritou e veio na minha direção.

Sofia: Lyan.- O olhei séria,Ele engoliu em seco e eu ri. - Na próxima vez taca no cabelo dela.- Sorri.

Lyan: Ok mãe.- Ele sorriu e subiu junto com a Crystal,Os dois discutiam que só Jesus.

Castiel: Eu vou ficar no quarto de hóspedes.- Ele murmurou e eu assenti me levantando junto com ele, Subirmos a escada com calma e quando estava prestes a entrar no meu quarto me vi presa nos braços de Castiel contra a parede,Seus lábios Beijavam o meu com fúria e Desejo,Com uma pitada de carinho.

Castiel: Senti saudades.- ele sussurrou e me fez carinho enquanto eu sorria.

Sofia: Também senti. - Ficamos nesse carinho até eu decidir entrar no meu quarto.

Castiel: Até amanhã.- Assenti e entrei no meu quarto me sentindo animada.

Sofia: Ele me mata. - Sussurrei colocando meus dedos sobre meus lábios desejando sentir seus lábios no meu novamente,Soltei uma risada.- Estou parecendo uma adolescente de novo.- Sorri e fui em direção a minha cama me deitando logo após.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...