1. Spirit Fanfics >
  2. Meu segredo >
  3. Conselho

História Meu segredo - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Conselho


Já havia se passado 3 semanas, Arthur tinha usado bem elas, voltou a trabalhar com o crossfit, ajudando nas despesas de  casa, tinha parado de ouvir Projota por que estava sentindo muita raiva dele já que o cantor não respondia as suas mensagens a algum tempo.

Aprendeu a tocar violão online, jogou fora todos os posters de Projota e estava mais eclético, prezava sempre cuidar dos seus pais e tomando todo o cuidado para não pegar a covid, estava se renovando aos poucos, não estava pensando em nenhum relacionamento apenas em si.

Arthur: ah como é bom olhar a vida com outros olhos.(passando perfume)

Agora estava indo se encontrar com Carla Diaz, a mulher que fez a sua vida virar de cabeça para baixo, que fez ele querer amar a si próprio como a muito tempo não se amava.

Arthur: a mulher que mudou o meu destino.(sorri)

Pegou o seu carro e não demorou muito para chegar a casa da loira já que ela estava passando férias em Conduru, de tanto que Arthur havia falado para ela ir lá acabou indo.

Arthur: iai Carlinha?(sorrindo vendo a bela moça) olha o que eu trouxe para você.(dando um buquê para a moça)

Carla: Hum...quando a gente namorava você não me dava flores(ri) o que mudou agora?

Arthur: é que você fez eu virar um novo homem, eu me sinto tão renovado tudo por sua culpa!(ri)

Carla: então decidiu ouvir o meu conselho hein?

Arthur: posso entrar? É que eu quero muito conversar sobre esse novo Arthur.

Carla: claro, entra!(sorri dando passagem)

Enquanto isso na casa de Bill...

Bill: ah mais um dia relaxante não é Bob?(sorri)

Nessas 3 semanas estava se sentindo muito solitário e estava pensando muito em Arthur e estava achando aquilo muito cansativo, decidiu respirar novos ares e adotou um cachorro e o chamou de Bob.

Bill: está com fome não é meu amor? Eu vou dar comida para você minha vida.(acariciando o pelo macio)

O pelo do seu pequenino cachorro devido a sua raça era lindo, tinha pelos lisos e castanho, uma fofura e quando deitava no chão parecia um tapete.

Bill: aqui meu amor!

O cachorrinho foi correndo comer sua ração, eu estava tão feliz com o Bob, tinha até esquecido o Arthur um pouco, decidi passar essas 3 semanas de boa, aprendi a cozinhar melhor com algumas aulas onlines de culinária, aprendi receitas deliciosas.

Bill: agora eu vou comer um pouco também Bob.

Além de eu estar conversando todos os dias com os amigos que eu fiz no BBB, menos com o Arthur é claro eu não quero acabar com o espaço dele, acho até que aos poucos eu estou superando esse amor impossível da gente.

Bill: meu bebezão estava com fome né?

Eu cansei de ficar rastejando por ele, eu não preciso disso, nunca precisei, eu sou bonito, forte e guerreiro, não preciso ficar correndo atrás de quem não me quer, por isso decidi que eu vou me dar muito mais valor, por que é isso que eu mereço.

Já na casa de Carla Diaz...

Carla: quando eu falei que era para se dar mais valor eu não achei que você ouviria e seguiria a risca o que eu falei.

Arthur: claro que eu segui, quando você me disse, Arthur, você estava sendo babaca com você mesmo e acaba sendo babaca com os outros, ali eu me toquei que para eu amar alguém eu teria que me amar primeiro.

Carla: parece que você está começando a entender.

Arthur: sim, eu me rastejando desse jeito para o Projota me fazia mal, eu não me dava o devido valor, eu me sentia meio sujo.

Carla: fico feliz que você tenha realmente mudado.

O celular do loiro tocou em sinal de uma mensagem nova que leu rapidamente.

Arthur: eu não acredito nisso!

Carla: o que foi Arthur? Ficou pálido do nada.

Arthur: não é nada, eu tenho que ir agora, obrigado por tudo Carlinha.( Lhe dando um beijo no rosto)

Recebeu um de nada da moça e saiu correndo logo entrando no carro não sabendo o que fazer.

Arthur: o que eu faço agora?

O celular tocou de novo e atendeu de imediato.

Arthur: o que você quer comigo Thiago?

Projota: eu tenho uma notícia boa para te dar, eu acho que você já deve ter visto nos sites de fofocas né?

Arthur: sim, mas eu mudei não vou cair na sua lábia.

Projota: por favor, vem, eu imploro meu amor.

Arthur: eu já disse que eu não vou.

Projota: por favor, por tudo o que a gente viveu, vem falar comigo.

Arthur: tudo bem, mas não tente nada.

Projota: eu juro que não vou fazer nada.

1 hora depois já estava no apartamento de Projota que abriu a porta com um grande sorriso.

Projota: que bom que veio meu amor, eu me separei dela por sua causa, por que eu não queria mais trair ela, por que eu não estava conseguindo tirar mais você da minha cabeça.

Arthur: até parece você me esqueceu esses dias.

Projota: não, eu só estava resolvendo as papeladas do divórcio para te dar essa boa notícia, agora podemos ficar juntos meu amor.

Arthur: eu não quero mais você Projota.

Projota: você sabe que você ainda me quer.( O abraçando por tras)

Arthur: para com isso Thiago...

Projota: eu sei que você quer meu amor.( Lhe beijando as costas)

Arthur: eu não quero você mais...

Projota: você sabe que eu te amo não é?

Virou o loiro de frente para si, e o pegou pela nuca o beijando, Arthur tentou dar alguns murros no ombro do cantor que não o largou por nada, o beijo foi ficando mais intenso e o loiro foi jogado na cama.

Arthur: como você faz isso hein? Eu te odeio.

Projota: vamos ver por quanto tempo vai durar esse ódio!

Começou então a levantar a camisa de Arthur lhe dando vários beijos em seu peitoral, abaixou a calça do rapaz  junto a sua cueca e começou a lhe chupar até que Arthur ficasse duro o que não demorou muito.

Arthur: Ahhhhh...Ahhhhh... Thi....ahhhhhh...

Pegou o lubrificante e passou em seu pênis e começou a adentrar Arthur que gemeu, segurou firme na cintura do loiro e começou a lhe estocar.

Projota: ahhhhhh... Arthur...Ahhhhh...Ahhhhh...

Sentir o cantor lhe penetrar daquela forma era maravilhoso, sentindo o maior do prazer com quem queria, ambos os gemidos se misturavam, em meio aquela onda de prazer que tomavam seus corpos.

Não demorou muito para ambos sentir o deleite de gozarem.

Projota: eu estava com tanta saudades de você.

Arthur: eu também estava com muita saudades de você!( Lhe dando um selinho)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...