1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Sonho Realizado >
  3. 07 - Sequestros Pt. 03

História Meu Sonho Realizado - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Hey

Capítulo
Para
Vocês

-^-

Boa Leitura

Capítulo 7 - 07 - Sequestros Pt. 03


P.o.v Lisa

Foram só dois dias sem a Yun, mas parecia uma eternidade. Por isso ficamos tão felizes, quando ela finalmente voltou para casa:

-Yun!!!!!!- gritei quando ela e a Jisoo entraram pela bendita porta da nossa casa.

-Lisaaaa!!- ela veio correndo me abraçar.

-Então é assim agora né Lisa?- a Rosé perguntou, com ciúmes.

-Ah Rosé! Dá um tempo! Você sempre vai ser minha Best Friend!- eu disse- mas eu também tenho outras amigas né....

-É...- ela falou com a cara emburrada, mas depois soltou um sorriso e veio se juntar ao nosso abraço. Hum, será que....? Nããão! Ela não pode gostar de mim, né?

-Abraço coletivo!- gritei e a Jisoo se juntou a nós.

-É sério isso?- a Jennie perguntou.

-Vem logo Jennie- a Jisoo reclamou.

-Tô indo- ela nos abraçou.

Ficamos um tempo abraçadas, até que a Jennie acabou com o "momento":

-É... já deu né?- ela se soltou- que meloso...

-Não é meloso! É fofo!- a Yun a corrigiu.

-Que seja!- ela disse.

-Ih, já vão começar a brigar- Jisoo comentou.

-Não, não- Jennie disse- ela acabou de voltar de um hospital...

-Deixa para outro dia - eu ri.

-Ok, ok... quem me ajuda a fazer o almoço?- a Jisoo perguntou.

-Eu!- a Yun respondeu.

-Não mocinha! Você ainda não está totalmente curada- a Jisoo disse.

-Eu não vou nem morta- a Jennie disse.

-Então, eu posso escolher uma delas para te ajudar?- a Yun implorou- por favor...

-Não vejo problema... - respondeu.

-Hum... já sei quem eu vou ferrar....- disse olhando para a Jennie.

-Nem pense nisso...- a Jennie a lançou um olhar de morte para ela.

-Eu escolho a Jennie- disse- huehuehue...

-Só não te mato, porque somos amigas- falou saindo com a Jisoo.

Ficamos conversando até, alguém bater na porta. De repente, eu senti um pressentimento ruim. Nós mandamos a Yun atender.

-Yun espera!- gritei, fazendo-a largar o trinco da porta.

-O que o houve Lisa?- ela perguntou, olhando diretamente para mim.

-Deixa que eu atendo- eu disse, indo até ela.

-Por quê?- perguntou.

Pode se ouvir, mais batidas na porta. Batidas não, estava mais para socos mesmo.

-Já vai- a Yun gritou- atende logo então, Lisa...

Eu andei em direção à porta, e cada vez mais meu mal pressentimento aumentava. Algo me dizia que quem estava parado naquela porta, podia ser uma ameaça, sendo assim, alguém que fez algo errado, e está sendo procurado. 

Abri a porta, e só vi uma mulher com um olhar de louca:

-Q-quem é v-você?- perguntei assustada. As outras meninas, que estavam na sala, vieram ver quem era.

-Não era você quem eu queria! - ela falou me empurrando, e saiu adentrando a casa.

-Ei! Senho....

-Você!- ela olhou a Yun e avançou nela.

-Socorro! É essa mulher- a Yun só conseguiu gritar e sair correndo dela- ela não pode fazer isso comigo de novo! Nããão!

-Você vai pagar, por ter sobrevivido!- a mulher gritava correndo atrás dela.

-Para! Ei Para sua louca!- nós tentávamos parar a mulher, até que ela empurrou a Rosé para um canto.

-Rosé!- corri até ela, que estava no chão, com a mão no braço.

-Dói... dói muito Lisa...- ela dizia, praticamente chorando. 

A mulher conseguiu alcançar a Yun e agora, batia, sem dó nem piedade, na coitada. A Jisoo veio me ajudar com a Lisa, enquanto a Jennie tentava parar a mulher. 

-E agora Lisa? Eu ligo para a polícia, ou para o hospital?- a Jisoo perguntava aflita.

-Pros dois!- respondi segurando a Rosé, que chorava desesperadamente. Não se sabia se era pela dor do braço, ou pelo o que estava acontecendo ali.

-Solta ela!- a Jennie empurrou a mulher para longe. Podia se notar, que as duas tinham força. 

A mulher, literalmente, voou para o sofá, depois do empurrão. Enquanto, a Yun só chorava, nos braços da Jennie. 

-Eles já estão vindo- anunciou Jisoo.

Então, de repente, a mulher, com sua face raivosa, tira um revolver e mira em todas nós, já que estávamos todas juntas. 

-Já deu! Agora é para valer. - anunciou. – vou acabar com cinco k-idols de uma só vez!

-P-por favor.... não nos mate- a Rosé implorava.

-Ela devia ter pensado, antes de roubar a minha vaga, para ser integrante do Blackpink- disse apontando para a Yun.

Seu rosto, antes raivoso, agora tinha se transformado em um sorriso vitorioso e louco, ao mesmo tempo.

-Agora... chegou a hora mais esperada- ela riu- um... dois.... três...

E pode-se ouvir um grande barulho de tiro. Nós cinco fechamos os olhos, com muito medo. Nós nos encolhemos, e vimos a mulher cair no chão. 

-Polícia, polícia!- os policiais entraram. 

-Estão todos bem?- perguntaram.

-S-sim...- a Jisoo respondeu.

A única coisa que passava na nossa cabeça era: eu não morri? Ela não tinha atirado em mim?

-Tivemos que atirar na mulher, antes que ela matasse vocês- disse o policial.

A essa hora, a Rosé já tinha desmaiado. De dor e de susto. 

Logo, a ambulância chegou, e nós fomos até o hospital. Eu, a Jisoo e a Jennie, tínhamos apenas alguns arranhões, mais a Yun e a Rosé, nem tanto.

A Rosé tinha quebrado o braço, enquanto a Yun, tinha levado socos na barriga e no rosto. 

Depois de ficar um tempo lá, seguimos para a delegacia, para depor. 

A Yun confirmou que aquela mulher, era a tal sequestradora, pelo menos para ela e mais duas garotas, que já haviam sido encontradas e passavam bem. Ela foi identificada como Lee Min-soo.

Depois de uma série de perguntas, finalmente voltamos para casa, e nos assustamos com quem encontramos lá.

-O que vocês estão fazendo aqui?- perguntei.

-Nem para agradecer né Lisa?! Nós cuidamos da casa para vocês- o Kookie respondeu.

-A gente não sabia disso- disse.

-Mas eu avisei a Jisoo- ele disse.

-É... eu esqueci de avisar vocês- a Jisoo disse, envergonhada.

-Ah... tudo bem- eu falei, sentando no sofá- então...

-Ih...- a Jisoo disse, esperando algum tipo de punição.

-Você vai ter que fazer comida- disse e a Jisoo se espantou.

-Só isso?- ela perguntou- pensei que seria pior.... na verdade eu sempre faço isso.

-Se quiser eu peço mais- disse.

-Não! Não precisa! Tô indo lá- ela disse saindo rapidamente para a cozinha.

-Essas duas...- a Yun riu.

-Então... como está a vida de vocês?- o Jin perguntou.

-Agora está melhor- a Rosé respondeu- nossa vida está muito agitada, sabe...

-E também...- eu disse- temos uma novidade....

-Que novidade?- a Jennie perguntou.

-Ah... aquela novidade- a Yun disse- vem cá Jisoo!

-Oi?- a Jisoo veio para a sala de estar. – primeiro, me mandam ir fazer comida, agora me chamam de volta! Se decidam, eu hein!

-Sabe meninos- eu falei, ignorando a Jisoo. - a Jisoo e a Jennie estão namorando...

-Woow- todos se espantaram.

-A é! Tinha me esquecido- a Rosé disse.

-É verdade isso?- o Namjoon perguntou. – parabéns!

-É...- a Jisoo assentiu e voltou para a cozinha.

-É sim! Algum problema Namjoon?- a Jennie o olhou torto. 

-Não. - ele negou. – por que teria?

-Acho que ele ficou com medo- eu ri. – hum sei...

Todos nós rimos, menos ele.

-Não fiquei com medo não!- ele disse.

-Bora come cambada!- a Jisoo chamou e nós fomos comer.

Terminamos de comer, e o Jungkook disse que ia no banheiro.

-Gente!- o Jin chamou- aproveitando que o Jungkook saiu...

-Não é legal falar dos outros pelas costas- eu disse defendendo o Jungkook.

-Calma Lisa! É por uma boa causa!- o Namjoon disse- ou você não quer ver o seu amor feliz?

Ai, que hilário.

- Amor? Fala sério Namjoon! – gente, que idiota. – todo mundo sabe que eu sou lésbica...

- Você é? – a Rose perguntou, em um tom meio feliz e surpreendido ao mesmo tempo.

- Siim.... – respondi.

-É gente... será que o Namjoon pode falar?!- o Jin perguntou meio bravinho - antes que o Jungkook volte.

-Hummmmmmmmmm- eu os olhei.

-N-não tem nada a ver- o Jin disse corado.

Todos rimos. Ai, que dia...

-Tá... continuando- o Namjoon disse- como todos sabem, amanhã, é o aniversário do Jungkook...

-É? – a Yun, a Rosé, a Jennie e a Jisoo perguntaram ao mesmo tempo.

-Sim... vocês não sabiam?- perguntei então.

-Não....

-E.... nós queríamos fazer uma festa surpresa para ele- continuou- quem topa em ajudar?

Todos nós levantamos a mão.

-Ok- ele disse- como já está quase na hora de nós irmos embora, eu vou criar um grupo de whatsapp, sem ele, para nós nos falarmos...

-Ok...

-Voltei! Sentiram a minha falta?- Jungkook chegou, nos assustando.

-Que susto Jungkook!- reclamei.

-Hum.... se assustaram porque estavam fazendo coisa errada né?- ele perguntou.

-Claro que não... - o Jimin negou, sem olhar nos olhos de Jungkook.

-Sei- ele olhou para o Namjoon, que desviou o olhar.

-Bom... é melhor nós irmos! Tchau meninas!- se despediram e sairam.

Um tempo depois de eles saírem, alguém mandou mensagem:

>Aniver do Jungkook<

 

Namjoon: Oi gente.

 

Namjoon: A festa vai ser aqui em casa ok?

 

Lisa: Ok.

 

Rosé: Tá.

 

Jimin: Ok.

 

Suga: Tá bom.

 

Jisoo: Aham.

 

Yun: Uhum.

 

J-Hope: Ok.

 

Jin: Tá.

 

Tae: Ok.

 

Jennie: Ok.

Yun: que tanto de ok é esse? ;-;

 

Namjoon: Nós estávamos pensando em fazer um almoço de aniversário para ele... alguém aí quer fazer?

 

Jin: Eu.

 

Jisoo: Eu também.

 

Jennie: EU também... para não acontecer nada errado...

 

Jisoo: Sua ciumenta! ;3

 

Lisa: Já vão começar a brigar?

 

Jisoo: Se depender de mim não! 

 

Namjoon: Alguém vai ter que ser responsável por manter ele longe de casa...

 

Jennie: a Lisa.

 

Jisoo: a Lisa.

 

Namjoon: Ok ‘-‘

 

Lisa: por que eu? ;^;

 

Rose: é por que ela? O Jimin faria um trabalho muuuito melhor, gente...

 

Lisa: né!

 

Jimin: ok, deixa que eu vou.

 

Lisa: perfeito :3

 

Namjoon: E o restante de nós, vai ajudar na decoração e nas demais coisas... pode ser?

 

Lisa: Sim, todos nós concordamos....

 

                                                                                                            Continua........

 


Notas Finais


Gostaram? Desculpe os erros, gente...
~Saranghaeyeo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...