1. Spirit Fanfics >
  2. Meu talismã (Saida) >
  3. Tudo

História Meu talismã (Saida) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Tudo


Depois da troca de mensagens com Dahyun, me desesperei um pouco, ela não sabia o que eu significava para ela, esperava que a coreana me desse uma resposta concreta, até porquê, eu sei exatamente o que estou sentindo, coisa besta...só paixão platônica. Aquele "eye-smile" acaba com minha pose de "bandida", ai...o jeito que aquela branquela me hipnotiza é diferente. Saí de casa com uma calça jeans preta, moletom cinza e um tênis qualquer que achei perdido na sala, meu pai mandou a Saninha aqui limpar o apê como punição por ter deixado minha turma excitada, merecia era um prêmio né amores, mas tudo bem, com ou sem prêmio, não organizei caralha nenhuma mesmo, tô até com meias de cores diferentes. 

E lá estava ela, sorrindo em sua bicicleta, e de saia, Dahyun tem coragem, se bater um ventinho isso aí levanta, ahh, tem dança do vento por acaso ? Se tiver vou faze-la mentalmente.

_Boa noite meu príncipe sem cavalo branco. _Digo subindo na garupa, Kim riu com o meu comentário bobo.

_Boa noite comediante. -Começou à pedalar, segurei em seu tronco, respirei fundo em seu pescoço sentindo o doce aroma de morango. _P-para Sana, vamos acabar caindo. -Afastou meu rosto com o ombro. 

_E...?

_E...que eu não tô afim de me sujar e muito menos ficar toda ralada, o baile é nesse fim de semana temos que estar inteiras. 

_Hum. -Balbuciei apoiando o rosto nas costas da mais nova. _Mas gosto do seu cheirinho de neném. 

_ Não sou um bebê Sana. -Cruzei meus braços próximo à sua intimidade, escutei sua respiração descompassada o que me fez sorrir. 

_Eu sei...você é bem crescidinha. -Kim não respondeu, ficamos em silêncio pelo resto da curta viagem, em menos de 15 minutos estávamos na fila do cinema.

_E então, qual será o filme capitã Sana ?-Me reverenciou.

_Ah, tanto faz, você deveria saber, foi tu que me chamou para sair. 

_Mas você escolheu o lugar, imaginei que já tinha um filme em mente. 

_Tá, tá, que tal..."Como eu era antes de você ?"

_Quer que eu chore litros hoje ? Não tenho condições para esse filme. -Riu corada. _Mas, é uma boa escolha, prefiro Toy Story de qualquer jeito.

_Brinquedos que tem vida, você acha que é o que ? Mágica de fada ? Aqueles bichos tão possuídos. 

_Cruzes, não fala isso ! É o poder do amor...-Pôs suas mãos no peito. -Ri sem humor daquela cena. 

_Vai ser o que escolhi ? -Ela deu de ombros em concordância. Compramos os ingressos, pipoca e refrigerante, fomos para a sala de número 7, sentamos na penúltima fileira. 

_Sannie ? 

_Hum ?

_Esse filme é muito triste ? -Ela me pareceu atordoada.

_Não sei Dahyunnie, mas não precisa se desesperar não tá ? É só um filme de romance clichê. -Pus minha mão sobre a sua por impulso, Dahyun sorriu e se virou para a tela apertando firme minha mão, espero que ela esteja tanto no clima quanto eu. 

O filme não me impressionou, tá, eu nem prestei atenção, estava ocupada vendo outro ainda melhor, chamado: "Dahyun comendo pipoca enquanto seus pequenos olhinhos chorosos fitavam aquela tela gigante", o nome é meio grande mas acreditem, vale à pena assistir. O efeito da luz contra o rosto de um anjo é...indescritível. 

_Sana ? Por que está parada ? -Dahyun ria de minha feição perdida. _Terra chamando Sana, ei ! -Me puxou ficando cara-a-cara comigo. _O filme acabou, se quiser assistir de novo, é só comprar outro ingresso. 

_D-desculpa, é, vamos sair daqui. -Caminhei logo atrás da coreana, a noite foi bem legal aliás, fomos num restaurante japonês, jogamos no fliperama, perdi, óbvio, e tive que pagar nossos sorvetes.

_Me promete uma coisa Dáh ? -Digo sem olhar para ela, fingi estar terminando meu sorvete quando na verdade estava batucando com a colher no fundo do pote. 

_Umm ? -Sua boca estava cheia e melada, fofa. 

_Promete que não vai sair da minha vida ? -Dahyun pareceu se engasgar com o sorvete.

_S-sana e-eu...

_Você... -Nossos olhos se encontraram, os meus ansiando por uma resposta, enquanto os dela pareciam preocupados. 

_Prometo. -Disse depois de segundos, soltei o ar que nem percebi que havia prendido. _Mas, por que disse isso ? Tem alguma coisa acontecendo ? 

_Tem sim...é que, fiquei tanto tempo longe de você, tinha esquecido a sensação. 

_Está feliz por estar comigo ? -Sorriu fechando os olhos. _Sana, hoje foi maravilhoso para mim também. 

_Mesmo eu tendo feito você chorar ? -Ela riu e assentiu com a cabeça. 

_Mesmo com aquele filme de cortar o coração. -Levantou a metade de seu corpo, aproximou seu rosto do meu, senti sua respiração se misturando com a minha, não percebi quando nossos lábios se tocaram. _Lembra de hoje cedo ? -Disse num sussurro. 

_Uhum...-Murmurei ainda mais baixo. 

_Sei sim o que você é para mim...

_E...o que eu sou ? -Perguntei curiosa com um sorriso torto.

_Tudo.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...