1. Spirit Fanfics >
  2. Meu tio é uma tentação!!! >
  3. Caralho menina

História Meu tio é uma tentação!!! - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Caralho menina


Fanfic / Fanfiction Meu tio é uma tentação!!! - Capítulo 2 - Caralho menina

- Que porra é essa ? - digo e vejo Aspen com sangue nas mãos vindo em nossa direção... America me olhava e tremia eu sabia que ela não estava nada bem...

- Eii, me diz o que aconteceu? 

- Eeeu tava no quarto como você mandou entro duas meninas e um menino e começaram a jogar isso em mim, me diz que não é sangue por favor 

- Não, não é - minto - foi o Aspen?

- Não, comecei a gritar e ele entrou no quarto e me puxou e eu corri pra cá - Pego ela colo passo e Aspen

- Mando todo mundo pra casa, menos os envolvidos - ele assente - pode pegar roupa no meu quarto se quiser 

Vou até o quarto e deixo ela no banheiro e mando tomar banho e fico esperando na porta ela já saí com o pijama deita na cama, tiro a camisa e faço cafuné e ela pega no sono... Desço pra sala e lá vejo Marcelo, Kriss e Pamela 

- O que vocês tinham na cabeça? 

- A gente não sabia que ela ia surta 

- Vocês jogaram sangue na menina e queriam que ela achasse graça, amanhã os três vão pedir desculpas a ela e torçam pra ela perdoar vocês por que se não eu mesmo destru a vida de vocês, agora saiam da minha frente - eles de retiram e Aspen aparece com uma blusa minha e Carter vem atrás dele 

- Eu não entendi merda nenhuma, quando eu cheguei lá ela tava com as mãos na cabeça dizendo não e os retardados rindo quando eu puxei ela só me perguntou onde era sua sala e saiu correndo

- No último ano que eu morei lá na Carolina, bem eu estava brincando com as crianças e meu irmão também, ela tava escondida atrás da escada e quando eu ia "achar" ela dois caras entraram na casa eu segurei ela com todas as minhas formas e coloquei a não na boca dela, ela se mexia tanto, antes de sair o bandido disse que queria o relógio e Salom não quis dar pois foi presente de casamento então houve um disparo, eles saíram e eu corri pra lá com ela, ela se jogou em cima do pai e tentou fazer massagem cardíaca - dou uma risada fraca - ela só tinha 4 anos na época, a ambulância chegou e o levaram ao hospital ela não quis sair do meu lado achei normal, quando a gente chegou no hospital ela sentou no meu colo e ficou quetinha mas aí ela olhou para as mãos e deve um ataque de Pânico e é sempre assim quando ela ver muito sangue 

- Meu Deus cara... - Aspen fala e Carter fica quieto

- Vou tomar banho e ver como tá, se quiserem dormir aqui já sabem o esquema

Vou ao meu quarto e tomo um banho sinto um short fino e vou até o quarto dela, me sento na cama e ela se vira pra mim 

- Não queria te acorda, está melhor ?

- Sim, depois do Pânico vem a calmaria, você pode ficar aqui comigo essas noite 

- Não sei se será apropriado

- Bem, se você não quiser apenas dormir aí é outra história, mas acho que é super apropriado

- Eu sou teu tio menina - digo sério

- Não de sangue e o que ninguém sabe ninguém espalha - ela diz e se aproxima - é só dormir mesmo não quero ficar só 

- Ok - digo e deito e ela coloca a cabeça no meu peito e fica em silêncio, acabo caindo no sono e acordo sozinho na cama dela...

Vou para o meu quarto me arrumo e desço as escadas e vejo a America sentada entre os meninos e conversando...

- America preciso falar com você... 

- Só um Minuto rapazes - ela vem em minha direção e me acompanha.

- Você tá bem? - ela assente com um sorriso brincalhão nós lábios- você tá gostando do Carter ?

- Não tio, eu não quero relacionado por enquanto e acho que ele não é o tipo de homen que eu namoraria - ela diz chegando cada vez mais perto e passa a mão pelo meu membro e eu me arrepiou  por inteiro - Agora eu preciso ir deitar... Se quiser ir cuidar da neném aqui depois pode ir 

P.o.v America

Saiu de lá e vou até os meninos e digo que vou deitar um pouco antes do almoço e vou para o meu quarto tiro a roupa e fico apenas de calcinha e caiu na cama, sempre depois desses ataques meu cansaço aumenta e eu cheia de sono, mas prefiro que ninguém saiba odeio quando sentem pena de mim.

Acordo com alguém batendo na porta me cubro com o lençol e digo um entre.... Meu titio passa pela porta. 

- O almoço tá pronto - ele diz e me encarando- os meninos já foram 

- Meu pai tem um vídeo seu fazendo cosquinha em mim não sei porque lembrei agora 

- Acho que é por isso - ele pula na cama e começa a fazer coscegas em mim mas meu lençol acaba caindo me deixando apenas de calcinha, ele fica encarando por um tempo

- Tá gostando do que ver ??? - 

- Ouu de tô - ele diz e vai até a porta e a tranca - me desculpa Shalom 

Ele vem até e começa a me beijar 

- Cacete America, tinha que ser tão gostosa porra?? 

- Não gosta disso titio?? - coloco o máximo possível de malicia na voz 

- Caralho menina, eu amei


Notas Finais


Continuo????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...