História Meu Único Daddy (Imagine Namjoon) - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Criminal, Namjoon, Prostituição
Visualizações 126
Palavras 1.586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!

Espero que estejam todos muito bem! :)

Obrigada, mais uma vez, a todo o apoio que vocês estão a dar à fanfic e a mim! Amo-vos muito!❤️

Mas bem. Espero que gostem do capítulo!❤️

Capítulo 30 - Possível gravidez


Fanfic / Fanfiction Meu Único Daddy (Imagine Namjoon) - Capítulo 30 - Possível gravidez

Comecei a bater na perna de Namjoon, enquanto olhava para a localização de Erik. Já tinha gravado a localização para o caso de desaparecer.

Jungkook – Namjoon! Acorda!

Namjoon – Ahn? – Acordou e endireitou-se no sofá ainda com os olhos meio fechados. - Que foi?

Jungkook – Já tenho a localização dele.

Namjoon – Sério? Ele está onde?

Jungkook - Nowon-gu.

Namjoon – Quê? Tão longe?

Jungkook – Também tido essa reação. Especialmente porque ele continua a ir ao casino todos os dias.

Namjoon – Por falar nisso. Conseguiste ouvir alguma coisa sobre a S.N?

Jungkook – Não. Como o Erik já sabe quem eu sou, nem me deixa chegar perto.

Namjoon – Bem, parece que não vais conseguir nada disso.

Jungkook – Na verdade vou. Eu arranjei alguém para ouvir as conversas dele. Começou a trabalhar ontem mas eles ainda não disseram nada sobre ela. Pelo menos ela ainda não me disse nada.

Namjoon – Ela?

Jungkook - Sim. É uma espia que conheci à algum tempo atrás. Ela é muito fixe, é boa pessoa, é engraçada, é sorridente e o melhor é que ela faz o seu trabalho bem.

Namjoon – Parece que é muito especial para ti para quem é só “uma pessoa”. – Disse brincando comigo.

Jungkook – O quê? Ela é só uma amiga que contratei, mais nada.

Namjoon – Ah sim, claro. O teu sorriso enquanto falavas sobre ela também era só “um sorriso normal”. – Só percebi quando ele disse que na verdade, eu estava mesmo a sorrir. Parei de sorrir no mesmo instante. – E os teus olhos nem brilhavam ao falar dela.

Jungkook – Para Namjoon. Ela é só uma amiga. – Tentei-lhe explicar calmamente.

Namjoon – Ah tá. Mas tu queres ser algo mais. – Mexeu as sobrancelhas e os seus ombros enquanto se aproximou de mim.

Jungkook – Não quero ser mais do que amigo! – Afastei-me dele, fazendo cara de irritado.

Namjoon – Está bem. Ok, não digo mais nada.

Jungkook – Obrigado. – Ficamos calados durante pouco, até ele começar a falar outra vez.

Namjoon – Como é que ela se chama?

Jungkook – Woong.

Namjoon – E… - Cortei-o antes que ele conseguisse dizer mais alguma palavra.

Jungkook – Mais perguntas sobre ela não.

Namjoon – Está bem então.

Jungkook – O que vamos fazer em relação à S.N.

Namjoon – Vamos fazer uma viagem e salvá-la.

 

S.N P.O.V

Graças a deus só vomitei aquele bocadinho e não vomitei mais. Não quero que esta sala, a sala onde estou trancada comece a cheirar a vómito. Não sei porque estou a ter estes enjoos do nada. Será que eu apanhei uma doença grave que nos destrói lentamente? Eu espero que não. Eu ainda quero viver muito tempo. Outro problema que eu estou a ter é que estou cada vez a ter mais vontade de ir à casa de banho, e o pior é que preciso que o Yeon me leve, porque dentro desta sala estúpida não há porra de casa de banho nenhuma. Porque fiquei chateada de repente? Ainda deve ser os efeitos do idiota do Erik. Sim, ele devem-me estar a causar estas náuseas e o facto de eu estar super chateada. Aquele ser humano é nojento mesmo. Mas o Erik já foi à algum tempo e eu ainda estou chateada. O som da porta a abrir desconcentrou-me e perdi-me nos meus pensamentos.

Yeon – Oi. Estás bem? Está tudo bem? Ele fez-te alguma coisa?

S.N – Não, só queria-me dizer para eu ter cuidado com o que digo e disse que ia embora. Mas ainda bem que chegaste. Eu preciso muito de ir à casa de banho! Tipo, muito.

Yeon – Ok, então vamos. – Levantei-me ainda sentindo algumas dores e andei com ele até à porta. Ele colocou o código, ainda sem me deixar ver, e abriu a porta. Andámos até atrás das escadas do celeiro, sim este celeiro tem segundo andar, e eu entrei na casa de banho portátil que ali estava. Pode ser uma casa de banho portátil mas é bem limpa até. Fiz tudo o que tinha que fazer e saí de lá de dentro. Voltámos para a sala e ele fechou a porta. Eu sentei-me no colchão e ele puxou a cadeira para mais perto do colchão e sentou-se nela. Só depois olhou para ao lado do colchão e viu o balde com vomitado. – Vomitaste outra vez?

S.N – Sim…

Yeon – Sabes eu estive a pensar e pode ser várias doenças. – Começou a falar rapidamente. -Eu primeiro pensei na hipótese de estares grávida mas descartei logo a ideia porque só há uma semana é que tu e ele tiveram relações e era impossível estares a sentir sintomas com apenas uma semana. Por isso descartei logo essa ideia. Então eu acho que… - Impediu-o de continuar.

S.N – Espera. Eu nem tinha pensado nessa opção. Estar gravida?

Yeon – Sim. Eu também só pensei à umas horas atrás mas não é possível porque…

S.N – Sim, já sei. Mas posso não estar gravida do Erik… - Cocei a minha cabeça meio constrangida com a situação.

Yeon – O quê? Eu nem sequer pensei que podias tido relações com outra pessoa antes. Uau que burro! – Deu uma palmada na sua propiá cabeça.

S.N – Não, não digas isso. Não faz mal. Mas acho que agora é melhor… – Fiz um movimento com as mãos sinuando que eu estava a escrever.

Yeon – Ah sim. – Tirou a caneta e o bloco de notas do bolso e entregou-me. Comecei a escrever o que queria dizer e entreguei-lhe. Começámos a falar por papel.

S.N – Eu fiz amor com um homem à umas três ou quatro semanas atrás. Achas que pode ser? – Ao escrever isto, lembrei-me de quando o Namjoon disse que nós tínhamos feito amor e não sexo. Não pude evitar sorrir com essa memória, mas também comecei muitas saudades e do nada comecei a ficar triste.

Yeon – Acho que pode ser. Três ou quatro semanas acho que já é tempo suficiente. Eu não sei quais são os sintomas iniciais nem se isso chega para os começar a sentir mas acho que é provável. Esta hipótese de tu estares gravida é mais um motivo para te tirarmos daqui o mais depressa possível. Esta hipótese, porque ainda não está confirmada por isso não podemos afirmar.

S.N – Sim, claro. É só uma hipótese.

Yeon – Mas também a hipótese de estares doente também é um grande motivo para te levarmos daqui o mais rápido possível.

S.N – Sim, óbvio.

Yeon – Mas… Se estiveres grávida, tu queres esse bebé.

S.N – Sim, claro que quero! Não seria capaz de o abandonar ou mesmo matar.

Yeon – E, o homem com quem fizeste amor é o teu namorado ou marido.

S.N – Não. Na verdade ainda não somos nada oficial mas eu gosto muito dele e ele também gosta muito de mim.

Yeon – Fico feliz por assim ser. - “Desenhou uma carinha feliz”. – Essa criança vai viver uma vida feliz ao lado dos seus pais. – Do nada, lembrei-me de uma coisa muito grave.

S.N – Espera! Quando o Erik me agrediu ele pode ter afetado o bebé. Ele pode-o ter magoado! Ele pode-o matado. Se eu realmente estiver grávida e aquele saco de merda tiver magoado o meu bebé, eu própria, com as minhas próprias mãos, vou matá-lo.

Yeon – Tem calma. Se calhar não estás gravida. Não cries espectativas. Mas se isso acontecer eu não te vou impedir. – Ri um pouco ao ler o que ele tinha escrito.

S.N – Mas bem. Onde é que o Erik vai todos os dias? Todos os dias ele vai embora.

Yeon – Ele quando sai daqui vai para um casino e depois vai para a sua casa. Ele nunca dorme aqui, dorme na sua mansão.

S.N – Ah, sim. Intendi. – Lembrei-me do que o Jungkook tinha dito. Que o Erik ia todos os dias jogar no casino. Tinha-me esquecido já disso. Por falar em Jungkook, espero que ele, o Seokjin, o Yoongi, o Hoseok, o Jimin, o Taehyung e o Namjoon estejam bem.

 

Jungkook P.O.V

Enquanto falava com Namjoon, recebi uma mensagem de Woong a dizer que o Erik já lá estava e que ela tinha uma coisa importante para me dizer.

Jungkook – Vou ter que ir embora. A Woong chamou-me.

Namjoon – Ah sim. Vai lá ter com a tua namorada. – Ele adora brincar comigo não é? Levantei-me do sofá e comecei a andar até à porta.

Jungkook – Ela não é minha namora e só vou porque ela disse que tinha uma coisa importante para me dizer e pode ter a ver com a S.N.

Namjoon – Está bem. Vai. Se for algo sobre ela liga-me logo. – Ficou sério quando a mencionei.

Jungkook – Sim, claro. Até logo Namjoon!

Namjoon – Até! – Saí de casa e entrei no carro, logo indo até ao casino. Em meia hora cheguei lá e vi Erik entrar dentro do carro e ir embora. Olhei para a Woong que usava um bonito vestido prateado. El leva isto a sério. Saí do carro e fui ter com ela.

Jungkook – Olá Woong. – Ela virou-se para a minha direção e sorriu.

Woong – Ah olá Jungkook! Está tudo bem?

Jungkook – Sim está tudo na mesma. – Sorri. – E contigo?

Woong – Estou bem também, obrigada.

Jungkook – Então tinhas algo importante para me dizer?

Woong – Sim! Eles finalmente falaram sobre a S.N. – Arregalei os olhos.

Jungkook – Sério? O que disseram?

Woong – Ok. É uma coisa muito importante por isso preciso que estejas preparado.

Jungkook – Sim podes dizer. – Já estava a ficar ansioso.

Woong – Então. Um dos seguranças chamou o Erik e disse que um Yeon e a S.N estavam a falar e pelo meio da conversa eles falaram que ela estava a vomitar muito e depois falaram na possibilidade de ela estar grávida. Ela pode estar grávida.


Notas Finais


Obrigada por terem lido.
Desculpem qualquer erro.
Vejo-vos no próximo capítulo!
Bjs. ❤️

Outros trabalhos:
História "A Volta Ao Mundo" - imagine Jungkook: https://www.spiritfanfiction.com/historia/a-volta-ao-mundo-imagine-jungkook-10510679
One Shot "O Desejo" - Yoongi: https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-desejo--yoongi-one-shot-13192894
Sentimentos transformados em pensamentos: https://www.spiritfanfiction.com/historia/sentimentos-transformados-em-pensamentos-13479865


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...