História Meu Vegetto - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Personagens Originais
Tags Vegetto
Visualizações 35
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente essa é minha primeira história .
Nessa fic vc será a protagonista por isso é s/n ( seu nome ) ok?
Bom ,boa leitura!!! Desculpe qualquer erro ortográfico

Capítulo 1 - Mais um dia


         S/N POV

Bom e mais um dia se inicia ! Meu soninho tava tão bom ,será que meu pai já foi trabalhar ? Espero que sim ,meu pai toda vez que chega em casa começa a quebrar tudo ,ele bebe muito ,ele ainda sofre dá morte de minha mãe ,mas tenho medo que um dia ele chegue derrepente e possa me ferir de alguma forma ,por isso sempre fecho a porta de meu quarto e tento dormir. Vamos deixar isso para lá.

— Hora de levantar s/n — Vou ao banheiro e depois arrumo meu quarto ,desço as escadas indo direto pra cozinha lentamente pra ver se meu pai já foi ,hum pelo visto sim .

Começo a fazer meu café e pensando em como minha vida está ,bom minha mãe faleceu quando eu ainda era pequena ,meu pai trabalha para poder nos sustentar mas gasta o dinheiro com bebidas e jogos no bar ,moramos em uma casa simples no campo ,um lugar tranquilo eu diria ,acho que eu deveria fazer alguma coisa para ajudar meu pai no dinheiro ,algum trabalho ,bom vou ver isso depois .

Depois de eu ter tomado meu café ,saio indo em direção a cidade Satan City ,levando um pouco de dinheiro para comprar o que realmente falta em casa ,gosto muito de ir nas feirinhas que tem ,até porque é um bom preço com os legumes e frutas que tem .

Tenho que passar em uma enorme floresta para chegar , é de fato uma longa caminhada ,mas eu sempre vejo alguns vizinhos que tem por aqui ,muitos aqui já me conhecem ,gosto deles são boas pessoas .

Ufa finalmente cheguei ,minhas pernas vão desmoronar a qualquer momento Hahaha ,nossa quanta gente tem na feira hoje .

— Bom dia senhorita s/n ,como tem passado ? — diz o senhor​ Francisco

 —Ah bom dia senhor Francisco ,estou bem e o senhor ? — senhor Francisco é um bom homem ,sempre me dá uma boa promoção ou até me dá algumas frutas ou legumes sem eu dá nenhum tustão.

— Estou também ,o que a senhorita deseja hoje ? — diz

— Poderia me ver esse legume aqui ?—Mostro a ele

— Ah isso são seis zenis 

— Beleza ,vou levar — ele coloca na sacola para mim e dou-lhe o dinheiro — muito obrigada senhor Francisco, até — aceno para ele e vou indo nas outras barracas . 

—Até senhorita s/n .

Depois que fui nas outras barracas, estava indo em um parquinho,onde havia muitas crianças se divertindo e seus pais os olhando .

Me sentei em um banco afastado dali ,não gosto de muita multidão ,olhei para os lados e vi um casal sentados no banco rindo e se divertindo com o que quer que estejam falando ,me senti sozinha nesse momento ,eu queria ter alguém que me amasse ,que me protegesse do perigo , que me desse carinho e que pudesse ama-ló dá mesma forma que me amasse ,mas meu coração não escolheu ninguém e ninguém a mim.

Hahaha tô parecendo​ aquelas garotas sonhadoras esperando seu príncipe encantado chegar ,ah esqueça isso s/n , o meu nunca vai chegar .

Depois que eu fiquei um tempo por lá ,já estava na hora do almoço eu tenho que voltar pra casa e fazer a comida .

Então​ mais uma vez eu fui indo em direção ao caminho dá floresta ,quem passava por mim me cumprimentavam ,eu estava com uma feição um tanto triste pensando no amor ,mas quem me olhava não perguntava o por quê.

Nossa mas que demora porque tá demorando tanto pra chegar em .... ah não, não, não!!! onde eu estou ? Não reconheço este lugar dá floresta , será que entrei em um caminho errado ? É isso que dá fica pensando demais no amor .

— Olá? Tem alguém por aí ? Estou perdida — fazia até eco quando falava ,credo dá até medo ,apenas se ouvia o cantar dos passarinhos ,bom pelo menos está de dia ,isso significa que há tempo para procurar o caminho de volta .

Fui caminhando devagar,eu tinha aquela leve impressão de estar sendo observada ,depois parei bruscamente e me virei para trás e vi três homens encapuzados se aproximando ,me assustei quando vi que um deles estava com um facão na mão .

— Oh! você está perdida queridinha ? Não tenha medo , não vamos lhe fazer mal algum — disse um dos homens ,capaz mesmo que eu acredito no que ele falou .

No primeiro passo que um deles deu ,disparei em correr , não sei para onde estava indo ,mas eu tinha que despistar deles ,tenho muito medo do que podem fazer comigo .

—ATRÁS DELA!!! — ah não ,olhei para trás e vi um deles próximo de mim ,droga !

Corri o máximo que eu pude ,mas minhas pernas não estavam aguentando mais .

— Ah te peguei espertinha — um deles pegou meu braço e me puxou na direção dele ,me encurralando no seu corpo .

— NÃO!!! ME LARGA SEU IDIOTA !!! — tentei bater nele ,mas veio os outros dois e segurou minhas mãos ,e me deu um tapa na cara , eu não posso deixar que façam algo comigo — ME LARGA !!!

— É bom você calar essa sua boca ou cortamos sua garganta a fora está entendendo? — um deles me ameaçou colocando uma faca em meu pescoço — Mas primeiro vamos aproveitar um pouco meus amigos hehe — me olharam com sorrisos maliciosos.

— SOCORRO!!! — Começaram a rasgar minha roupa e gritei ainda mais ,colocaram um pano na minha boca eu me debatia de toda a forma , mas pegavam firme em meus braços a ponto de ficar sinais de mão.

Derrepente escuto um barulho de explosão ao meu lado fazendo com que atingisse um dos homens o desmaiando ,com essa distração mordi a mão de um e chutei as partes do outro fazendo assim me soltarem ,corri ficando atrás de uma das árvores tentando me esconder .

Olhei para frente vendo os dois homens e o outro caído provavelmente já sem vida ,estavam com caras de espanto .

Mais a frente vi um outro homem com um olhar estremamente sério para os dois ,usava uma roupa completamente azul e uma blusa laranja embaixo do conjunto azul,era um homem bem musculoso e usava dois brincos uma de cada lado dá orelha seu cabelo preto espetado para cima de um tom meio vinho oque eu nunca vi na minha vida .  

  — Sabia que é muito feio violentar uma mulher , vocês não tem mais oque fazer não ? — diz sério de braços cruzados


Notas Finais


Espero que tenham gostado ,nos vemos em outro capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...