História Meu Vizinho - BTS HOT - Taehyung - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Momo, Nayeon
Tags Batmandoshot, Bias, Bts, Hot, Kpop, Taehyung
Visualizações 508
Palavras 1.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Absolutely sure


Fanfic / Fanfiction Meu Vizinho - BTS HOT - Taehyung - Capítulo 5 - Absolutely sure

                    TAEHYUNG ON 

- Já convidei ela! - Disse a jungkook entrando no apê. 


- Foi avisar ela? - Disse ele tomando café olhando o computador.


- Encontrei ela lá embaixo indo pegar a correspondência. - Falei me sentando no sofá e ligando a TV.


- Por que eu acho que o Hoseok vai levar um fora? - Disse ele sorrindo ainda mexendo no computador.


- Por que acha isso? Ela tem cara de que gosta de caras como ele. 


- Meu amigo você está é cego. - Disse se levantando. 


- Anh? Como assim? 


- Você entenderá hoje a noite. - Disse indo pro banheiro.


- Agora me deu medo. - Disse ligando a TV.


                        S/N ON 

Subi as escadas assim que peguei a minha correspondência, entrei no meu apê e dei umas olhadas nela. Não tinha nenhuma do meu antigo chefe, desci em vão e ainda tive que aturar o Taehyung, o garotinho pra ser metido hein. 

Tirei minha roupa e fui tomar um banho, assim que sai lembrei que ainda tinha que trabalhar, fui pro guarda-roupa e coloquei minhas peças íntimas e peguei meu terninho, minha saia lápis e minha camiseta social. Terminei de me arrumar, chamei um UberBlack porque eu não estava afim de andar. Assim que abri a porta para ir ao trabalho, vi Jungkook abrir a dele no mesmo tempo. 


- Bom dia! - Disse ele formalmente. 


- Bom! - Disse na mesma forma. 


Descemos as escadas juntos, porém sem falar um com outro, não tínhamos necessidade para isso, até porque Jungkook parecia não gostar de mim, não sei, apenas deduzia isso. Saímos do condomínio juntos e fomos para caminhos diferentes. Peguei meu uber que já estava me esperando e fui para o meu trabalho. 

Assim que pisei na concessionária, a sangue suga voltou a ficar na minha cola, Jackson sabia como me irritar e me levar aos berros dos dois lados da moeda, mas de agora em diante vou levar esse trabalho mais a sério, não são todos que tem o meu posicionamento numa vaga. 


- Cara esses clientes só sabem fazer dívida, caralho. - Disse Jackson olhando alguns contratos de alguns clientes.


- Certas pessoas não conseguem avisar que eles não devem passar um certo limite. - Disse olhando uma das mulheres que cuidava disso. 


- A sana? A sana é burra, não sei nem como ela ainda tá durando aqui, deve bem tá dando pro chefe. - Disse ele irritado, sem querer soltei uma risada. 


- Não fala assim dela, ela deve ser novata. 


- Ela tá aqui a mais tempo que eu e você. - Disse me olhando sério. 


- Ela parece ser tão competente, quem diria. - Disse olhando pra ela. Até senti Mark me cutucar. - Anh? A..Mark! O que Foi? 


- Tem dois clientes esperando vocês na recepção. 


- Ah, obrigado por me avisar, vamos Jackson. - Disse dando um beijo na bochecha do Mark. 


- Por que você deu um beijo nele, S/n? - Disse Jackson reclamando atrás de mim.


Ignorei ele até chegarmos lá, quando pisamos na área de recepção, me deparei com Taehyung e mais uma garota de cabelos compridos escuros que usava óculos. 


- Deve ser bem namorada dele.. - Sussurrei comigo mesma.


- Que? - Disse Jackson.


- Ah, nada, bora atender eles. - Disse caminhando até eles.


Andei em direção deles e quando Taehyung virou os olhos em minha direção, fez uma cara de espanto, mas permaneceu calado assim que cheguei. 


- Bom dia! - Disse cumprimentando a garota, assim como Taehyung. 


- Bom dia, senhorita! - Disse Jackson a garota. - Bom dia senhor! - Disse ele à Taehyung. 


- Então, qual seria o desejo dos senhores? - Disse me sentando. 


- Bem, nos dois..- Disse ela olhando intimidada pelo Taehyung e vi o mesmo piscar para ela. - Viemos financiar um carro, o Hyundai Kona. 


- Você quer dá uma olhada nos modelos e no preço primeiro? - Disse Jackson se levantando. 


- Ah claro, seria ótimo. - Disse ela se levantando. 


A mesma se levantou e foi acompanhada por Jackson para ver os modelos do carro e do preço , quanto eu fiquei com Taehyung para falar das taxas e das formas de pagamento com ele.


- Não vai querer dá alguma olhada nos Carros? - Disse pro mesmo que me olhava.


- Nayeon sabe do que eu gosto, com certeza eu vou comprar o que ela achar melhor. - Disse ele se ajeitando na cadeira.


- Ok! - Disse meio incomodada e pegando os papéis de cheque. - Vamos começar pela tax.. - Parei de falar assim que ele se aproximou mais da mesa, onde consegui senti sua respiração. 


- Está bem, senhorita? - senti um tom sarcástico nisso. 


- C-claro, perdão, vamos continuar! - Disse voltando com atenção.


Conversei com ele sobre todas possibilidades de pagamento, das taxas, sobre os carros, logo a garota que estava com ele voltou com Jackson já escolhido os carros que ela tinha escolhido. Já estava ficando com enjoo de ver a cara daquela garota olhando pro Taehyung de um jeito que era de dar raiva. Finalmente deram a entrada na droga do carro e foram embora, graças a Deus. 


- Espero que esses não sejam caloteiros. - Disse Jackson dando olhada no financiamento.


- Eu também. - Disse seria. 


Como sempre fiquei no trabalho até dar meu bendito turno, o que não demorou muito porque as horas passaram rápido, pelo menos isso estava ao meu favor. Peguei um táxi e voltei pra minha casa e fui direto pro Banheiro, sai de lá e me joguei na cama cansada pelo dia cheio. 


- Aí caramba! - Me assustei assim que vi o relógio. - Esqueci que ia comer na casa do Taehyung. 


Era 18h40, me arrumei rapidamente, coloquei apenas uma blusa branca simples e um short meio curto não colado desfiado nas pontas. Como era apenas uma reunião entre amigos, não achei necessário fazer muito fuzuê na minha cara. 


- Bom, lá vamos nós. - Disse olhando o relógio que já marcava 19h00. 


Sai do meu apartamento e como o apê deles era de frente pro meu, não andei muito e logo bati na porta. 


- Ah! S/n, chegou! - Disse Jungkook. - Entre! 


- Obrigada jungko.. - Perdi a voz quando vi a mesma garota que atendi na concessionária. 


- Ah! Você não é a moça que me atendeu hoje cedo? - Disse a menina se levantando. 


- É.. sou eu mesma. - Disse quase não querendo falar.


- Muito prazer, sou Nayeon, amiga de trabalho do Taehyung. - Disse estendendo a mão para mim.


- Amig..? Ahhh, claro, prazer, S/n! - Disse forçando um sorriso.


- Todo mundo pensa que a Nayeon namora o Taehyung, incrível que é só eu que não vejo química entre esses dois. - Disse Jungkook. 


- Formam um belo casal. - Disse Hoseok. - Em falar nisso, oi, S/n! - Disse Hoseok pegando minha mão e a beijando.


- Oi, Hoseok! - Disse forçando um sorriso.


- Pedimos comida Tailandesa, gosta S/n? - Disse Jungkook. 


- Gosto sim, comia bastante na América. - Disse me sentando. 


- Existem mulheres bonitas assim como você na América? - Disse Hoseok me fitando. 


- Se você viajar pra lá, irá saber. 


Conversamos um pouco até a comida chegar, percebia de vez em quando mínimos olhares do Taehyung para mim, mas a maioria ia pra Nayeon que não paravam de conversar constantemente, a garota não me fez nada, mas eu já sentia ódio da cara dela. 


- Chegooou!!! - Disse Hoseok pegando a comida. 


- Finalmente! - Disse aliviada. 


Começamos a comer e finalmente conversar um com os outros, aquele rapaz pálido, Yoongi era o que menos falava, as vezes achava que ele era mudo. Mas não mudava o fato do Hoseok da em cima de mim todo tempo e Taehyung ficar no maior amor com a Nayeon.

Devo admiti que Hoseok era um homem lindo, mas outra pessoa me chamava atenção, sinceramente eu estava era bem arrependida disso. 


- Para Tae! - Disse ela rindo para o Taehyung que sujava sua boca com a comida.


- Me força então. - Disse ele parando e a olhando.


- Se você não parar eu paro de falar com você. - Disse fazendo bico.


Nesse mesmo momento aqueles dois me imputeceram de vez, Taehyung deu um selinho nela na frente de todos, todos riram e começaram a fazer voz fofa pros dois. Apenas eu permanecia séria naquela porra. 


- Tae seu doido! - Disse ela forjando tapas no Taehyung. Nojenta. 


- Eu.. acho que tenho que ir, ainda tenho trabalho amanhã. - Disse colocando a comida na mesa.


- Ah! Espera S/n. - Disse Hoseok se levantando e me parando com o braço.


- Sim? - Disse virando meu rosto.


- É que.. - Disse ele coçando a nuca e virando rapidamente para os meninos que pareciam nervosos também.


- É que? - Repeti o mesmo.


- Quer.. jogar vídeo game com a gente amanhã ? - Disse como se tivesse algo entalado na sua garganta.


- Porra Hoseok, Porra! - Disse Jungkook indignado e saindo da sala até a cozinha.


- Eu apostei em você. - Disse Yoongi rindo.


- C-calem a boca.. - Disse ele meio intimidado.


- Hoseok! - Disse chamando sua atenção.


- Anh.. - Disse levantando a cabeça.


- Claro que eu aceito. - Disse dando um selar em sua bochecha. - Boa noite! - Disse saindo do apê.


Sai foi é muito puta daquele apê, entrei no meu e foi pro meu quarto e gritei com a boca no meu travesseiro de tanta raiva que eu tava. Mas logo eu parei pra lembrar, era impressão minha? Ou Taehyung me olhou estranho quando eu beijei o Hoseok na bochecha? QUE SEJA EU QUERO QUE ELE SE FODA!





Notas Finais


@BatmanDosHot
Até mais Robins 🦇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...