História Meus 18 anos - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Amor à Vida
Visualizações 2
Palavras 503
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - O ex


Antes de conhecer o Felipe eu namorava o Ruan, me pergunto até hoje porque fiquei com aquele babaca por dois longos anos. Mais eu sei a resposta, eu era cega de amor e paixão. Ele era estuprador, opressor, traidor e abusivo. Enquanto eu me derretia por ele, o desgraçado dava em cima de todas as colegas que eu tinha no colégio. 

Uma vez passamos a noite na casa da minha tia uma vez, dormimos no chão e minha prima de doze anos na cama ao nosso lado. Eu não conseguia dormir, tava cheia de tesão porque estávamos dormindo juntos. Eu encostei nele e ele se virou em direção a cama, então me virei também, quando me dei conta ele estava com a mão em cima da cama, na buceta da minha prima de doze anos que estava dormindo. Na hora eu fiquei sem reação, meu coração acelerou, meus olhos encheram de lágrima e eu não sabia o que fazer. Então falei: _É sério isso cara? - Ele respondeu tirando a mão de cima da cama: _O que? - Eu falei revoltada com a situação: _Sério que você está colocando a mão em uma criança? - Ele respondeu: _Hã? - Eu levantei chorando do chão e fui para a varanda, ele veio atrás e perguntou: _O que foi Luana? - Chorando respondi: _ Sinto nojo de você, sinto nojo de estar com você, como você pôde cara, ela é só uma criança. - Ele mentiu e esboçou um sorriso: _ Não sei do que você está falando. -Então eu respirei fundo e falei: _Te vi colocando a mão na buceta da minha prima. -Respondeu sorrindo: Você ta maluca, eu só estava com a mão em cima da cama. - Depois de descutir comigo, ele acabou me convencendo de que eu era a maluca da história e acabei "tapando os olhos" para não ver o monstro que estava do meu lado.

Um belo dia uma amiga apareceu, só pode ter vindo do céu, Gabriela me contou que o Ruan deu em cima de uma das amigas dela, que se chamava Vitória. Quando soube liguei imediatamente para Vitória, pois tava fora do Rio. Conversamos um pouco e tomei a liberdade de falar: _Vitória preciso que me afirme um boato, é verdade que o Ruan deu em cima de você? - De mulher para mulher, rapidamente respondeu: _Sim, ele falou que queria ficar comigo. - Daquele dia em diante não gastei uma lágrima se quer com aquele filho da puta.

Liguei para o Ruan e falei: _ Precisamos conversar,  vem na minha casa. - Quando ele chegou, falei: _ Eu quero que você suma da minha vida e nunca mais apareça! - Ele perguntou: _Por quê? - Respondi: _ Porque ou pelo qual dos vários motivos? Ou porque não antes? - Expliquei o que tinha descoberto e ele implorou de joelhos para que não terminasse. Eu simplesmente me virei e sai de perto o deixando no chão se humilhando e  depois de um tempo ele foi embora. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...