1. Spirit Fanfics >
  2. Meus 7 amores >
  3. Precisamos conversar

História Meus 7 amores - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Precisamos conversar


     S/N p.o.v.

   É a tarde do dia pós festa, e todos os meninos, exceto Yoon, estão em casa se recuperando. Jungkook e Jimin estão meio estranhos um com o outro, mas subiram juntos para o mesmo quarto, talvez para conversar.

   Decido dar um tempo e tomar um banho antes de me dirigir ao quarto de Jin - me separei dele na noite passada depois do nosso beijo falso, e quero saber tudo que aconteceu.

   Ainda estou com dor de cabeça e com imagens meio borradas na mente quando entro no quarto do Seok. Este está sentado na cama com um sorriso no rosto, mexendo no celular.

_S/N, estava te esperando! Tenho tanta coisa pra contar! -o de cabelos loiros diz animado.

_Vai com calma, Jin. Ainda não me recuperei de ontem, minha cabeça tá girando um pouco -me sento do lado dele e faço sinal pra ele começar a falar- você sumiu, o que aconteceu?

_O Namjoon se confessou pra mim! -o mais velho diz animado, com um sorriso imenso no rosto- nos beijamos e passamos a noite inteira conversando, foi tão mágico! O seu plano deu muito certo.

_Meu deus, que bom! -me sinto verdadeiramente feliz por Seokjin, e o envolvo em um abraço que dura longos segundos- e agora, o que vocês vão fazer?

_Bom, esse é o problema -ele se desfaz do abraço e olha em meus olhos- ele me contou o porquê de não ter ficado comigo antes. Foi uma história bem triste na verdade. Me senti mal por ter pressionado ele a ficar comigo no início, sem saber que ele também podia ter seus motivos e inseguranças. Ele agora quer ir com calma comigo, e vou respeitar o espaço dele.

_Isso é uma atitude muito linda Jin, fico orgulhosa de você. Espero de coração que vocês sejam felizes juntos -sorrio sinceramente pra ele.

_Eu também espero! -ele sorri pela vigésima vez, com os olhos brilhando- Agora me conta o que rolou contigo na festa ontem, S/N.

   Busco em minha mente lembranças de ontem à noite, mas eu realmente fiquei mal depois de ter tomado tanto de uma bebida que eu nunca tinha provado antes. Só me recordo de uns flashes com Hoseok...
   Sim, ele se confessou pra mim!

_Meu deus!

_O que foi, S/N? -Jin olha pra mim preocupado

_O Hobi se confessou pra mim! -exclamo, mas com cuidado pra não gritar muito e os outros garotos acabarem ouvindo- eu não acredito que tinha me esquecido!

_Mentira?! -Jin parece animado com a novidade- e o que você respondeu?

_Disse que ia pensar, ou algo assim -respondo por fim, após forçar minha mente a lembrar da noite passada.

   Juro que tudo era apenas um borrão na minha cabeça, eu não conseguia lembrar quase nada depois do terceiro copo de soju.

_Digo, ele é lindo e tudo, mas eu só estou aqui há um mês, não é muito cedo pra sentir alguma coisa?

_Olha, S/N -o loiro assume uma expressão séria, quase como uma mãe aconselhando seu filho- pode até ser cedo, mas qual o problema de tentar? Foi você mesma que me aconselhou a tentar com o Nam e olha no que deu.

_Não sei, Seok... Não quero magoar o Hobi...

_E quem disse que você vai magoar ele? S/N, você é uma garota incrível, qualquer um teria muita sorte em ficar com você -me envergonho com o comentário- e pode ser que no final de tudo você também se apaixone e vocês virem um casal lindo, quem sabe? -Jin diz animado, provavelmente imaginando a cena.

_Mas... e se der errado?

_Puta que pariu S/N, desde quando você é tão pessimista? Se der errado deu e pronto, segue pra próxima. Tanto você quanto o Hobi são muito novos, não é como se vocês fossem se casar. Para de cu doce -o loiro diz por fim, revirando os olhos com a minha insistência.

   Paro e penso um pouco nas palavras dele. Pra variar, Jin está sempre certo. Bufo e reviro os olhos.

_É, você tem razão. Vou pensar mais um pouco e dar uma resposta pro Hobi. Não é justo fazer ele esperar, de qualquer jeito.

_Isso aí, garota! -ele finalmente se convence e bate palmas, animado, me fazendo rir- e o Yoongi?

_O que tem ele? -fico confusa.

_Não sei, vi vocês dois conversando ontem -diz, fazendo uma cara de quem está tentando se lembrar.

   Forço minha memória para se lembrar de qualquer coisa que tenha relação com o Yoon, mas a última lembrança que tenho com o mesmo foi ele me servindo mais um copo de soju na mesa. Depois disso, sei que Jin me beijou por causa do plano, e só.

   O resto é um grande borrão colorido.

_Não me lembro de nada com ele, Jin -falo por fim, depois de me esforçar de verdade pra lembrar.

_Então deve ter sido só impressão minha. Eu bebi um pouco também, não tenho muita certeza do que lembro -ele ri, achando graça de si mesmo- menos das partes com o Joonie, claro. Dele eu lembro tudo perfeitamente.

_Então me conta tudo, em detalhes!


   Deixo o assunto de Yoongi pra lá e me divirto conversando com Seokjin.


     Jimin p.o.v.

   Mal consigo me conter de felicidade pelo que aconteceu na festa. Bom, depois da festa.

   Quem diria que Jungkook iria retribuir meus sentimentos? Logo eu que imaginava que ele estava nutrindo algo pela S/N, assim como todos os outros garotos da casa.

   Não que eu não gostasse da S/N, eu de verdade senti alguma coisa quando ela entrou, e, por um momento, cogitei ter me apaixonado por ela. Mas no fim, quando eu e Jungkook ficamos juntos naquele motel -que ironia- ,eu me lembrei de tudo que já tinha feito pro garoto perceber que eu gostava dele.

Sério. Ele é bem lerdo.

   Mas agora, com ele sentado na minha frente na cama do meu quarto -tinha dito que queria conversar comigo- ,eu começo a realmente duvidar se eu gosto dele... ou se gosto da S/N.

_O que foi, Kookie? -questiono assim que o menor termina de se ajeitar na cama, sentando de pernas cruzadas.

_Ah... eu queria falar sobre... sabe... -ele coça a nuca em sinal de vergonha- ... sobre hoje, sabe? De manhã...

_O que tem? -sorrio tentando tranquilizar o garoto. O clima entre a gente ficou bem estranho desde que saímos do tal motel, e não tínhamos trocado uma palavra até chegar em casa.

_Você acha que as coisas vão mudar entre a gente? -ele diz num impulso de coragem- Sabe, você é meu melhor amigo e eu não queria que isso mudasse. Quer dizer -ele começa a falar rápido e se atropela nas palavras- eu não queria que mudasse pra pior, mas se mudasse pra melhor talvez, digo, se você quiser eu também quero mas eu acho que voc-

   O calo com um selinho demorado, e ele fecha os olhos, se acalmando.

_Eu quero, Kookie -falo me separando- A gente pode começar ficando um tempo a mais juntos, ok? Se der certo a gente continua e vê onde pode dar.

   O garoto sorri, verdadeiramente feliz. Sorrio de volta e ele me puxa para mais um beijo.



Mas por que eu não consigo parar de pensar na S/N?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...